segunda-feira, 5 de maio de 2008

EFEITO BORBOLETA

O esvoaçar de uma borboleta, num qualquer recanto do planeta, pode gerar uma catástrofe natural em qualquer outra parte do mundo? Não sei! Este é só um aspecto da "teoria do caos", no que tem de mais nefasto.

Sei, de antemão, que os miseráveis não se revoltam, porque a sua questão é sobrevivência! Os mais queixosos costumam viver de "barriga cheia": não passam sem o seu belo carro, aparelhagens XPTO, roupas de marca, então sem telemóvel topo de gama é um stress...

Faz-me confusão que existam adultos que só giram em volta do seu umbigo, "ocupados" com trivialidades destas, quando o caos está em vias de se instalar! Na prática, não em teoria!!! Por uma qualquer razão de mercado, economicista, de bolsas ou coisa, os produtos alimentares vão subir brutalmente. Em Portugal, como em todo o lado! E como será naqueles países mais pobres, em que as guerras e a fome já grassam abundantemente???

Quando for grande quero ser borboleta, para voar à volta da chama sem me queimar...

Foto daqui.

24 comentários:

  1. eu borboleta demais (hoje)... uma excelente semana, e um grandeeeeeeee voo

    ResponderEliminar
  2. E sendo tão efémera a vida da borboleta, saberá ela aproveitar melhor o tempo, pois nem umbigo tem.

    ResponderEliminar
  3. "Por uma qualquer razão de mercado, economicista, de bolsas ou coisa, os produtos alimentares vão subir brutalmente."

    Sabes qual é a "qualquer razão de mercado", Teté?

    Chama-se ESPECULAÇÃO!
    Pura e dura e conduzida pelos filhos da p. (aqui não posso utilizar o calão) dos capitalistas ortodoxos.

    ResponderEliminar
  4. vivemos no mundo do eu e enquanto não se perceber, ou melhor assimilar que somente como nós sobreviremos já não existiram borboletas, ou flores, arvores, vento..nada para despoletar reacções ou mudanças.
    Bom texto!

    ResponderEliminar
  5. Estou inteiramente de acordo contigo....eu em vez de borboleta gostava mais de ser um lindo passaro, para voar de galho em galho sem ter de me chatear com tanta falsidade, egoismo, egocêntismo...
    "Em terra de cegos quem tem olho é rei"...é a lei que impera nos paises pobres e somos nós os ditos civilizados, livres, democratas que causamos o caus...
    Faz como a borboleta voa e sonha sem pensar muito para que a tua semaninha corra bem.
    Beijokitas

    ResponderEliminar
  6. É, INÊS, o fim de semana prolongado, às vezes, acarreta esse efeito... borboleta!
    Boa semana para ti também!

    Pois, SUN, mesmo que tivesse biguinho, devia ser tão pequenino que só dava para ver ao microscópio... Daí também o tempo ser efémero, até para peneiras... (`_^)

    CAPITÃO, vamos por partes: aqui podes dizer o que te apetecer!!! Capitalismo, especulação, globalização, a merda é toda a mesma, mas o que indigna é que quem paga (com a própria vida) são sempre os mesmos pobres coitados de sempre!

    ResponderEliminar
  7. CARVOEIRITA, às vezes penso se este "suicídio" da humanidade é calculado, ou se simplesmente é ignorado, por se pretender "tapar o sol com a peneira". "Suicídio" aqui no sentido das gentes que morrem hoje à fome, como no futuro do planeta, que não vai dar espaço à sobrevivência...
    Jinho!

    Civilizados, livres e democratas era bom, PARISIENSE! Duvido dessa civilização, liberdade só aparentemente (com máquinas de propaganda a funcionar, para dar lavagens ao cérebro ao pessoal, torna-se bem condicionada) e democracia... pois... o Bush não ganhou as eleições presidenciais com MENOS votos que o Gore???
    ÀS vezes temos mesmo de nos alhear um pouco da realidade, para não darmos em doidas...
    Beijokitas e boa semana para ti!

    ResponderEliminar
  8. Parece-me que isto é um mal que já vem dos miúdos de agora...cada vez mais preocupados com o telemóvel XPTO, as roupas desta marca e daquela porque conferem este ou aquele estilo...e isto é um processo que tende a agravar-se...

    Esta questão da subida dos preços a nível dos alimentos é deveras preocupante. No outro dia estava precisamente a pensar que os alimentos levam uma boa maquia do ordenado se formos a fazer as contas no final do mês. A alimentação é cara. Já é cara...agora com um aumento ainda mais cara vai-se tornar...parece-me que isto da teoria do caos , como tu dizes, passa para além da teoria...onde será que andou a bater as asas a borboleta?!

    ResponderEliminar
  9. Os mais queixosos são os que em principio não deviam. Mas enquanto os outros já estão habituados, aqueles receiam o seu mundo que se possa desmoronar.

    Que vem aí maus tempos, não tenho qualquer dúvida.

    ResponderEliminar
  10. é desta que vou começar a ir apenas ao LIDL...os alimentos aumentam, tudo aumenta, mas os salarios não, até que descem...

