sexta-feira, 9 de maio de 2008

AS PALAVRAS SÃO COMO AS CEREJAS?

Foto de Francisco Oliveira, daqui.

"Quem escreve muito não lê, quem lê muito não escreve!" foram as sábias palavras que um amigo me revelou há anos.

Se as tivesse lembrado na altura certa, escusava de ter embarcado numa aventura entre leitura e escrita, cujo saldo foi negativo: li imensos artigos daqui e dali, consultei livros, investiguei na net, mas o resultado final (do post) assemelhava-se a uma manta de retalhos sem nexo, num tema que me é muito querido. Quase em plágio, porque não "desligava" das palavras lidas ...

Excesso de informação atrapalha, na hora de passar ao teclado. Se conduzida em simultâneo, evidentemente! E pronto, o assunto ficará para depois, com mais calma e tempo para organizar ideias. Afinal, qual era a pressa???

Hoje provei as primeiras cerejas desta Primavera... e souberam-me que nem ginjas!

32 comentários:

  1. Se a intenção era saber a ginja, porque é que não foste logo directamente a uma garrafa de ginjinha, em vez de estares com essa trabalheira de cuspir caroço????
    ;o)

    ResponderEliminar
  2. Sim tenho de concordar. Agora ando numa fase de ler muitos livros, uns atrás dos outros e por isso tenho escrito pouquíssimo.

    Provei as primeiras cerejas exactamente no dia 4 de Maio e trouxe-as da feira da "Festa das cruzes", em Barcelos. Estavam deliciosas! :)
    Beijinho e este fim-de-semana vai mesmo a Beja ao Festival de Banda Desenhada, pois vale bem a pena! Eu talvez não possa estar por lá, mas se me for possível estarei no Domingo.

    ResponderEliminar
  3. As palavras são mesmo como as cerejas....uma parte guardamos e a outra deitamos fora....hihihihih

    Cerejas...hum...Eu tenho 6 cerejeiras e elas ainda só estão a pintar....ainda não comi nenhuma porque o que eu gosto é de subir em cima de umas escadas e comê-las directamente da arvore.....nem imaginas como sabe bem!!!!!!

    Beijokitas e bom apetite.

    ResponderEliminar
  4. Ah, fizeste-me água na boca. As da minha cerejeira ainda estão verdes e quando estiverem maduras antes as comerão os pássaros. Bem por eles que sabem o que bom.

    ResponderEliminar
  5. Ah, sim! Cuidado com o colestrol.

    Bem,é verdade, excesso de informação só atrapalha. Não vivemos hoje num mundo da informação!? E o que vemos cada vez mais é gente desinformada. Principalmente nos mais jovens. A última que ouvi é que o 25 de Abril era a data da independência de Portugal. Está bem, podem dizer que a culpa é do ensino,etc. e tal e que a informação que nos oferecem é lixo. Mas, nunca se editou tantos livros em Portugal como agora. Não dizem que são os jovens quem consome mais internet. Então o que se passa?

    Pois, excesso de informação faz mal. As cerejas se forem consumidas diariamente, também peca por excesso.

    O melhor é seleccionar a informação, escrever sempre. Se não existir tema. Com tempo, uma ideia boa é copiar a biblia. Ainda por cima com ensinamentos preciosos.

    Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
  6. Venha de lá antes a ginjinha... Isso de cuspir é uma porcalheira!

    ResponderEliminar
  7. E porque será que não me lembrei disso, SORRISOS EM ALTA?
    ;o)

    Quero ver se vou, mas não será este fim de semana. O Festival não é até dia 25, TONS DE AZUL?
    E sim, ando com leituras em atraso...
    Jinhos!

    Pois, PARISIENSE, estas eram espanholas, que eu não tenho cerejeiras no 6º andar... :)))
    Empoleirada em cima de uma árvore, não sei se seria boa ideia, que tenho faltado aos treinos... :P
    Beijokita e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  8. CAPITÃO, com ou sem elas? :)
    Bom fim de semana!

    SUN, estou a ver que há aqui uma data de sortudas, com as suas próprias cerejeiras... (`_^)
    Mas para os pássaros as comerem???

    Copiar a Bíblia, CARLOS II? Ná, não faz o meu género! Nem copiar, nem escolher a Bíblia para o efeito.
    Essa da data da Independência ser a 25 de Abril também vi em vários locais...
    Bom fim de semana para ti também!

    Olha, não sei se tenho ginjinha que chegue para tantos candidatos, PSYCHO_MIND... ;)

    ResponderEliminar
  9. sortuda. pêssegos já cá moram mas cerejas népias...

    ResponderEliminar
  10. é obvio que sim!
    in antes de uma palavra inverto o seu sentido. alguma formação é sempre util!

