quarta-feira, 3 de novembro de 2010

LÂMPADAS E CANDEEIROS!

Aqui há pouco mais de três anos, ao fim de várias semanas de obras em casa, depois de tudo limpo e arrumado, o foco de luz que iluminava a secretária e o computador partiu e pifou. OK, já tinha uns dez anos de serviço praticamente diário, obviamente este tipo de candeeiro não dura para sempre. Nem sequer era especialmente caro ou sofisticado. Mas pronto, embora não desse jeito mais uma despesa naquela altura do campeonato, resolvemos que compraríamos um que combinasse melhor com a nova decoração.
Assim, num final de tarde, fomos ao centro comercial e lá descobri um candeeiro de secretária com umas linhas estilizadas, cor de aço e que ainda por cima ocupava menos espaço. Ouro sobre azul, com a desvantagem de ser bem mais carote que os restantes em exposição na loja. Nenhuma exorbitância, evidentemente, mas com um preço excessivo para a sua funcionalidade. Convenci o maridão, porque "é coisa que não se compra todos os dias" e subsequente blablablá.
Este Verão, a lâmpada fundiu. Entretanto, a loja do centro comercial fechou. Percorremos todas as grandes superfícies à procura de uma lâmpada idêntica e nada! No comércio tradicional, um lojista avisou-me que é comum fecharem algumas fábricas destes consumíveis "lá fora", daí desaparecerem do mercado. Luzinha ao fim do túnel, uma amiga informou-me que a loja ainda existe num outro centro comercial. Mas, quer dizer, a única esperança é que ainda possuam material em armazém, porque quanto ao resto vou reclamar de quê?
Se não gostasse tanto de ter uma boa iluminação em casa, já tinha optado pela luz das velas! Porque os "azares" com lâmpadas e candeeiros domésticos têm sido tantos, que se acreditasse em fantasmas à solta... nunca dormiria sossegada! Buuuuhhh...

19 comentários:

  1. E muito vocês gostam de nos levar com o subsequente blablablá. Se nos dessem mais vezes ouvidos agora não andarias armada em Indiana Jones and the seek of the Holy Lamp!

    ResponderEliminar
  2. "é coisa que não se compra todos os dias"
    estavas certa! e um dia deixa de se comprar de vez... :D

    ResponderEliminar
  3. Já procuraste ver se há aqui (?):

    http://www.casadaslampadas.com/cms/view/id/8
    .

    ResponderEliminar
  4. E porque não à luz das velas! Sempre se poupa na factura já para não falar do romantismo e subsequente blablablá.

    ResponderEliminar
  5. é enervante que as empresas nos vejam como uma peça da engrenagem, ainda por cima e muito curiosamente uma peça aparentemente dispensável (assim vão as coisas) e não o seu objectivo de existência. será muita inocência minha pensar que sem clientes não há vendas nem lucros? depois abrem e fecham empresas sem considerar, precisamente, os clientes. no entanto, como não podia deixar de ser, a culpa é nossa porque, se não há legislação que proteja o consumidor, nós é que andamos a votar em quem devíamos...

    ResponderEliminar
  6. A quem o dizes...ahahahahah
    Eu comprei 2 balanças....uma para a cozinha e outra para a casa de banho( também tenho de pesar o que como, né...hahahh) e não é que quando quiz mudar as pilhas elas eram fora do vulgar e eu não tinha em casa?????

    Mania de querer comprar porque é bonito...:D:D

    Beijokitas

    ResponderEliminar
  7. A sociedade do desperdício cada vez nos permite menos criar afectos com objectos. Há uns meses tive de comprar uma máquina de lavar. Em conversa com o vendedor disse-lhe que a minha tinha 20 anos. Ele olhou-me, sorriu e respondeu: hoje já não se fazem coisas assim.
    Pois não... a ordem éconsumir, usar e deitar fora.

    ResponderEliminar
  8. O que eu queria escrever como comentário era bem diferente, mas o meu mau costume de ler os comentários dos outros...
    O Carlos critica a nossa sociedade de consumo, que não nos permite criar afectos com os objectos.
    Afecto a uma máquina de lavar ou a um aspirador???
    Amizade só com o portátil!
    Além disso, se um elecro-doméstico durar 20 anos, a fábrica onde se produzem esses productos precisa de poucos trabalhadores. Quanto maior é a produção, maior é a fábrica, havendo mais lugares de trabalho.

    Boa noite!

