terça-feira, 5 de fevereiro de 2013

A RURALIDADE NA AR

Se o ridículo matasse, neste momento a Assembleia da República já estaria muito menos povoada. Então o que é que os ilustres deputados da maioria se propuseram pôr à votação da AR? Nada mais nada menos que o regresso do programa "TV Rural" às emissões televisivas. Sem desprimor para o programa apresentado pelo engenheiro Sousa Veloso durante quase 30 anos - e, por sinal, banido da grelha televisiva em 1990, portanto em pleno cavaquistão - não há assuntos mais importantes e relevantes para o país que a discussão da programação televisiva? Que, alíás, está longe de ser da competência dos deputados... 

Se a moda pega, de hoje para amanhã está a Ordem dos Médicos a pedir o regresso do programa sobre medicina do doutor Ramiro da Fonseca, o Grémio Literário a recomendar a reprise de "Se bem me lembro..." do inolvidável Vitorino Nemésio, as "Danças e cantares" de Pedro Homem de Mello a serem propostas pelas câmaras municipais para divulgação do folclore local ou até a Cinemateca a recomendar a reposição do "Museu do cinema", apresentado por António Lopes Ribeiro e (muito bem) acompanhado ao piano por António Melo, só para dar alguns exemplos. Se não é da competência da AR e esta dá palpites, porque é que outras instituições, câmaras, empresas ou particulares não podem?

Certamente até surgiriam saudosistas da "Heidi" ou do "Vickie", do "Sandokan" ou d' "Os pequenos vagabundos", uma das minhas séries preferidas na infância. Fica o genérico, para quem não se recordar:


Quais seriam as vossas sugestões? A minha seria que os deputados se dedicassem exclusivamente às suas competências, que é para isso que foram eleitos e são pagos por todos nós! Mas se porventura a "TV Rural" regressar, que comece por ensinar os portugueses a cortar relva(do)s e a limpar ervas daninhas. Este jardim à beira-mar plantado ficaria mais limpo... e agradecido!

Imagem do facebook.    

26 comentários:

  1. Demasiado ridículo!!
    A AR debate programação televisiva?
    E na televisão discute-se o quê?
    Política, assuntos de Estado, votam-se moções de censura?
    Não há cu que aguente!!!
    Beijocas!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É demasiado ridículo mesmo, PEDRO COIMBRA! :P

      Haja paciência... ;)

      Beijocas!

      Eliminar
  2. talvez fosse ter uma desilusão mas gostava de rever "Les mystérieuses cités d'or" e o "Conan"!

    quem é que vai apresentar o programa?
    é a Cristas?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A desilusão é quase certa, VÍCIO! Nesses e noutros programas antigos, que os nossos olhos agora são outros... :)

      Não sei se é (será?) a Cristas ou outro qualquer... :)

      Eliminar
  3. Anónimo2/05/2013

    Pedir que vão plantar couves, é pedir muito?:)

    Por mim volta a Heidi. Sempre era melhor do que alguns dos "desenhos animados" de agora!
    beijocas:)
    Nina

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Mais produtivo era de certeza, NINA! :9

      Beijocas!

      Eliminar
  4. A minha seria mudar de deputados!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Essa é uma excelente ideia, ROSA! :)

      Abraço

      Eliminar
  5. Lembra-me vagamente do título "TV RURAL", mas não me lembra de alguma vez ter visto esse programa.
    Eu prefiro que volte o "Museu do Cinema".

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Talvez porque não estivesse entre os teus interesses, EMATEJOCA, porque foi emitido semanalmente entre 1959/60 (li duas datas diferentes) até 1990! Imagino que pelo menos nesses primórdios ainda estivesses cá pelo burgo... :)

      Também gostava do "Museu do Cinema"... :D

      Eliminar
  6. Portugal está cada vez mais original, de facto.

    Como o país não tem nenhum problema grave a resolver, os senores deputados CDS/PSD preocupam~se com a grelha televisiva da RTP!!

