segunda-feira, 8 de novembro de 2010

DRAGÕES INVISÍVEIS

Apesar do frio que já se fazia sentir, sentámo-nos na esplanada para um lanche ao entardecer. Os patos nadavam calmamente no lago, fugidios como sempre à máquina fotográfica. O empregado entregou a torrada "com muita manteiga" na mesa atrás, reparei vagamente que o pedido era o número 3, na nossa era o 2. Irrelevante, já que a nossa chegou poucos minutos depois. Aí, o tal cliente "preferido" avisou: "Cuidado com os pombos, que sujam tudo", acenando a cabeça na direcção do pequeno telheiro de ripas metálicas. Não vislumbrámos nenhum pombo, mas concordámos educadamente...
- Quem é que faz as nuvens no céu? - perguntou logo de seguida. Após uns segundos de silêncio, respondi sorridente: "Não sei, mas tenho a certeza que eu não sou!" Duvido que tenha ouvido, porque imediatamente explicou que eram os "dragões que pairam no ar e invisíveis para os olhos humanos, como tantas outras coisas que nos rodeiam e não vemos"
O homem falava enquanto mastigava a torrada, julguei ter percebido mal. Mas não! Porque apanhando desprevenidos dois ouvintes calados, desenvolveu a sua teoria do universo em mutação movido a dragões e cobras, que os cientistas não sabiam explicar, com a imensa verborreia de uma pessoa culta e bem falante, mas que entrou em "curto-circuito".
Loucos à solta a precisar urgentemente de medicação devem existir por aí bastantes, não sei se devido à própria solidão ou a qualquer outro imperativo de alheamento da realidade. Mas também não descartámos a hipótese de termos sido alvo de uma qualquer brincadeira ou experiência: na dúvida, terminada a ligeira refeição, desejámos "boa tarde!" ao fulano e ala que se faz tarde... 
Há encontros demasiado estranhos, sem ser no mundo da bola!!!

20 comentários:

  1. Justamente....era da bola que eu ia falar.....será que o homem estava a prever o futuro e que já via as nuvens a pairar sobre a águia e o dragão a lançar o seu fogo?????

    Ou seria que ele viu passar o Presidente do país dos dragões e isso deu-lhe volta á cabeça????

    Mas prontos se não era sobre a bola, nem sobre o presidente da RPC.....deixa lá.....disso oiço eu todos os dias( também trabalho numa instituição onde á muitos assim )....já não me espantaria.

    Beijokitas e boa semana

    ResponderEliminar
  2. Paulinha11/08/2010

    Bem Tété a ti acontece-te cada uma! Adorei. Quem me dera ter assistido a essa cena contigo. Anda tudo maluco pois então...esperas o quê?! Qualquer dia andamos é todos assim, meio doidos.:))

    ResponderEliminar
  3. Qd até pessoas tidas como geniais começam a tentar propalar teorias estrambólicas e processam jornais por não as publicarem... não é de admirar mesmo.

    ResponderEliminar
  4. Pois ontem à noite eu vi muitos dragões à solta. Eu sei que foi no mundo da bola mas não estranhei, apenas me lembrei desta canção da Ala dos Namorados:

    São os loucos de Lisboa.
    Que nos fazem recordar.
    A Terra gira ao contrário.
    E os rios correm para o mar.

    :v

    ResponderEliminar
  5. Pois eu acho imensa piada a esses loucos. Desconfiar é mesmo dos ditos normais.

    Muito obrigado pela mensagem no meu blog a propósito do meu aniversário. Beij.

    ResponderEliminar
  6. Ontem nas Antas os DRAGÕES estiveram BEM VISÍVEIS!!!

    A ALEGRIA de uns e a tristeza de outros.

    ResponderEliminar
  7. não achas que não é dia mais indicado para falar de dragões? =))

    ResponderEliminar
  8. Pois é ! O título aguçou-me a curiosidade ! :)))
    ... e o tipo não "batia bem da bola" ! rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  9. Pois é, PARISIENSE, mas este anda à solta... :))

    Beijokitas!

    ResponderEliminar
  10. Eheheh, pois, PAULINHA, estes "cromos" põe-nos doidos, até comecei por duvidar se estava a ouvir bem... :D

    Jinhos!

    ResponderEliminar
  11. VANI, tive um professor que tinha uma das teorias mais estrambólicas que é possível imaginar e éramos obrigados a decorar aquela treta sem pés nem cabeça. Uma daquelas disciplinas para "encher" currículos académicos... :S

    Essa de processar jornais por não publicarem teorias, também tem piada! :e

    ResponderEliminar
  12. E gosto muito dessa música, PAULOFSKI! :D

    Quanto a esse tal jogo, ouvi vagamente falar nele, mas não vi... =))

    ResponderEliminar
  13. CARLOS, se tivéssemos dado corda ao homem, a esta hora ainda lá estávamos a ouvir as suas teorias sobre dragões invisíveis... Ná, não tenho muita pachorra! :))

    Beijo!

    ResponderEliminar
  14. Pois, EMATEJOCA, mas destes não vi nem uma leve faísca! :e

    (diga-se em abono da verdade, que também não vi os outros de que falas...)

    ResponderEliminar
  15. Não era o dia mais indicado, VÍCIO, mas ainda estava impressionada com a convicção do homem... :-o

    ResponderEliminar
  16. Hummm... porque teria sido, RUI??? :))

    Pois não, e já não se pode ter um fim de tarde descansado, sem levar com um "cromo" destes... :D

    ResponderEliminar
  17. Mas foi um fim de tarde divertido, confesse lá...

    ResponderEliminar
  18. Não confesso nada, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA, que não vejo divertimento em loucos à solta... ;)

    ResponderEliminar
  19. o problema dele foi demasiado ""puff the magic dragon" :P

    ResponderEliminar
  20. Sim, MOYLITO, deve ter tido um 'puff' a nível de neurónios... :))

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)