domingo, 5 de fevereiro de 2012

DEDICAÇÃO E PERSEVERANÇA

Exemplo de dedicação e perseverança é a deste professor primário colombiano, de seu nome Luis Soriano. "Porquê?", perguntam os mais curiosos. 

Então, sabendo que as crianças da  zona rural de La Glória, onde lecciona, não têm fácil acesso a bibliotecas ou a livros, e considerando que estes são fundamentais para a sua educação, há mais de uma década que se empenhou em levar uma biblioteca até elas, nos seus tempos livres. E chamou a essa iniciativa de biblioburro, pois transporta os livros em dois burros, que apelidou ironicamente de Alfa e Beto:

Acontece que o biblioburro começou a ser conhecido a nível local e, posteriormente, deu azo a reportagens televisivas, dentro e fora da Colômbia, nomeadamente esta: 




Após a mediatização desta história de vida, o professor teve alguns auxílios e doações, que lhe permitiram finalizar a pequena biblioteca que estava a construir, com a ajuda de sua mulher, Diana. Ajuda essa que muito agradeceu, como podem ver aqui.

Mas que há gente fantástica, não restam dúvidas!

Imagens da net.

32 comentários:

  1. Quando leio histórias como estas fico sempre com má consciência!!!

    ResponderEliminar
  2. Maravilha! E queixamo-nos nós!

    ResponderEliminar
  3. Enquanto houver pessoas assim, parece-me que o mundo tem salvação.
    Bjs

    ResponderEliminar
  4. Uma grande atitude, sem dúvida. É bom lembrarmo-nos daqueles que não têm acesso à cultura, neste caso em concreto aos livros. E pensar que cá em Portugal existem muitas bibliotecas no entanto, existe poucas pessoas com interesse na leitura.

    Passa no meu blog que tenho lá um selo para ti.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Uma atitude que pode ser contagiante.
    Nem sempre os que mais podem, o fazem...

    ResponderEliminar
  6. É mesmo, Teté. Tivéssemos todos um bocadinho desta determinação e o mundo seria outro. :)

    ResponderEliminar
  7. Excelente iniciativa :)

    ResponderEliminar
  8. Suponho que acontece a todos nós, EMATEJOCA... :)

    ResponderEliminar
  9. É verdade, GRAÇA, há gente que tem enormes dificuldades por esse mundo fora... e as enfrenta com grande coragem! :)

    ResponderEliminar
  10. Elas existem, TERESA, e facto é que nos dão mais confiança no ser humano... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  11. É um facto que existem poucos portugueses com interesse pela leitura, LANDA, mas a (pouca) experiência que tenho em bibliotecas (e já lá vão muitos anos!) era a de um processo complicado para as conseguir frequentar... Mesmo assim, claro, não se compara a elas não existirem de todo!

    Obrigada pelo selinho e beijocas! :)

    ResponderEliminar
  12. Para ter uma determinação destas é preciso ter um bocadão de tudo, LUISA! Até costas que aguentem as cavalgadas nos burricos e as longas caminhadas a pé... :)

    ResponderEliminar
  13. É verdade, CATARINA, os que mais podem estão habituados a ser servidos, não a servir... ;)

    ResponderEliminar
  14. A iniciativa é excelente, não é é para todos, LOPESCA! :)

    ResponderEliminar
  15. Já tinha ouvido falar deste jove e dos seus burros há uns anos. É sempre bom ver que ainda existem pessoas que pretendem ajudar outros apenas pelo prazer que isso dá. Beijocas!

    ResponderEliminar
  16. Que história fantástica.
    O meu enorme aplauso para este nobre professor.
    Obrigada Teté pela partilha.

    ResponderEliminar
  17. É por pessoas assim que o Mundo pode ter esperança! Parabéns ao senhor professor!

    ResponderEliminar
  18. É por pessoas assim que o mundo pode ter esperança, diz a Ana, e eu acrescento, que são pessoas assim que nos fazem acreditar que nem tudo está perdido...

    Beijinho :)

    *engordaste? (assobiando)

    ResponderEliminar
  19. É verdade, há pessoas maravilhosas mesmo!!
    Beijos e boa semana:)

    ResponderEliminar
  20. Não deixa de ser irônico burros levando cultura à quem precisa.
    Temos outro exemplo a ser seguido, o de um morador de rua chamado Robson Mendonça. Ele tanto insistiu em ter uma bicicloteca, que ganhou muito mais que isso.
    Atitudes como essa são para seguir ou envergonhar, como bem disse Ematejoca.
    Boa semana! Beijus,

    ResponderEliminar
  21. Realmente há pessoas extraordinárias e ainda bem que as há! :)
    Gostei imenso de conhecer a história de Luis Soriano e o seu Biblioburro.
    Beijocas e espero que não estejas de ressaca de tanto doce. :p

    ResponderEliminar
  22. um professor a fazer alguma coisa útil? ... até admira.

    ResponderEliminar
  23. Pois eu só agora é que ouvi falar, RAUF, sendo que o primeiro clip já é de 2009... ;)

    Mas vale sempre a pena louvar quem se esforça de tal maneira a favor de uma comunidade! :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  24. Bem-vinda, TERESA DIAS!

    É impossível não admirar este esforço! :)

    ResponderEliminar
  25. É preciso ter esperança sempre, ANA, mas pessoas destas fazem-nos confiar mais no ser humano... :)

    ResponderEliminar
  26. Claro que fazem com que acreditemos mais na humanidade, MARIA! :D

    Beijocas!

    ps - ainda não me pesei... ~xf (assobiando)

    ResponderEliminar
  27. Então não há, CONCHITA?! :D

    Beijinhos e boa semana para ti também! :)

    ResponderEliminar
  28. E sobretudo são para divulgar, LUMA, para ver se dão novas ideias a quem pensa estar de "pés e mãos atados"... :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  29. Com "ressaca" de doces não estou, que ainda agora ao jantar comi a última fatiazinha de um bolo de chocolate que sobrou, TONS DE AZUL... =))

    Mas há histórias realmente fantásticas! :D

    ResponderEliminar
  30. Eheheh, MOYLITO, estás à espera que os professores te caiam em cima? Convenhamos que este faz muito mais do que o útil e do lhe seria exigível... :))

    ResponderEliminar
  31. BELA HISTÓRIA... MUITO INSPIRADORA!

    ResponderEliminar
  32. Bem-vinda, LILIAN!

    Há histórias reais que parecem retiradas de um romance... :)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)