    O que eu acho também bem estranha é mais uma "abstenção violenta" da Direcção do PS.

    O que lamento é estarmos nas maõs de "jotinhas" de cabeça oca tanto no Governo como no maior partido da Oposição : assim não temos maneira de sair da crise!!

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ah, isto é ser original, SÃO?!?

      Este PS não interessa a ninguém, a não ser a PPC: Seguro é outro da laia do PM - andou sempre nas lides partidárias, não sabe o que é trabalhar a sério, veio das jotas e é mole que nem papas a fazer oposição... :P

      Enfim estamos entregues à bicharada!

      Beijocas

      Eliminar
    2. Então não é ser original, linda? Claro que sim! Conheces mais algum país, digno desse nome, que se lembre de temas tão sui generis ?! E que, para cúmulo, leve algumas delas ao Parlamento?Eu não!

      Qualquer dia ainda discutirão a cor do equipamento da Selecção nacional de futebol...

      Não significa isto que eu esteja contente com a originalidade, obviamente.

      Beijinhos

      Eliminar
    3. Não sei, SÃO, não estou dentro das discussões parlamentares noutros países, mas estou em crer que em alguns as temáticas debatidas também devem deixar muito a desejar... ;)

      A cor do equipamento da seleção nacional de futebol há de lá chegar, também! Já vi no facebook, por exemplo! :D

      Mas sim, originalidades destas são dispensáveis! ;9

      Beijocas

      Eliminar
  7. É urgente uma barrela geral

    ResponderEliminar
  8. Não acho que seja assim tão disparatado, se temos tantos nabos na tv, atéé bom que haja um programa que nos ensine como lidar com eles :p

    Claro que há coisas muito mais importantes e necessárias para discutir na AR, mas isso dá muito trabalho...e sono.

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Temos é nabos por todo o lado, MARIA, e ninguém percebe nada de horticultura... :P

      Dá trabalho e sono, mas é isso que cabe aos deputados fazer e é muito mais necessário do que alterar grelhas televisivas! ;)

      Beijocas

      Eliminar
  9. Só se esqueceu de uma coisa, Teté: o regresso das Conversas em Família.
    Quanto à minha estória no On the rocks é, realmente, baseada num caso real, mas o fim não me parece que conheça...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ai, há conversas em família, CARLOS? Bom, nunca ouvi, nem tenciono... :P

      A história que me lembrou teve um desfecho muito dramático! Mas lá irei à mesma ler o final...

      Eliminar
  10. Não me pronuncio sobre o assunto. Sorri apenas com os comentários.
    O que me recordo de ler não há muito tempo foi o grande debate sobre água engarrafada e a hipótese de construirem ou de designarem um determinado local no edifício para os fumadores. Grandes salários para grandes debates.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Salários excessivos para aquilo que debatem, CATARINA, isso sim! Esses são outros exemplos das preocupações das "excelências"... :P

      Eliminar
  11. Dizer o quê? Que tudo isto se tratou do rasgo de algum "engraçado" que procura notoriedade futura como impulsionador de alguma coisa que dê nas vistas.
    Palhaços...

    Beijokas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Palhaços, mas sem piada nenhuma, KOK! E sempre prontos a arranjar questíúnculas onde elas não existem, para entreter a malta de modo a esta esquecer o essencial... :P

      Beijocas

      Eliminar
  12. Como se costuma dizer em outras situações, se não fosse verdade até tinha piada. Será que isto é circo para entreter os demais? Quase que parece, e assim a ser eu até voto no regresso da Tv rural... Para ensinar a limpar ervas daninhas da AR!

    Beijocas Teté

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Circo é de certeza, POPPY! E também creio que intencional, para desviar as atenções de assuntos mais importantes e relevantes para a vida de todos nós... ;)

      Ervas daninhas na AR, no governo, na presidência da República, em todos os partidos e por aí adiante. Já que se faz a limpeza, que seja completa! :D

      Beijocas

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)