    ResponderEliminar
  11. Olá

    Porque gosto do teu blog... porque considero que dizes o que pensas sem tabus... porque me pareces uma pessoa preocupada com a qualidade de vida no nosso planeta.. nomeei-te para o Prémio da Liberdade.. Quando puderes passa pelo meu blog.. Sei que não sou a única a nomear-te mas mesmo assim...

    Um beijinho

    ResponderEliminar
  12. Infelizmente conheço bastante gente que só olha para o seu umbigo...
    Tenho andado tão angustiada com as notícias... quem diria que iriamos viver tempos destes...

    ResponderEliminar
  13. quando na maior nação do mundo se começa a racionar o arroz...

    Eu acho que a malta, e incluo-me, claro, ainda não percebeu muito bem a dimensão do que aí vem...
    Sorte mesmo a das borboletas, que às vezes só vivem 24horas, e não têm tempo para se aperceber da mudança do cenário...

    ResponderEliminar
  14. SU e com quem é que os miúdos aprendem??? Sim, também com os colegas e amigos, mas não só...
    Esta borboleta deve ter "batido asas" numa Bolsa de Valores...
    Se para nós já está cara, como é que aqueles pobres, a viver em países paupérrimos e em guerra, vão conseguir sobreviver???

    CARLOS II, já somos dois, sem dúvidas! Não sei se alguém se habitua a viver na miséria! O que me parece é que quando se cai para esse lado, depois não há força para lutar por algo mais do que a própria sobrevivência...

    Xi, VAN, é isso mesmo: tudo aumenta, menos os ordenados! (isto já para não falar dos despedimentos de malta de "meia idade", trocados por estagiários ou trabalhadores mais baratinhos, numa altura em que são novos para a reforma e velhos para arranjar novo emprego)!

    ResponderEliminar
  15. mas o problema é que não há nenhuma que escape e essa é uma lei da natureza e parece-me que estamos todos a metamorfosear-nos e é a própria chama que vem ter connosco...

    ResponderEliminar
  16. 4EVER... OR NEVER, já passei pelo teu "cantinho" e já agradeci! :)
    Obrigada e jinhos para ti!

    INÊS, para o seu umbigo, e para o "valor acrescentado" que têm com aquilo que possuem, mesmo que seja só para "inglês ver", não?
    A mim indigna-me mais do que me angustia...

    SAFIRA, a dimensão do que aí vem, não traz boas novas para (quase) ninguém... Nem para povos paupérrimos, nem para o povo ou classes médias de todo o mundo, só um enriquecimento sem causa para uns quantos especuladores... capitalistas... sei lá, uns gajos desses!
    A ideia de ser borboleta era essa, 24 horinhas aí a esvoaçar, sem grandes preocupações, porque o "day after" já não é da sua conta!
    Obviamente, não consigo...

    ResponderEliminar
  17. MOYLE, o problema é que andamos (quase) todos a "borboletar", como se não existisse amanhã, em exibições de vaidade, quando há gente a morrer de fome em todos os cantos do mundo...

    Se já agora é grave, com a subida de preços dos alimentos vai ser caótico!

    ResponderEliminar
  18. eu gostava de ser uma vespa pra mandar ferroadas!

    ResponderEliminar
  19. VÍCIO, pois, se calhar também era uma boa ideia... ;)

    ResponderEliminar
  20. eu gosto muito da teoria do caos... acho que ja fiz um post sobre ela na outra residencia (aquela que fechou ja ha uns tempos)
    essa gente que esta habituada a ter tudo quando se ve privada de algo é impressionante, parece que cai logo o carmo e a trindade, que é o fim do mundo e, as vezes, foi so porque nao conseguiram comprar aquela camisola ou aquelas calças. abomino :\

    olha que as borboletas vivem pouquinho tempo :x

    ResponderEliminar
  21. Já sabes que borboleta é um bichinho que gosto--segundo já comprovou em meu blog--quanto ao que escreveu me abstenho de comentar em longo texto.O mundo está assim e mesmo que temos imensa vontade de mudá-lo será sempre uma gota no oceano--Embora sempre haja uma Teté,pronta a discutí-lo o que já é um começo--
    Beijo!

    ResponderEliminar
  22. Ah! E sim,sei que o dia da mãe aí é antes daqui(que é no segundo domingo de maio).

    Então,um abraço pra ti por ser mãe,embora eu ache que esses dias, são todos os dias.

    FELIZ HOJE!
    :)

    ResponderEliminar
  23. KÁTIA, todos temos direito a indignar-nos, não é??? E fingir que estes países com fome e em guerra não existem, é aviltante!!!

    Ah, então é já no próximo? E a tua filhotinha está indo bem?

    Dia da Mãe, do Pai, da Criança, são todos mesmo... mas os mais idosos ligam muito, querem sempre reunir o clã... :)

    ResponderEliminar
  24. Xi, FAUSTO, ultrapassei-te sem querer!

    Também abomino gente dondoca, normalmente invejosa, porque quer ter isto, aquilo ou aqueloutro. Que se endivida para "parecer" e não ficar atrás do vizinho do lado!!!

    Detesto futilidades dessas, especialmente com tanta gente carenciada no mundo...

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)