segunda-feira, 19 de março de 2012

MYSTIC RIVER

Para variar, desta vez a sessão foi em casa, frente ao televisor, para ver via vídeos MEO um filme já de 2003, que na época perdemos nas salas de cinema - "Mystic River", realizado por Clint Eastwood.

Em meados dos anos 70, três rapazes brincam numa rua de Boston, quando resolvem assinar os seus nomes numa laje de cimento que está a secar: primeiro o intrépido Jimmy (Sean Penn), depois Sean (Kevin Bacon) e quando Dave (Tim Robbins) está também a começar a sua assinatura, são interrompidos por um homem com ares de polícia, que lhes dá um raspanete. Dois dos rapazes vivem naquela mesma rua e o suposto polícia diz ao outro - Dave - para entrar no seu carro, a pretexto de ir falar com a mãe dele. O miúdo obedece e desaparece durante quatro dias, conseguindo finalmente fugir dos dois pedófilos que o raptaram e que dele abusaram. 25 anos depois, a filha mais velha de Jimmy é encontrada assassinada, curiosamente na manhã seguinte a Dave ter chegado a casa coberto de sangue. Sean é agora o detetive da polícia que investiga o caso, conjuntamente com o seu parceiro Whitey Powers (Laurence Fishburne), o que reúne os amigos de infância numa tenebrosa teia de suspeitas, intrigas e contradições. Nada do que parece é...

Podem visionar o trailer aqui:
  

Sou suspeita para falar sobre Clint Eastwood, pois reconheço ao outrora ator de coboiadas um talento muito mais significativo e crescente no domínio da realização, sendo este um dos melhores da sua já vasta filmografia. Classificado com 8/10 na IMDB, valeu o Oscar de melhor ator a Sean Penn e o de melhor  secundário a Tim Robbins (sendo ténue a diferenciação entre o que é atuação principal e secundária, no meu entender) e as nomeações para melhor realizador, filme (que perdeu para "O Senhor dos Anéis - O Regresso do Rei"), atriz secundária (Marcia Gay Harden) e argumento adaptado.

Repito: muito bom!

Imagem de cena do filme da net.

30 comentários:

  1. A minha terceira tentativa de deixar aqui um comentário!!!

    Mystic River é um dos meus filmes preferidos e, usando a etiqueta do Carlos "um dos filmes da minha vida".

    Filme inesquecível que vi no cinema e logo a seguir comprei o DVD.

    Ainda hoje todas as fibras do meu corpo vibram, quando falo ou escrevo sobre impressionante filme.

    ResponderEliminar
  2. Nunca vi, e mais uma vez fiquei curiosa...gosto do Sean Penn e muito do Tim Robbins (sempre que dá Os Condenados de Shawshank, que já vi vezes sem conta, não consigo deixar de ver mais uma vez)

    Mais um para pôr na minha lista de filmes e livros...qualquer dia tenho que comprar um caderno novo, este tá quase a acabar...podes dar-me um tostãozinho pa ajudar? Obrigada, és uma querida (assobiando)

    É preciso ter meo para ver este filme? Também posso pedir o dvd emprestado à ematejoca, pode ser que tenha sorte...pois!

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  3. Este filme é muito bom e Penn tem um acena incrível.

    Aprecio muito Clint como realizador, embora o ache bom actor.

    Pena aqules filmes de vacas e cavalos/ polícias duros no início de carreira

    Uma boa semana

    ResponderEliminar
  4. Este vi quando estreou, Teté.Bom filme. Aliás, é como dizes, se Clint era um canastrão como actor nos primeiros, digamos, 30 anos de carreira, como realizador tem sido uma surpresa e a ele se devem alguns dos melhores filmes dos últimos 20 anos, embora por vezes seja latente a sua posição política demasiado conservadora.

    ResponderEliminar
  5. Muito bom este filme, adorei quando vi.

    ResponderEliminar
  6. Eu penso que já vi este filme, mas recordo-me vagamente de algumas cenas. Penso que está na hora de o rever.

    Beijinhos,
    Patrícia

    ResponderEliminar
  7. É mesmo muito bom. Anseio pelo dia em que o meu DVD volte a funcionar para rever uns quantos filmes. Este está na cabeça da lista.

    Lembro-me de ter visto na mesma altura o "21g", também com o Sean Penn, e que também é fabuloso. Mas gostei mais do "Mystic River".
    Bjs

    ResponderEliminar
  8. Como não sei se voltas ao "ematejoca azul", embora tenha tirado a versão francesa e tenha postado a portuguesa, deixo aqui a resposta ao teu comentário:

    Oh! meu papa! é uma canção, Teté!

