sexta-feira, 16 de maio de 2008

DE VOLTA A CASA

A intenção era festejar aqui, o regresso da Laurinha à sua casa, desejando-lhe uma rápida recuperação, após duas cirurgias complicadas...

Não sei escrever poesia, desentendo-me constantemente com a informática, mas aprendi muito contigo, nina das Résteas! Em amizade, mesmo que em formas de estar e viver diferentes (em quase tudo, não é?)

Admiro a tua fé (que não partilho), a tua maneira de amar, a tua força para enfrentar a Vida, a tua capacidade de recordar, mas, acima de tudo, essa tua enorme sinceridade!!!

Mesmo que a festa não seja exactamente a que tinha programado (ai, ai...), levanto a taça de champanhe, para um grande:

TCHIM-TCHIM!

Um óptimo fim de semana para todos!

25 comentários:

  1. Eu brindo com todo o prazer!
    Mas não com champanhe, por favor...

    Bom fim de semana, Teté!

    ResponderEliminar
  2. Oh, CAPITÃO, que não seja por isso... uma aguardentezita, vai?

    Igualmente para ti!

    ResponderEliminar
  3. acho que não devias beber aquilo!
    tem aparencia de estar sem gas e isso não deve ser muito saudavel!

    bom fds

    ResponderEliminar
  4. É só para brindar, VÍCIO, que também prefiro uma cervejinha... :)))
    Bom fds para ti também!

    ResponderEliminar
  5. Aguardente só após as refeições.
    E como acabei de almoçar, venha ela, obrigado. :)

    ResponderEliminar
  6. Brindo também à tua orça Laurinha!

    ResponderEliminar
  7. Bom proveito, CAPITÃO! ;)

    ANINHAS, tchim-tchim!

    ResponderEliminar
  8. Eu tambem brindo....tchim, tchim
    Adoro champagne e se fôr muito é que interessa....ahahahahahh
    uma parisiense a dizer muito champagne.....claro que o que eu queria era que fosse francês e bom.....mas tambem vai do outro, se é para fazer tchim, tchim ao regresso da laurinha.

    Beijokitas e um excelente fim de semana.

    ResponderEliminar
  9. Oh, PARISIENSE, aqui no virtual, não havia de ser champanhe francês do bom? Claro que é!!! Tchim-tchim para ti também!

    Beijoquinhas e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
  10. Na verdade a Laurinha sabe que o melhor brinde é a generosidade do seu coração e a sua amizade. A bebida é o que menos importa.
    Saúde para a sua amiga.
    Um beijo!

    P.S.: Nenhum dos três melhores dicionários de português, editados no Brasil, descreve "cacoete" como um mau hábito. No entanto, deduziste certo, está mais para um tique, uma mania.
    De qualquer modo, mudei o termo para "mania", por ser mais conhecido.
    És uma presença mui querida no condado;)
    _____
    Veja você mesma:

    VERBETE: cacoete
    DESCRIÇÃO: (ê). [Do gr. kakoéthes, pelo lat. tard. cacoethe.] S. m. 1. Movimento ou contrações repetidas e involuntárias de músculos; tique: "encontrou o homem amarelo, .... aquele que tanto a intrigava com o seu cacoete de olhos piscos." (Xavier Marques, Jana e Joel, p. 96) 2. Hábito próprio de uma pessoa ou de um grupo; sestro, mania: "adotando cacoetes postos em moda de 1922 a 1930" (Graciliano Ramos, Linhas Tortas, p. 151)

    ResponderEliminar
  11. Ah, OLIVER, agora é uma questão de tempo, até se recuperar totalmente. Tenho confiança nisso!

    Bom, o meu dicionário já é antiguinho, não é nenhum suprassumo. Mas a palavra realmente não é muito usada por estas bandas, pelo menos nunca a tinha ouvido. Obrigada pela explicação!