    ResponderEliminar
  11. As palavras são como as cervejas?
    Então que sejam fresquíssimas!

    ResponderEliminar
  12. MOYLE estas eram espanholas e piscaram-me o olho no supermercado! Mas eram boas... :)

    Xi, VÍCIO, essa é demasiado rebuscada, porque aí o que quer dizer desinformação? :P
    Fica para ponderar durante o fim de semana... e que seja BOM, para ti!

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Estava a falar em cerejas, não em cervejas, OK, REI?

    Que por acaso também eram fresquíssimas. Tanto, que já eram (que o rapaz não descansou enquanto não acabou com elas)! :D

    ResponderEliminar
  15. Teté... agora fiquei com vontade de comer cerejas.

    ResponderEliminar
  16. Cerejas são boas se acompanhadas por bacalhau cru e línguas de gato.
    Para beber pode ser bagaço...

    ResponderEliminar
  17. Então, bom apetite, EM BICOS DE PÉS! :)

    REI, essas tuas misturas de petiscos e comezainas são algo estranhas...
    Bagaço, não obrigada! ;)

    ResponderEliminar
  18. ainda no sábado lhe dei na ginja eheh
    manda lá vir que também provo

    as vezes vale mais a pena fazer 2 ou 3 posts sobre o mesmo assunto, em que se foca um ponto em cada um do que falar de tudo ao mesmo tempo. é que corremos o risco de ficar com uma salada de fruta desensabida

    ResponderEliminar
  19. FAUSTO, estava a falar de cerejas, não de ginjinha!!! :)))

    Uma salada de fruta desenxabida, um texto longo e confuso, com arzinho de "manta de retalhos"... uma seca!!!

    Mas, no caso, não é necessário dividir em vários posts, basta sintetizar e centrar nos pontos fulcrais... ;)

    ResponderEliminar
  20. Adoro cerejas. tomara já que venham a muito...
    Quanto a ler, tive que fazer uma paragem devido ao intenso trablho e leitura tecnica; mas voltarei aos meus queridos e amados livros.
    Bjocas

    ResponderEliminar
  21. eu tambem falava das cerejas. ate nem bebo :P
    mas as vezes, so centrando nos pontos fulcrais, ficam coisas por explicar :x

    ResponderEliminar
  22. JASMIM, também volto sempre aos livros, dê por onde der!
    E de cerejas também gosto muito! :)

    Pontos fulcrais daquilo que se pretende transmitir, certo FAUSTO? (tenho horror a textos didácticos, que desses já tive a minha dose)
    Ah, não sabia que eras abstémio!!! Coitado! :D

    ResponderEliminar
  23. Afinal eram cerejas ou ginjas?
    ;)

    Beijocas

    ResponderEliminar
  24. Cerejas, GATINHA! A malta só começou a falar da ginjinha, porque parece que há bastantes apreciadores do líquido... :)))

    Eu também gosto de um cálice de vez em quando, mas aqui referia-me mesmo às cerejinhas, fruta de que gosto especialmente.

    Jinhos, nina!

    ResponderEliminar
  25. Ah as cerejas! Huuuummm são muito boas mesmo.E as palavras vindas com elas de igual sabor.

    Sempre bom ler seus escritos.

    ResponderEliminar
  26. Gracias, KÁTIA! Pelos vistos não sou a única apreciadora das "vermelhinhas"... :)

    ResponderEliminar
  27. Epá...ainda não provei as cerejas sequer...na árvore do quintal do meu pai ainda só há as flores...e bem bonitas, por sinal!!

    É verdade...às vezes queremos dizer tantas coisas e parece que as palavras ficam engarrafadas como em hora de ponta no trânsito da escrita!!

    ResponderEliminar
  28. Epá SU, esta tua frase das palavras engarrafadas está o máximo...

    Estas cerejas suponho que vêm do sul de Espanha!

    ResponderEliminar
  29. aaaaaaaaaaaaaaaaah, não vale não vale, eu ainda não me fui às jinjas!!!!!!!!! aaaaaaaaaaaaaaaaaah ;-)


    pois, sabes que eu tenho o memso problema...pesquiso, pesquiso e depois fico entupida com o excesso de informação...

    ResponderEliminar
  30. Olha eu acabei por não ir, mas o meu mano disse-me que o festival estava muito bom! Sim estará por Beja até dia 25 de Maio. :)

    ResponderEliminar
  31. Pois, VAN, suponho que acontece a todos! Excesso de informação entope!!! :)))
    Ginjas ainda não vi, só cerejas, nham, nham...

    Olha, TONS DE AZUL, sou capaz de dar lá uma saltada no próximo Sábado... :)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)