terça-feira, 16 de março de 2010

LISBOA, EM TONS DE AZUL...

... tem outro encanto! O Tejo e a margem sul...

... e o milenário Castelo de São Jorge - no topo de outra colina - podem ser avistados no miradouro de São Pedro de Alcântara, junto ao elevador da Glória, muito próximo do Bairro Alto, onde entre jantares de fados e guitarradas os turistas prolongam as noites...

O espaço divide-se em dois pisos, basta descer a escadaria:

O inferior é menos movimentado e arborizado, nos canteiros ainda não despontam flores, mas, em contrapartida, abundam bustos de figuras proeminentes da História. Embora alguns tenham desaparecido do alto da sua peanha ou a pedra já tenha sido parcialmente corroída pelo tempo, tornando difícil a identificação da personagem...

Luis Vaz de Camões está lá, sem sombra de dúvida!
(conseguem ler a inscrição?)

De volta ao piso superior, grupos de idosos distraem-se em torno das mesas, disputando animados jogos de sueca ou de bisca. O bar-esplanada também tem movimento de clientela variada.

O serviço é lento, os jovens baristas demonstram pouca experiência no atendimento, nada que não se resolva com a prática. À sombra o frio faz-se sentir, está na hora de partir!

Um último olhar alcança toda a beleza da cidade, em recantos que os próprios lisboetas por vezes desconhecem...


Fotografias não editadas.

24 comentários:

  1. Olá, estive no castelo de S. jorge, em menina, viemos cá de férias, talvez com 16 anos, andei com os pais e amigos por lá, tinha pavões lindos, amei aquele local, nunca mais lá voltei, quem sabe em breve passe por lá.Um abraço apertadinho, laura

    ResponderEliminar
  2. As colinas de Lisboa dão à cidade uma enorme beleza paisagistica e as fotos estão bem "conseguidas".
    .

    ResponderEliminar
  3. Tons de azul? Vejo por ali muito cinzento...

    ResponderEliminar
  4. tascos é que nem vê-los...

    ResponderEliminar
  5. já estive nessa zona 1 vez e gostei da vista!
    e as duas primeiras fotos fizeram-me recordar algumas que tirei mas as minhas foram tiradas do elevador de Sta Justa.

    ResponderEliminar
  6. E eu, que com a demolição de um prédio devoluto aqui ao lado fiquei com vista para o Castelo? Isso é que é qualidade de vista!

    E esse miradouro abriu de novo pouco antes de eu sair do Principe Real. Ainda lá fui passear uma vez ou duas, e também me debati a tentar perceber de quem seriam os bustos que ali repousavam...E acho que ainda não havia cafézito.

    beijocas

    ResponderEliminar
  7. MAIS LOGO, um novo capítulo da história de Alice.
    lá no,
    ... continuando assim...

    Aceito , e agradeço as vossas sugestões ... talvez a letra esteja pequena... talvez o blogue possa estar confuso.... talvez ... e talvez :)
    talvez nem gostem da história...

    Enfim...qualquer coisa, digam.
    até logo

    obrigada por seguirem, e bem vindo!!! a quem chega de novo !

    Bj
    teresa

    ResponderEliminar
  8. Ainda ontem andei por aí a passear. Do Rato ao Chiado, para aproveitar o sol e a temperatura amena que se têm feito sentir em Lisboa nos últimos dias.

    ResponderEliminar
  9. lindo, mas mesmo lindo, é o caminho de volta a Coimbra :D

    ResponderEliminar
  10. Tem outro encanto o Tejo e a margem Sul. Pois na primeira foto, ao fundo, bem ao fundo, e reparares bem, talvez vejas o zé a acenar, a dizer-te adeus.
    Depois mais abaixo no jardim de S. Pedro de Alcantara, enquanto olhas o Castelo, tens nas tuas costas o Vinho do Porto à tua espera e no próprio Jardim o menino "Ardina" um lindo símbolo de Lisboa, representando o trabalhador pequenito de outrora.

    um jinho

    ResponderEliminar
  11. Pois é, LAURINHA, mesmo vivendo em Lisboa também já há uns anitos que não visito o Castelo de São Jorge. Mas estou a pensar lá ir em breve... :D
    Beijinhos, nina!