    Vê o meu blogue "ematejoca", onde postei a minha interpretação preferida:

    Lilli Palmer canta "Oh, mein Papa" no filme "Feuerwerk" ao lado da ainda muito jovem Romy Schneider.

    Desejo-te um dia cheio de sol como está hoje em Düsseldorf.

    ResponderEliminar
  9. Um grande, grande, filme que vi numa sala de cinema, local onde ( desde que não haja pipocas e as pax se saibam comportar) os filmes ganham outra dimensão.

    ResponderEliminar
  10. magnífico, de facto.

    ResponderEliminar
  11. Acho que nunca vi, mas se perdeu o título de melhor filme para "O regresso do Rei" foi feita justiça!

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  12. Será que eu encontro o DVD por aqui? Fiquei curiosa, deve ser mesmo muito bom! Obrigada por sua visita pela BCAP! Bjks Tetê - Avaliando a Vida

    ResponderEliminar
  13. Tenho este livro, que gostei imenso como trailer. E também vi o filme que considerei muito fiel à história do livro.
    Aconselho ambos! :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  14. Também adorei o filme. E o Clint Eastwood como realizador:
    Beijocas.

    ResponderEliminar
  15. Continuo sem ver cinema, mas gosto deste enfant terrible Sean Penn.
    beijinho Tété.

    ResponderEliminar
  16. Pelo que entendi, EMATEJOCA, é "filme da vida" de muita gente! E a mim passou ao lado, até este fim de semana! :)

    ResponderEliminar
  17. Esse dos condenados também foi outro que só vi recentemente, MARIA, e é realmente um grande filme!

    Ambos são grandes atores! Neste caso coadjuvados por uma série de outros que nem lhes ficam muito atrás! Até o Kevin Bacon, que volta não vira anda prái armado em zombie ou afins, se sai bem... :))

    Compras uns bloquinhos desses no Continente, por cerca de 70 cêntimos, não me parece que um tostão ajude muito... :D

    Quanto ao empréstimo, isso é entre ti e a Ematejoca... ~xf (assobiando)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  18. Concordo que Clint também é bom ator, SÃO, mas melhorou bastante nos últimos anos, possivelmente for ter melhores papéis que esses de início de carreira... :)

    Sean Penn também é um excelente ator, bem demonstrado também neste filme, em que faz um papelão em várias cenas! ;)

    Boa semana para ti!

    ResponderEliminar
  19. Eu não, VIC! Na verdade, só mais recentemente comecei a prestar maior atenção aos seus filmes, porque a ideia que tinha era sempre mais do mesmo velho cowboy... Estava enganada, claro! :)

    ResponderEliminar
  20. Também gostei agora, RAINHA, mas assim como assim ainda nem se passaram muitos anos... :)

    ResponderEliminar
  21. É, não perdes nada, PATRICIA! Mas acho que se o tivesses visto te lembrarias bem do filme, que se alguns se esquecem no dia a seguir, outros ficam um bocado a remoer na nossa memória... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  22. É raríssimo rever filmes, SAFIRITA, na verdade tenho muito poucos DVD. Estes servem sobretudo para emprestar ou para mos emprestarem! E quando revejo é porque calha passar na TV, quando estou a aboborar no sofá... :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  23. Tenho de ir espreitar, EMATEJOCA! Na verdade se conheço mal poesia, a francesa ainda mais e as letras das músicas francesas ainda mais... :)

    Dia soalheiro para ti também... mais logo (que agora está mais para noite de quase sem lua)! :D

    ResponderEliminar
  24. Concordo, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA, que numa sala de cinema os filmes ganham outra dimensão! Acontece que não se podem ver todos, alguns têm de esperar por melhores dias (ou noites)! :D

    ResponderEliminar
  25. Pelos vistos, parece que fui das poucas que não o vi na altura, MOYLITO! :))

    ResponderEliminar
  26. Logo vi que desse ias gostar muitos, que tem hobbits e afins, RAUF! :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  27. TETÊ, encontras de certeza, mas o título será o do vídeo "Sobre meninos e lobos", que pelos vistos foi como o intitularam por aí... :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  28. TONS DE AZUL, acredito que o livro seja muito bom, mas já sabes que não os costumo ler depois de ver o filme: saber o final tira-me um bocado o prazer de ler! :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  29. Pelos vistos este filme obtém todas as unanimidades por aqui, TERESA! Também achei dos melhores dele como realizador, embora não os tenha visto todos... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  30. Nem na televisão de vez em quando, KIM? Enfim, cada um faz o que mais gosta nos seus tempos livres... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)