sexta-feira, 26 de outubro de 2012

OVOS, SEM OMOLETES!

Ora agora que o Natal se aproxima a passos largos - faltam menos de dois meses - aí está um sugestão prática para quem tenha jeitinho para trabalhos manuais: esculpir em cascas de ovos. Para assim fazer lindas e originais decorações natalícias, ou até para outras festas como a Páscoa, vindimas, Carnaval, Halloween, São Martinho, casamentos, aniversários ou qualquer uma que queiram celebrar. Vejam alguns dos exemplares que podem conseguir com esta técnica:




Ah, e ainda podem servir de candeeiro ou de iluminação.


Não se pense, porém, que são só chineses ou orientais com a sua célebre e extraordinária paciência de Job, que se dedicam a esta arte. Há artistas destes em todo o mundo, inclusivamente em Portugal. Este último ovo, por exemplo, foi esculpido em homenagem às bordadeiras de Viana do Castelo...

Contudo, a maioria destas esculturas não são feitas com ovos de galinha, mas sim com ovos de ganso, ema, avestruz, etc. e tal, que têm uma casca um pouco menos frágil. O boa notícia é que se devem esvaziar primeiro, através de um pequeno orifício no topo mais largo, e assim o seu conteúdo pode ser aproveitado para a culinária, nomeadamente para as ditas omoletes.

Para resolver a parte prática da questão, eis um vídeo explicativo de como se executam estes trabalhos, caso estejam interessados nestes ornamentos:


Fácil, não é? (agora vou só ali ao meu dentista pedir-lhe uma brocazinha velha emprestada e... já está no papo!)

BOM FIM DE SEMANA!

Imagens da net.

21 comentários:

  1. Trabalhos muito bonitos e originais mas eu não tenho o mínimo jeito para artes de mão! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem eu, ROSA, era apenas uma ironia! :)

      Abraço

      Eliminar
  2. eu também me incluo nessa arte! mas eu sou mais do tipo abstracto!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para essa também tenho mais jeito, VÍCIO! :)))

      Eliminar
  3. A actividade que os alemães mais amam, são os trabalhos manuais.
    Todos cá em casa são grandes peritos, enquanto que eu detesto fazer trabalhos manuais desde criança.

    Estes ovos são verdadeiras obras primas.
    Vou mostrar estas imagens aos meus "Krauts", e vamos lá ver como vão ficar os ovos deles.

    Desejo-te um fabuloso fim-de-semana, com ou sem ovos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois olha, EMATEJOCA, estamos quites: não tenho jeito, nem gosto de trabalhos manuais!

      E claro que para fazer estas esculturas, que são mínimas, não basta ter jeito: é preciso mão de verdadeiro artista! Estava apenas a ironizar... :)

      Fabuloso para ti também, os ovos vou guardá-los para a consoada! :D

      Eliminar
  4. Há indivíduos superdotados ! :))
    Primeiro excelentes desenhadores, depois uma precisão cirúrgica, intercalados com muita imaginação ! :)))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que há, RUI! Infelizmente, não sou uma delas... :)))

      E é, no caso é o tudo em um: desenho, paciência, precisão e imaginação! :D

      Eliminar
  5. A escultura é uma coisa que me transcende. Estes ovos lindíssimos, as fachadas das catedrais góticas. Não percebo como é que conseguem. Mas ainda bem que conseguem. Para mim é o da Tour Eiffel, se faz favor :)
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Seria a torre Eiffel com muito gosto, SAFIRA, mas temo que o gasto de ovos não compensasse a experiência... :)))

      É, estas esculturas também me transcendem: são giríssimas, sim senhora, mas basta um ligeiro descuido e... CRACK... adeus obra de arte! :D

      Beijocas!

      Eliminar
  6. Exemplares muito interessantes, mas que seria incapaz de reproduzir, graças à minha inabilidade para os trabalhos manuais. Tenho uma amiga que começou a apurar essa técnica no início do mês e anda entusiasmadíssima.
    Bom fds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Devo-lhe dizer que a sua amiga deve ser uma grande artista, CARLOS, porque embora o fulano que explica no vídeo faça parecer fácil, dá para vislumbrar uns quantos momentos em que a execução pode correr mal... :)

      Era apenas ironia, que também não tenho o mínimo talento nas artes manuais! :D

      Eliminar
  7. Minha linda, te agradeço a informação...mas a minha habilidade manual não dá nem para tentar começar, buáa´´a´´a

    Boa noite

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se te consola, SÃO, somos duas. Era mera brincadeira, porque o que o artista faz parecer tão simples, feito por um leigo tem muitos momentos em que pode dar para o torto... :D

      Boa noite!

      Eliminar
  8. Minha amiga, trabalhos manuais não é comigo. Não que não gostasse, adoraria, mas acho que me falta o jeito e, principalmente, a paciência.
    Estes ovos são uma verdadeira obra prima.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não sei, não... mas acho que apesar de toda a proclamada simplicidade, esta forma de arte tem muito que se lhe diga... Então tás a fazer os remates finais, dás uma pancada mais forte e lá se vai a obra toda??! ai, isto não deve ser bom para gente nervosa...

      Eliminar
    2. SONHADORA, lá gostar de ser uma artista nessa área é uma coisa que também gostaria. Infelizmente não nasci com esses dotes... e a paciência (e precisão) para um trabalho destes também é mínima! :)

      Mas que são giros, lá isso é verdade... :D

      Beijocas!

      Eliminar
    3. A proclamada simplicidade era uma ironia, BRISEIS, porque realmente o artista faz parecer fácil, mas estou convencida que um leigo, que não tenha já uma grande predisposição artística, se iria fartar de quebrar ovos até desistir da empreitada. Isto mais vale ter consciência das próprias capacidades, antes de dar uma passada maior que a própria perna... :)

      A ajudar à festa, também sou um bocadinho tremelicas! :)))

      Eliminar
  9. A TODOS:

    Apesar de achar os ovos esculpidos giríssimos, é óbvio que nunca me meteria a fazer uma coisa destas. Estamos a falar de CASCAS DE OVO, frágeis por natureza, que se partem muitas vezes sem querer, quanto mais a desenhar, a furar e a brocar... :D

    Além que o meu jeito para trabalhos manuais é nulo, a paciência e precisão da execução deu azo à ironia do "Bora lá que é fácil!"...

    Penso que alguns não o entenderam! Ou não viram o vídeo. Ou ambas as coisas... :)))

    ResponderEliminar
  10. Paciência e talento que não tenho.
    Há tempos, quando comprei uma embalagem de duas dúzias de ovos, fiquei surpreendida porque os dois primeiros ovos que estrelei tinham duas gemas cada; depois constatei que os ovos seguintes, que utilizei para confecionar já não me recordo o quê, também tinham duas gemas cada. Li o rótulo da embalagem: todos os ovos eram de gema dupla! Com tempo ainda vou pesquisar como é possível porque os meus conhecimentos não dão para compreender este fenómeno que, inicialmente, pensei fosse da natureza. Depois conclui: aqui há mão de “homem”! : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem eu, CATARINA! :)

      Quando aos ovos de gema dupla, é certo que acontecem na natureza, a ideia não é original. Mas que com um um "empurrãozinho" de cientistas também se pode lá chegar, não tenho dúvidas. Se a fecundação "in vitro" é possível para os humanos, porque não para as frangas e galinhas? :D

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)