quinta-feira, 14 de abril de 2011

O BEIJO

Ontem foi o Dia Internacional do Beijo. Como se o beijo precisasse de ter dias para o celebrar, quando sai doce e espontâneo dos nossos lábios, com paixão, amor, ternura, carinho ou amizade. Ou todos esses sentimentos em simultâneo, numa emoção sempre presente nas nossas vidas...

O BEIJO
Congresso de gaivotas neste céu
Como uma tampa azul cobrindo o Tejo.
Querela de aves, pios, escarcéu.
Ainda palpitante voa um beijo.

Donde teria vindo! (Não é meu...)
De algum quarto perdido no desejo?
De algum jovem amor que recebeu
Mandado de captura ou de despejo?

É uma ave estranha: colorida,
Vai batendo como a própria vida,
Um coração vermelho pelo ar.

E é a força sem fim de duas bocas,
De duas bocas que se juntam, loucas!
De inveja as gaivotas a gritar...


Alexandre O'Neill, in "No Reino da Dinamarca"

Posso não ter reparado no dia, mas ficou no ar esta poesia, ainda é tempo de comemorar...

Imagem da net.

20 comentários:

  1. Caro Amigo/Amig@,

    Livros existem para aventurarem-se de mão em mão, enchendo olhos e mentes, traspassando mundos vários, continentes distantes, até mesmo galáxias perdidas deste infinito Universo, sem respeitar nem mesmo as fronteiras do senhor Tempo.



    É com base neste espírito que Lisboa acaba de ganhar um novo Alfarrábio on-line. É o www.livrilusao.com, que vende livros usados e novos.

    No entanto, não queremos ser apenas um alfarrábio a mais. Para além de comprarmos, vendermos e trocarmos livros, buscamos também interagir com todos que queiram trocar ideias connosco sobre livros, artes em geral e tudo o mais relacionado com Cultura.

    Convidamos-te a visitar a nossa página e, se achar interssante, ajudar a divulgá-la, repassando esta mensagem para a sua lista de emails.

    Vamos dar continuidade à aventura dos livros!

    Obrigada,



    Giulia Pizzignacco,
    Livrilusão

    ResponderEliminar
  2. Neste mês, em comemoração à PÁSCOA, nas compras de livros com valor igual ou superior a 5€ o Alfarrábio Livrilusão oferece como prenda uma barra de CHOCOLATE para adoçar a sua leitura.

    Acesse: www.livrilusao.com

    ResponderEliminar
  3. Como resposta ao belo poema do Alexandre O'Neill, mandou-te um poema da colega brasileira, Adélia Prado:

    "A vida é muito bonita,
    basta um beijo
    e a delicada engrenagem movimenta-se,
    uma necessidade cósmica nos protege."

    Volto mais tarde!

    ResponderEliminar
  4. E hoje, imagine-se, é o Dia do Café! Interrogo-me se amanhã será o Dia do Bagaço...

    ResponderEliminar
  5. Ao ler o comentário do Carlos antes de tomar o meu café da tarde, pensei que o Dia do Café era mais importante que o Dia do Beijo.
    Agora que já tomei o meu café, prefiro o beijo, se possível do Brad Pitt, que é um homem MUITÍSSIMO MAIS BONITO do que o vosso coelhinho!

    ResponderEliminar
  6. Todos os dias são ou deveriam ser o dia do beijo, do abraço, do Amor, da amizade...tudo seria nais fácil.

    Bonito poema :)

    Hoje é o meu dia...vou beber café.

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  7. Olá Teté confesso que até este ano nunca tinha ouvido falar do dia do beijo. De qualquer modo tenho pena também de não o ter podido celebrar devidamente. Isto de mandar beijos pela webcam não tem sabor nenhum ehehhe. De qualquer modo espero que toda a gente tenha aproveitado para dar uns beijinhos extra durante este dia a quem habitualmente não dão. Quanto ao teu desafio a baixo tenho a dizer que eu na altura não comentei porque estava sem tempo mas também foi uma miséria. Só reconheci a Renée e o Liam Neeson.
    Beijos atrasados eheheh.

    ResponderEliminar
  8. Concordo... até porque isto do beijo bem podia ser como o Natal... ou seja quando um homem ( ou uma mulher vá...) quiser :)))

    ResponderEliminar
  9. Alguém me disse um dia:
    - Já nem te beijo!
    Fiquei sem saber se já não me via ou se já não me beijava.
    Não ligo a estes dias porque sempre beijo!
    Beijinho Tété

    ResponderEliminar
  10. Cara GIULIA:

    O meu blogue não se presta a publicidades, muito menos a mensagens publicitárias dessas em spam. Costumo "varrer" todas!

    Desta vez abro excepção por se tratarem de livros. Mas, como é óbvio, não vou fazer publicidade nenhuma à vossa editora on line, embora lhe deseje felicidades no empreendimento.

    ResponderEliminar
  11. Ui, estás enganado, TEONANIZI: já é hoje!!! :D

    ResponderEliminar
  12. Gostei desse poema "cósmico", EMATEJOCA! :)

    E concordo que o Brad Pitt é um pedaço de homem. Agora essa do nosso coelho, não, não e não! Não é, nunca foi e nunca será meu! :D

    ResponderEliminar
  13. Pois, se calhar há quem comemore o dia do café e do bagaço em simultâneo, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA! :))

    ResponderEliminar
  14. Concordo, MARIA! Seria mais fácil, mas o bicho Homem é complicadinho, gosta sempre de meter coisas menos interessantes na equação... :)

    E pronto, lá me esqueci também do dia do café! :))

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  15. Olha, PSIMENTO, somos dois! Nunca tinha ouvido falar no dia do beijo, nem do café! Estamos sempre a aprender todos os dias... =))

    Alguém precisa de desculpas para beijar? Não, pois não? Então é beijar sempre que apetecer e se proporcionar! :)

    Quanto ao desafio, não era muito fácil mesmo, ia dos anos 50 até este século!

    Beijocas (sempre a tempo)!

    ResponderEliminar
  16. É sempre que quisermos mesmo, LUISA, mais até que o Natal. Necessário é que haja dois protagonistas, para a acção se desenrolar... :))

    ResponderEliminar
  17. Nem é para ligar muito, KIM, beijar é bom e todos gostamos. Às vezes a distância é que nos faz partidas... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  18. Até "corei", MOYLITO! :b

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)