terça-feira, 26 de abril de 2011

ENGANA-ME QUE EU GOSTO

Prestes a casar com uma mulher que o traía, Danny, um jovem médico, ouve a conversa da noiva e desiste do casório. Nessa mesma noite, a embebedar-se no balcão de um bar, rola a aliança que deveria ter usado no anelar, ainda traumatizado com o acontecimento. A mulher que se senta ao seu lado também parece ressabiada com a vida, mas ao perceber que ele é "casado" muda de atitude e tenta consolá-lo. E, a partir daí, ele não deixa de usar esse estratagema para "engatar" mulheres, sem compromissos de maior, uma vez que desempenha sempre o papel de pobre vítima de "esposas" drogadas, alcoólicas, violentas, ninfomaníacas, etc. e tal, num rol infindável à conta da sua fértil imaginação.
Uns 10 ou 15 anos depois, continua com aquela farsa, até que se apaixona "à primeira vista" por uma jovem de 20 e poucos anos. Mas esta não vai em cantigas, quer que a futura ex-mulher (como ele afirmou), lhe confirme o divórcio de viva voz. Mesmo assim ele consegue convencer a sua assistente, do consultório de cirurgia plástica onde exerce, a fazer-se passar pela dita futura ex-mulher. Mas, num deslize dela durante o encontro, a "família" é acrescentada com mais dois filhos...
O realizador, Dennis Dugan, angariou um bom naipe de actores, onde figuram Adam Sandler, Jennifer Aniston, Brooklyn Decker e Nick Swardson, para além da participação especial de Nicole Kidman. Segue o trailer, para quem quiser espreitar:


É comédia? É! É previsível? Também! Mas dispõe bem e muitas vezes é isso que interessa no momento...

Imagem de cena do filme da net.

20 comentários:

  1. Enquadro este filme na categoria AVECDP (a ver em casa de pantufas).

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  2. É um remake de um filme de 1969 com a Ingrid Bergman, Goldie Hawn e Walter Matthau com o título Cactus Flower (A flor do cacto), realizado por Gene Saks, com o argumento de I.A.L. Diamond, baseado numa peça teatral de Abe Burrows.

    PS: Respondi à tua pergunta sobre a Kate ambiciosa no "ematejoca azul", mas a net caíu. Mais tarde tento outra vez.

    ResponderEliminar
  3. A avaliar pelo Trailer e com o Adam Sandler e a jennifer Aniston, o apetite ficou aguçado ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  4. Estou como o Rafeiro. Talvez em casa de pantufas, sem o cheiro das pipocas e do barulho da publicidade que nos arrefece; pelo menos 15 minutos, de o ver.

    Bjs

    ResponderEliminar
  5. O Adam Sandler é muitas vezes acusado de menoridade qualitativa, mas é um gajo que não é pretensioso e os filmes dele acabam por, invariavelmente, dispor bem :)

    ResponderEliminar
  6. Um filme para relaxar e não quebrar a cabeça.....tudo o que eu estou a precisar.....ahhahah

    Beijokitas

    ResponderEliminar
  7. Ora nesta altura de crise é mesmo isto o que ainda vai limpando o espírito.
    Da adrenalina da conquista já nem falo. Agrada-me!
    Beijinho Tété

    ResponderEliminar
  8. Não gosto muito do Adam Sandler :s

    ResponderEliminar
  9. E também é bom, RAUF! :D

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  10. Esse não vi, EMATEJOCA! Mas tenho pena, se for divertido como este... :)

    Então, vou lá espreitar a resposta!

    ResponderEliminar
  11. Para quem aprecia comédias, RUI, este filme vê-se muito bem... :))

    ResponderEliminar
  12. Nem fales de publicidade, CARLOS, que antes do filme começar levámos com cerca de 25 minutos dela. Que chatice!

    Quanto ao resto, também acho que é bom para ver em casa! :)

    ResponderEliminar
  13. Concordo contigo, MOYLITO! E também acho que o cinema serve várias finalidades, sendo uma delas a diversão... :D

    ResponderEliminar
  14. Já temos tantas coisas que nos aborrecem e chateiam, PARISIENSE, que às vezes só apetece ver um filme divertido, sem pensar em chatices... :))

    Beijokitas!

    ResponderEliminar
  15. Rir nunca fez mal a ninguém, muito menos quando as pessoas já andam tristonhas com o que as rodeia, KIM! :)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  16. Acho que os filmes dele normalmente dispõem bem, LOPESCA, e contra isso não tenho nada... :D

    ResponderEliminar
  17. Sorry só gosto do 50 First Dates / A minha namorada tem amnésia :))))

    ResponderEliminar
  18. E como precisamos de coisas que nos façam rir e dêem um pouco de boa disposição!

    ResponderEliminar
  19. Não precisas de pedir desculpa, LOPESCA, esse nem me lembro se vi... :))

    ResponderEliminar
  20. Nesse aspecto estamos totalmente de acordo, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA: todos precisamos de melhorar a nossa boa disposição... :D

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)