terça-feira, 18 de junho de 2013

PODIA LÁ RESISTIR?

Embora nos últimos três meses e picos tenha tirado mais de 2500 fotografias - para experimentar a máquina, o zoom, os ambientes noturnos (ainda não acertei nestes) e tudo o resto - em que cerca de 20% ficaram muito aquém do efeito pretendido (para não dizer beruchas!), nesta breve passeata por terras algarvias decidi também dar algum descanso à máquina. E a mim própria, de caminho...

Claro que mesmo assim tirei algumas. Ia lá resistir à praia mais fotogénica de todo o Algarve? Ainda por cima naquele breve momento mágico e cor-de-rosa do crepúsculo?

Ou às alcachofras silvestres que crescem nas suas arribas e que tão bem contrastam com a vegetação em volta, com o azul do mar ou do céu ou a cor de areia dos rochedos? À conta destas ainda ia sendo mordida por um cão, mas essa já é outra história...

Noutro fim de tarde, também passámos pela praia de Albufeira, que me recorda sempre férias da minha adolescência. Se bem que esteja muito diferente do que era em tudo, exceto no recorte do penedo e das arribas.

As ruas de Albufeira continuam a parecer uma feira, pejadas de roupagem própria para a época balnear, óculos de sol, bronzeadores e havaianas, postais e outros recuerdos para turistas, a par de muito bricabraque. Para todas as bolsas, diga-se. E um número incontável de restaurantes, bares e esplanadas, estes habitualmente mais carotes.

Já alguém visitou o Algarve sem topar com o colorido das múltiplas buganvílias? Pois, embora as plantas também existam noutros locais do país, associamos sempre à zona.

A piscina estava longe da frequência dos meses de verão, de modo que os mais pequenos deixavam os seus brinquedos aquáticos espalhados por ali, era só ir usando quando desse vontade. Nesse aspecto os putos são muito democráticos, não se importam de partilhar os seus pertences com os outros, quando preveem que envolva brincadeira. Nem faltou lá o puto inlgês, loirinho e todo nu, com os braços e as costas a denotarem já um escaldãozito. Que "conversou" animadamente com outro português, mais moreno e bronzeado, mas de calção. Não sei como eles se entendiam, que a alguma distância só lhes via o acenar das cabeças e alguma gesticulação. Pior é que quando crescem são capazes de andar à guerra - por tudo ou por nada -  esquecendo esse entendimento e simpatia mútua...

Nesta curta estadia não deu para ir à "caça" da passarada nos seus habitats costumeiros ou migratórios, mas  este  melro andou a saltitar por perto. Uns cinco cliques depois, lá o "cacei"!

Bom, também não faltaram gaivotas nos arrifes, quer ao anoitecer...

... quer durante o dia. O rochedo é o mesmo embora possa não parecer, a gaivota suponho que não. Certo é que elas poisam muito naquele topo, que deve ter uma vista fantástica da paisagem que o rodeia.

26 comentários:


  1. Que bela reportagem Teté!
    Que saudades das cores, do sol, dos lugares e das temperaturas boas do Algarve...


    Beijinhos da cor do mar
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A "reportagem" possível, AFRODITE, em poucos dias e com poucas fotos... :)

      Mas que teve aquele "cheirinho" a Verão, lá isso é certo...

      Beijinhos de todas as cores!

      Eliminar
  2. Mais uma reportagem da menina apaixonada pelo novo brinquedo ....:)))

    Vá lá que tiveste a sorte com o tempo, já que jeito já vi que tens.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Há brinquedos assim, que nos fazem voltar a ser crianças e a brincar muito com eles, JP! :)))

      O tempo esteve mesmo 5 estrelas! :)

      Beijocas

      Eliminar
  3. E eu podia lá deixar de vir ao teu blog, agora que entrei pela primeira vez, hoje, na Net dar-te os Parabéns por estes seis anos de vida blogueira??
    Pois, mas em menos de 24 horas vi que mudaste de tema! Assim sendo, vai ser tipo dois em um, ou seja, Parabéns e Parabéns...Eheheh
    Pelo aniversário do blog ( que venham muitos mais, recheados de bons e atractivos temas) e pelas excelentes fotos dessa bela passeata por praias algarvias!:)

    Há mais de 20 anos que não vou a Albufeira, imagino o quanto deve ter mudado. A última vez, as ruas do centro estavam todas escaqueiradas com as obras de recuperação da Vila.
    Entretanto, o que parece não ter mudado foram essas ruelas repletas de tudo quanto é trapos e souvenirs.:))
    A foto do melro está uma delícia! Não porque seja melhor do que as outras, apenas, sempre que vejo um melro, lembro-me de Guerra Junqueiro e do poema com esse nome! lol

    O melro, eu conheci-o
    Era negro, vibrante, luzidio,
    Madrugador, jovial; Eheheheh

    Beijocas, Teté e duplos parabéns!:)


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada pelos parabéns de vida blogueira, JANITA!

      Tens razão, normalmente não "acelero" nas postagens, mas desta vez calhou. Como geralmente escrevo à noite, costumo agendar a publicação para de manhã cedo. Não sei ainda se vou intervalar um dia, se aos poucos voltar ao ritmo "normal". Logo se vê... :)

      As principais ruas do centro de Albufeira estão atualmente fechadas ao trânsito, o que faz todo o sentido. Nos limites colocaram parques de estacionamento, que no verão também estão rodeados de tendinhas de vendedores ambulantes. (quer dizer, não sei se são assim tão ambulantes) Mas que a vila, já há alguns anos promovida a cidade, tem uma vida animada, também não restam dúvidas. :D

      Olha, lá tá, não conhecia o poema do melro e até me comovi!

      Beijocas!

