terça-feira, 21 de fevereiro de 2012

É CARNAVAL!!!

Mais uma fotografia do vovô, no álbum de família! Por acaso, nesta a esboçar um sorriso, como se adivinhasse os carnavais que se seguiriam - os dele, com o fim da estopada de se ter de mascarar anualmente, porque as tias o desejavam como companheiro de folia, ou outros mais distantes... como o atual!

Imagino a motivação e o empenho daqueles (poucos) portugueses que hoje foram trabalhar - porque deu na veneta ao PM... - arriscando-se seriamente a passar o dia a... olhar para as moscas! Médicos não dão consultas externas nos hospitais, juízes não marcaram audiências com a devida antecedência, professores não têm aulas extra na manga à última hora (uma vez que o calendário escolar é estipulado no início do ano letivo) e muitos funcionários camarários foram liberados pelas próprias Câmaras, tenham ou não corsos carnavalescos por lá. Todavia, sobra sempre para alguém...

Mas "a Vida são dois dias e o Carnaval são três", segundo reza o ditado popular, toca a animar, com uma musiquinha do Chico que até se enquadra na época festiva:


BOM CARNAVAL E DIVIRTAM-SE!

19 comentários:

  1. Olha, eu não dei aulas, mas passei o dia a corrigir testes, como já é tradicional nesta altura.
    Bjs

    ResponderEliminar
  2. ui que pintarolas o da foto :P

    ResponderEliminar
  3. Eu fui trabalhar. Andei a ver como os funcionários públicos trabalhavam e diverti-me imenso com alguns mascarados.

    ResponderEliminar
  4. Sabe que tem uma distinção lá no CR?

    ResponderEliminar
  5. Haja alegria... =) que fotografia adorável!

    ResponderEliminar
  6. Que foto tão gira... sou fã das fotos antigas. E também gosto do carnaval. Gosto de fantasia. :)

    ResponderEliminar
  7. Do teu antepassado não tive pena de ser obrigado a mascarar-se para o Carnaval, pois até ficava bem bonito.

    Eu ainda tirei fotografias aos 4 cãozinhos, mas os alemães ficaram horrorizados e, atacaram logo os americananos, que são quem gostam de mascararar os animais.
    Como a dona não falou, nem sei de que nacionalidade era, mas desapareceu logo do cortejo.

    Não importa se há feriado ou não: o importante é estar cá, quando o próximo Carnaval chegar!!!

    Aqui não há feriado oficial, porque o Carnaval só se festeja em Düsseldorf, Colónia e Mainz e, quem quer brincar ao Carnaval tem que tirar um ou mais dias de férias.

    Há muita gente que tira férias, mas é para se pirar daqui.

    Muitos parabéns pela tua distinção no CR!!!

    ResponderEliminar
  8. TERESA, suponho que essa "tradição" para os professores também já é bem antiga, até houve uma época em que era dada informação escolar aos encarregados de educação nesta altura (não sei se ainda é!), o que representa(va) trabalho acrescido! Mas aulas, que me lembre, nunca houve... :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  9. Ele não gostava, mas lá que as tias lhe "retrataram a pinta", não restam dúvidas, MOYLITO! =))

    ResponderEliminar
  10. Uma amiga minha fez o mesmo no Carnaval de 1993, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA, deu uma belíssima reportagem de jornal... e ainda se divertiu imenso! :))

    Só hoje reparei na simpática distinção que me fez! Mais uma vez, muito obrigada! :D

    ResponderEliminar
  11. Haja alegria sempre, BRISEIS! :D

    O meu avô não gostava do Carnaval à conta do espírito folião das tias, mas ainda hoje nos rimos ao olhar para as suas fotos, em todos os carnavais da sua infância... :))

    ResponderEliminar
  12. Também gosto muito de fotografias antigas, LUISA! E as nossas, um dia, também o vão ser... :D

    Ninguém me vai tirar o gosto pelo Carnaval, pela fantasia e pela alegria inerente! Muito menos por decreto... ;)

    ResponderEliminar
  13. Se os alemães vissem uma telenovela brasileira em que um caniche está sempre pintado de cor de rosa, deviam ter uma síncope, EMATEJOCA!

    Aqui também houve gente a tirar o dia de férias, independentemente das novas leis laborais (do Passos, who else?!) ainda as terem encurtado mais!

    E que estejamos todos cá no próximo Carnaval! :D

    Obrigada a ti também pelas palavras simpáticas que acrescentaste à distinção do Carlos!

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  14. E ja passou. Para o ano ha mais. Foste distinguida no CR. Parabens. Mencao merecida.
    Nao ha acentos... ja estou cansada!
    Boa noite.

    ResponderEliminar
  15. Tal qual como os ingleses não gosto, nem consigo mostrar aquilo que sinto, no entanto, as palavras que escrevi no blogue do Carlos referente à tua distinção, além de serem sinceras foram uma necessidade, e olha, que o Victor Fernandes é da mesma opinião.

    Compreendi que à Catarina também lhe faltam os acentos e, na verdade, dá uma trabalheira ir buscá-los aos outros comentários.

    Agora vou visitar a Dama de Ferro, filme que não quero perder.

    ResponderEliminar
  16. O país esteve parado como nos anos anteriores. A diferença foi que houve menos pessoas a estar onde queriam para estarem no local de trabalho a navegar na internet.

    O meu patrão, à semelhança de alguns também não quis dar o dia mas... "teve" de o fazer sob pena de, se alguem trabalhasse, ter de pagar como se de um feriado se tratasse. Vivam os contratos "ancestrais" de trabalho :P

    ResponderEliminar
  17. E que estejamos cá todos para festejar o próximo Carnaval, CATARINA! :D

    Obrigada, andava tão distraída que quase nem reparava! :)

    Se dá assim tanto trabalho pôr os acentos, não o faças. Dá para perceber à mesma! ;)

    ResponderEliminar
  18. Foram todos tão simpáticos, que até fiquei abananada, EMATEJOCA!
    Não sou inglesa, mas também não costumo distribuir elogios à toa, até porque há quem o faça em demasia, naquela necessidade de bajulação que acho um bocado irritante. Sei que não é o teu caso e por isso agradeço ainda mais! :)

    Obviamente que prefiro ler português com a devida acentuação, mas se dá assim tanto trabalho, digo o mesmo que disse à Catarina: não os ponhas, que percebo à mesma! :D

    ResponderEliminar
  19. Como se costuma dizer, W, foi mais um "tiro no pé" do PPC! =))

    Claro que há sempre uns patrões que se armam logo em chicos-espertos, que o tecido empresarial português é assim fracote! Mas, sim, bem hajam esses contratos! :))

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)