terça-feira, 12 de abril de 2011

TALHADO

Ingredientes:
1 programa de um canal de televisão americano;
4 chefes de cozinha;
3 juízes entendidos em artes culinárias;
3 cestos contendo 3 ou 4 ingredientes obrigatórios cada;
1 cozinha bem equipada, com despensa e frigorífico bem fornecidos;
1 apresentador;
10 mil dólares;
Pitadas de imaginação.

Peguem no apresentador (Ted Allen) para apresentar os 4 chefes de cozinha e abram o primeiro cesto, contendo os ingredientes mistério para confeccionar um aperitivo em 20 minutos. Não ligue ao ar de espanto dos indivíduos perante o conteúdo do cesto - se eles não sabem o que vão fazer com o mangustão, a enguia ou o xarope de romã, deviam saber. Estão lá para ser criativos, correrem para a despensa ou frigorífico para encontrarem legumes, frutos, ovos, cereais ou molhos antes dos outros, fartarem-se de descascar, cortar ou moer, para depois encostarem a barriga ao fogão em fritos, cozidos e assados, enquanto suam as estopinhas. O aperitivo é servido em 4 pratos, convém que tenham quantidade suficiente para tanto.
Os juízes já lá estão sentados a observá-los atentamente o tempo todo, depois chega a sua vez de apreciar a apresentação, degustar (depende, por vezes há um lambão que come tudo), tecer considerandos sobre a criatividade e estabelecer comparações entre os concorrentes, também eles quase todos convencidos q.b. e que por esta altura já estão com cara de tacho diante das inúmeras críticas a que não são poupados. O que for considerado pior é "chopped"... quer dizer, eliminado!
Na segunda ronda o processo é idêntico, embora o cesto revele outras surpresas, que eventualmente podem incluir pêssegos semi-podres, raiz de inhame, papas de aveia ou um molho característico de uma qualquer região da China ou do Paquistão. A única diferença é que têm uma meia hora inteirinha para inventar uma entrada. Se o júri já chamou a atenção para um qualquer pormenor e o participante fez ouvidos de mercador, o mais provável é ir com as couves...
Segue-se a sobremesa já só com os dois finalistas, no cesto mistério podem encontrar água de rosas, gengibre ou bacon, que dão sempre um grande jeitaço para um docinho. As trituradoras devem ser utilizadas com moderação, porque nesta altura do campeonato geralmente já alguém lá triturou um dedito que pingou sangue por toda a cozinha. Os membros do júri não estão lá para perdoar essas cenas sanguinolentas, nem cabelos no prato, nem provas repetidas com a mesma colher já lambuzada na panela, enfim... uns enjoados! Mas se à primeira passa, na última volta nem pensar. A avaliação final tem em vista (e paladar) não só a sobremesa, mas o conjunto dos pratos apresentados por cada um. E uma porção de subjectividade, como é inerente a estas lides.
E pronto, ao fim das três fornadas lá servem os 10 mil dólares ao vencedor - dá à hora de almoço no Food Network e normalmente abre o apetite! (pelo menos, quando "Chopped" não significa cortar uma talhada a algum dedo e inclui-la como condimento...)

Imagem da net.

16 comentários:

  1. para abrir o apetite não troco um martini por essa coisa ~xf

    ResponderEliminar
  2. Onde é que é esse tal de food network?

    ResponderEliminar
  3. O que está a dar são concursos culinários. Ele é o Hells Kicthen, o australiano Masterchef, e agora esse que nunca vi. Deixam um gajo com água na boca. O programa que mais gosto de assistir é o No Reservations do Anthony Bourdain, que nos leva a conhecer a gastronomia mundial de uma forma informal. Muito bom.

    ResponderEliminar
  4. Há concursos televisivos para quase tudo... não tarde há um canal português a copiar a "receita". :)

    ResponderEliminar
  5. Nunca vi programas de culinária. Fazem-me lembrar os tempos da Maria de Lurdes Modesto.

    ResponderEliminar
  6. "Obrigaste-me" a correr os canais todos à procura do programa e não encontrei :(

    Costumo ver é o Masterchef e fico sempre com água na boca...qualquer diz engordo só a ver eheheh

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  7. São dois paladares diferentes, VÍCIO! :D

    ResponderEliminar
  8. No MEO, aqui no canal 126, CONSTANTINO! :)

    ResponderEliminar
  9. Esse da "Cozinha Infernal" é um horror, PAULOFSKI, parece um filme de terror com tachos e panelas... =))

    Os outros não conheço, até porque vejo pouca televisão e é ir apanhando o que calha. (excepto o "Conta-me como foi!", que sigo atentamente e se não estiver em casa ponho a gravar!) :)

    ResponderEliminar
  10. Olha, LUISA, copiam tanta porcaria, que se copiarem um concurso de culinária nem está mal visto... :))

    ResponderEliminar
  11. A Maria de Lurdes Modesto era modesta demais para entrar em concursos destes, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA, que nestas americanices é ver quem tem o ego mais inchado... :D

    ResponderEliminar
  12. Estes programas "engordam" muito, MARIA, até porque abrem o apetite... :))

    Como já referi, está aqui no canal 126 do MEO, mas suponho que depende da programação do televisor. Esse do Masterchef nem sei onde pára! ;)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  13. ca fomeeeeeeeeeeee com que me deixasteeeeee! :D

    ResponderEliminar
  14. Hummm... o jantar foi fraquinho, ANA?! :D

    ResponderEliminar
  15. eu gosto de ver o cake boss, no travel & living. impagável :)

    ResponderEliminar
  16. Tenho de ver esse, MOYLITO, que me anda a escapar... :-L

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)