    ResponderEliminar
  9. Olá Teté!! Não tens mesmo sorte aos candeeiros está visto. Mas quem sabe não encontras agora nesse shoping. Aposto que o maridão soltou um “Eu bem avisei que não devias ter comprado” eheheh.
    Eu li bem?? Na exposição tinha uma secção só de Bd da Marvel??? Se fosse mais perto acredita que eu abancava lá e só sei quando me expulsassem nem que fosse de manhã até à noite!! É a minha forma de arte preferida :).
    Da próxima vez diz-me qualquer coisa por favor, quem sabe não voo até lá!!
    Beijinhos e haja luz!! ;)

    ResponderEliminar
  10. RAFEIRITO, sabes que finalmente essa demanda deu resultado?! :D

    Nem queria acreditar! Tanta sola de sapato e gasolina gasta de um lado para o outro e por fim lá fui parar à tal loja: disseram-me que a lâmpada não era a adequada para o candeeiro, puseram a correcta e paguei 2,24€... :b

    ResponderEliminar
  11. A bem dizer, VÍCIO, já estava naquela: da próxima vez compro um baratucho e tá'andar!!! :))

    ResponderEliminar
  12. Obrigada pela dica, RUI!

    Mas finalmente tive oportunidade de ir procurar da dita loja, a lâmpada realmente está em vias de extinção, mas eles consideraram que a mais adequada até era outra, que me custou 2,24€... Nem queria acreditar! ;;)

    ResponderEliminar
  13. Eheheh, jantares românticos é uma coisa, PAULOFSKI, comer diariamente quase às escuras é outra... =))

    ResponderEliminar
  14. Realmente já estava a ficar enervada com a busca da lâmpada, MOYLITO! Mas felizmente teve um final feliz!

    Mas também concordo com o que dizes, não serão todas as empresas, mas algumas parece que nos fazem o grande favor de estarem abertas e de nos atenderem, com cada balconista antipático que mais apetece fugir... 8-o

    (e sim, também há muito cliente chatinho, mas ele não precisa da loja para sobreviver, né?) 8-/

    ResponderEliminar
  15. Eheheh, mas olha que não sou esquisita com a beleza das balanças, PARISIENSE! Já os candeeiros é outra loiça... gosto deles bonitinhos! :D :D :D

    Gostas de pesar o que comes?!? Estou a ver... =))

    Beijokitas!

    ResponderEliminar
  16. Pois, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA, ainda dizem isso como se tivessem conquistado a Lua: agora os aparelhos/electrodomésticos não resistem tanto, mas a tecnologia é de ponta... :[

    É isso mesmo que pretendem - um constante comprar, usar e deitar fora! :p

    ResponderEliminar
  17. EMATEJOCA, desculpa mas acho que o Carlos tem razão! E o exemplo foi a máquina da roupa, claro que ninguém tem afecto por uma coisa dessas. Mas um candeeiro (ou outros objectos) comprado com gosto é diferente, não é? E ao fim de 3 anos ir para o lixo por falta de lâmpada pareceu-me despropositado demais... :(

    Felizmente que se resolveu, como já expliquei: a dita lâmpada já não está à venda, mas o homem da loja (que finalmente encontrei noutro local) disse que a mais adequada até era outra. E por 2,24€ já está a funcionar novamente... :D

    Essa de ter muita gente a trabalhar, a fabricar porcarias que se estragam pouco depois, não me parece ser a melhor solução nem para uma sociedade de consumo. Até porque existe concorrência e fabriquetas dessas estão destinadas ao fracasso! Quem é que volta lá a comprar o que quer que seja?

    ResponderEliminar
  18. Eheheh, não disse mas vi no olhar dele, PSIMENTO! :D

    Mas encontrei a loja e substituíram por outra lâmpada que também funciona. :z

    O FIBDA ainda está até dia 7 (próximo Domingo)! Não é uma secção da Marvel, mas uma pequena saleta onde vendem alguns álbuns e revistas. Possivelmente não valeria a pena a viagem, até porque como coleccionador és capaz de os ter todos (ou quase). Mas o Festival vale sempre a pena para os amantes da BD e costuma ser sempre nesta altura do ano. Para a próxima aviso com maior antecedência... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  19. Este é o blog mais brilhante que existe! Convidamos você para seguir o blog da

    Lâmpadas Golden!
    Ele traz novidades, informações e dicas sobre o mundo da iluminação, sempre com

    atualizações constantes.
    Veja alguns dos temas mais interessantes postados recentemente:

    Dicas para sua iluminação durar mais. Manutenção e cuidados básicos.

    Lâmpada fluorescente não faz mal à saúde.

    Calcule o impacto de diferentes tipos de iluminação na conta de energia.

    Para quem quer se informar e se atualizar sobre as mais modernas tecnologias de

    iluminação, acesse http://www.golden.blog.br

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)