      Eliminar
  4. Uma bela reportagem, Teté! 2500 fotos? Agora percebo porque ainda não me entendo com a minha máquina digital! Não tirei ainda nem 500, aida tenho muito para treinar.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, CARLOS! Bom, confesso que com a máquina anterior nunca tirei tantas ao longo dos anos, completou as 10.000 na manifestação de 15 de setembro do ano passado em Madrid. E nestes 9 meses, 6 dos quais foi única e exclusiva, tem mais cerca de 2000. Mas quer dizer, ando a treinar para fotógrafa amadora... :)))

      Beijocas!

      Eliminar
  5. Belas fotos, há aí umas bem boas para um certo desafio que alguém vai fazer dentro de alguns dias... :p

    Não sou muito adepta de Albufeira, a minha zona de eleição é Vilamoura, mas as praias do Algarve são quase todas bonitas :)

    Eu acho que a cegonha é a mesma, só mudou a pose eheh

    Ando atrás de um melro há 3 anos e não consigo fotografá-lo :(

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois há, MARIA! Mas também não ia facilitar a identificação assim tanto, não é? ;)

      Eu adoro Albufeira, até pelas memórias de infância que me traz. Já de Vilamoura não tenho praticamente nenhumas, só calhou irmos para lá um ano, nem me lembro da praia. E acho mais piada às tendinhas do que a centros comerciais, que isso temos nós aqui q.b. As praias serão para todos os gostos, mas a minha preferida continua a ser a da Rocha, esta é apenas a mais fotogénica... :)

      Cegonhas vi muitas no caminho, mas no topo do rochedo é gaivota. A Luisa também acredita que é a mesma... :)))

      É, pelo que percebi os melros são bem mais difíceis de fotografar que as gaivotas. Saltitam muito, quando não se assustam e levantam voo... ;)

      Beijocas!

      Eliminar
  6. Como sempre belas fotos!
    Os melros, esses atrevidotes, passam o tempo a depenicar as poucas cerejas da minha cerejeira e eu nunca consigo tirar-lhes uma foto digna desse nome! :)

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, ROSA!

      É os melros são um bocado "mexidos", pelo menos este saltitava que se fartava, vale que nem tinha uma cerejeira para depenicar e o distrair ainda mais... :)

      Abraço

      Eliminar
  7. Que belo passeio pelo Verão :))))
    Embora não goste nada de temperaturas muito altas confesso que já agradecia andar um calorzinho reconfortante!
    gostei muito das fotos.
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi mesmo, PAPOILA! :)))

      Também não gosto de temperaturas muito altas, por mim tirava sempre férias em junho, que o tempo costuma estar mais ameno no Algarve. A água do mar é que estava fria demais para o meu gosto...

      Obrigada!

      xxx

      Eliminar
  8. Que saudades me fizeste da praia e do Algarve!
    Mas 2500 fotografias? E com uma máquina daquelas todas XPTO!
    Até me envergonho das minhas pobre fotografias tiradas com o telemóvel ou com a minha maquineta de 100 euros!...

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nesta altura do ano não estamos (quase) todos cheios de saudades de praia e de veraneio, GRAÇA? :)

      A máquina está longe de ser profissional, mas já é muito boa para uma "fotógrafa amadora" como eu - pelo menos, ando a treinar para isso. Em compensação, o meu telelé nem as tira, só serve mesmo para chamadas... :)))

      Beijocas!

      Eliminar
  9. Cá para mim essa gaivota mora aí sim, pois também a vejo sempre empoleirada nesse rochedo! :))
    As fotos estão um must. Quanto à quantidade tirada, digo-te que não tenho essa contabilidade feita mas uma coisa é certa, para conseguir uma foto razoável tiro "milhentas" que não prestam.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até que enfim que alguém me compreende, LUISA: numa média assim por alto, em 100 fotos devem sair umas 30 razoáveis e umas 3 realmente boas. Mas sem clicar e experimentar, nunca se chega lá. Com qualquer máquina... :)

      Eheheh, se calhar mora lá mesmo! :)))

      Eliminar
  10. Algarve… Algarve dos meus amores! : )
    Albufeira – chegou a ser a minha praia de muitos verões. Visitá-la sempre que estou em Portugal é um must. Mas o túnel já não é o mesmo. Perdeu totalmente a sua graça. Lembras-te quando tinha as lojinhas das lembranças, das revistas e jornais, das bóias, das bolas de praia e em frente a gelataria?
    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também adoro o Algarve e especialmente Albufeira, CATARINA! Mais pelas recordações de outros verões do que pelo que é hoje em dia, completamente virada para o comércio.

      E concordo contigo em relação ao túnel, que está na mesmíssima desde o ano passado, inclusive com aqueles ferros/andaimes/redes no interior, que devem querer dizer que ali já caíram partes do teto. E sim, à entrada o colorido era completamente diferente, essas tendinhas devem ter sido mudadas para outras zonas. Mas não tem a mesma graça...

      Abraço

      Eliminar
  11. Albufeira traz-me grandes, grandes memórias.
    Ui, ui !!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também a mim, PEDRO! Ui,ui, ui... :)))

      Eliminar
  12. Magníficas fotos!
    Querida Teté, antes de mais, parabéns por mais este anito! É um prazer vir aqui!
    Se ainda não mandei a foto é porque ainda não encontrei "a tal". Pode ser que ainda aconteça até dia 21.:))
    bji gde

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O tempo passa rápido, mão é, NINA? ;)

      Espero que descubras "a tal" até dia 21, mas também não é preciso grande sofisticação... :)))

      Grande beijoca para ti!

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Oops, querem ver que sou a única que tenho fotos tremidas, desfocadas e/ou mal centradas, sem falar em cabeças cortadas, RAUF?!? :)

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)