    Tens razão, RUI, as sete colinas de Lisboa conferem uma maior beleza à paisagem da cidade. Percorrê-la a pé ou de bicicleta é que não é tão fácil... ;)

    Eheheh, RAFEIRITO, não disse que era exclusivamente em tons de azul, que a cidade exibe uma enorme panóplia de coloridos... :))

    ResponderEliminar
  12. Tascos até há muitos, REIZÃO, lá mais para o Bairro Alto... :e

    Pois, no cimo do elevador de Santa Justa também se tem uma vista magnífica, VÍCIO! (ainda me lembro dessas fotografias que tiraste...) :)

    Bom, suponho que essa vista é do sítio onde trabalhas, SAFIRITA, não da tua casa... :))
    Sim, fui visitar por saber que o espaço tinha sido remodelado, numa de cusquice! Os bustos, coitados, é que são mesmo para tentar adivinhar, um ou outro ainda se percebe quem são (letras sumidas e tal, mas dá), outros nem tanto!
    Beijocas!

    ResponderEliminar
  13. OK, TERESA, fica a nota...

    Temperatura amena, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA, só durante o dia, que ao final da tarde arrefece...
    Na zona do Príncipe Real é que as obras nunca mais acabam! :n

    Coimbra também tem os seus encantos, na hora da despedida, MOYLITO! =))

    ResponderEliminar
  14. Bem me parecia, ZÉ DO CANITO, que estava lá alguém a acenar da outra margem, mas não tinha a certeza se era para mim... :))

    É, a Cave do Vinho do Porto fica mesmo ali, desta vez não deu para a visitar. O ardina não ficou esquecido, também tirei foto, mas fica para uma próxima oportunidade. Aliás, só o tema do trabalho infantil de outras eras dá pano para mangas... ;)

    Jinhos para ti!

    ResponderEliminar
  15. Olha, foste colocar fotografias do pouco de Lisboa que conheço, pelo que passei de noite e de dia, magnífico sempre. ;) Gostei desse lugar, sim. E parece-me que depois deste inverno frio esqueci o muito calor que por lá passei, que ando com vontade de voltar.

    ResponderEliminar
  16. Das vezes que estive em Lisboa ainda não conheci o miradouro de São Pedro de Alcântara, nem o elevador da Glória, com muita pena minha. Espero que numa próxima visita não me escapem! São mesmo imagens em tons de azul, que eu não sei porquê gosto tanto! :))

    Nota: Sim já me tinhas dito que gostavas de lendas. Eu também gosto de as ouvir contar. :)*

    ResponderEliminar
  17. Uma oração para ti, para nós no meu cantinho.
    Beijocas
    Licas

    ResponderEliminar
  18. Gosto,gosto e gosto.É muito bom voltar e ver paisagens tão bonitas quanto estas.
    Beijo e cheiro!

    ResponderEliminar
  19. curioso tinha lisboa como branca... vá-se lá saber porque

    mas não, é azul... o estuario e o ceu de lisboa... há poucos...

    é bom partir mas quando se chega de avião... é bom regressar

    abrazo serrano

    ResponderEliminar
  20. E como se esquecem rápido esses calores de Verão, quando o frio aperta, SUN! :D
    Quando voltares a Lisboa, não te esqueças de me dar um toque, OK? ;)

    Estes tons de azul depois da longa invernia souberam lindamente, TONS DE AZUL! :)
    E pronto, já imaginava que gostavas do colorido... :))

    Ah, LICAS, sabes que orações não são muito comigo, amiga...
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  21. Eheheh, bem sabia que ias ficar tocado, MOYLITO! :D

    Bem sei que na tua cidade há paisagens igualmente maravilhosas, KÁTIA! Mas é sempre bom relembrar que elas existem em todos os cantos do mundo, né? :))
    Beijinhos e cheirinhos para ti!

    Tens razão, MIXTU! Sabe bem partir à descoberta, mas o regresso à nossa terra também é delicioso... :)
    Abrazo citadino!

    ResponderEliminar
  22. Por estranho que possa parecer, tenho saudades de Lisboa.
    De acordar de manhã a rogar pragas a tudo o que mexe na cidade.
    Dos homens do lixo a fazerem STOMP às 3 da manhã.
    Do corre corre do metro.
    Tenho saudades de quando lá morava.
    Ponto.

    ResponderEliminar
  23. Também imagino que sim, FAUSTO!

    Uma grande cidade tem vantagens e inconvenientes, o corre-corre no metro e a barulheira dos homens do lixo de madrugada são alguns destes últimos, mas há uma variedade de escolha muito maior em actividades culturais ou de lazer, para além de uma oferta maior nas lojas. Isso e não andar a "tropeçar" sempre em alguém conhecido parece-me vantajoso... :D

    As pessoas "enraízam" nos locais onde vivem mais do que gostariam! ;)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)