    Também és uma presença muito querida aqui! :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  12. Olá!
    Ainda bem que a Laurinha está melhor...brindo a isso ;0

    Beijocas
    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
  13. Muito tocante o seu post, fiquei emocionada. Aliás, o seu blog todo é muito lindo.
    Espero que me visite e goste do meu blog:
    wwwrenatacordeiro.blogspot.com/
    não há ponto depois de www
    Um abraço,
    renata Cordeiro

    ResponderEliminar
  14. Estou como o capitão. Chamapanhe não se faz favor ;)

    Agora vou ao cantinho da laurinha (obrigado pelo aviso, que nao sabia :x)

    ResponderEliminar
  15. Brindamos todos, MJF!
    Beijocas!

    Bem-vinda, RENATA!
    Obrigada. Já lá dei um saltinho, mas ainda não tive tempo de ler com mais calma, por os posts serem tão extensos. Depois volto.
    Abraço!

    Então "serve-te" da bebida que mais gostares, FAUSTO! No virtual é tudo "à brava"... :)))
    Vai, que ela vai gostar de te rever...

    ResponderEliminar
  16. Ah ganda golada que eu emborcava agora mesmo...
    Obrigada linda nina. Quando falod e amar mesmo a quem não se conhece, isso é verdadeiro em mim, mesmo que depois de conhecer a pessoa se for o caso de me desiludir, eu sei contornar a situação...
    A minha fé com a tua idade ainda não era como a de agora, mas a montanha de dores e dissabores porque já passei isso sim, foi real e levou-me ao que ainda não partilhas e não acreditas. Isso nem importa nada, nada mesmo, só precisamos todos de nos amar em abundância e verdade e o resto são tretas...cada religião é una e eu nem ligo a religiões e admiro-me quando me perguntam qual é a minha...sou de todas e de nehuma, sou como sou, como quero ser e ninguém me muda...sou amiga do meu amigo até mais não poder... ajudo no que posso, mesmo tendo pouco ainda consigo dar um ar da minha graça a quem tem menos... e de resto sou normal, apesar de surda que nem uma porta como se diz...consigo ouvir melhor do que muitos que ouvem ehhhhhh...
    E claro, um dia destes terei de ir a Lisboa e nem que seja ao pé da estação dos combóios..abraçar-te, a não ser que venhas a Braga por algum motivo e então a gente abraça-se para se ver olhos nos olhos coração com coração...Dizes-me so onde tás que eu vou ter contigo..ah, conduzo e vou buscar-te para minha casa, mais o teu Manel mais o filho...
    Amo a ti garota bem querida e de coração de ouro, já te senti na alma e por mais que digam..a tété é uma nina às direitas...
    Jinhos a ti e a todos e ainda vou ler os comentários, e ahhhh o champanhe caiu-me bem, que e lixe o comprimido...

    ResponderEliminar
  17. Ó Teté, estes homens que te visitam andam muito esquisitos...uma pessoa brinda nem que seja com champomy!
    Só conheço a Laura através de alguns contactos comuns da blogosfera, mas pelo carinho com que falas dela, e ela de ti, só pode ser uma pessoa especial.
    Um beijo grande, e um bom fim de semana

    ResponderEliminar
  18. és uma linda!!!
    Temos todos que dar muita força a Laurinha que é uma força da Natureza!!!
    beijinhos!!!

    ResponderEliminar
  19. Ai jasus, se eu fosse uma força da natureza já tinha o mundo como gostariamos todos...

    De ver sorrisos em todos os rostos
    De ver as mães ao lado dos filhos
    Sem terem de ir trabalhar
    de ver os nossos homens
    Felizes a nosso lado
    Sem nos quererm trair
    Sem nos fazerem sofrer
    E de ver todos alimentados
    De não saberem o que é a fome
    Toda a gente saudável
    E viveriamos todos os dias
    Um dia memorável
    Em gratidão e amor
    Ao Criador...

    Mas para isso é preciso
    Que o homem tenha dentro de si
    A semente do amor!...

    Qual força da natureza, sou a mais simples mortal e com uma vida lixada, mas não tarda dou-lhe a volta
    E isso acaba por nem ser nada!...
    Beijinhos às ninas e ninos todos que entram aqui e nos blogues onde também passo...
    laura..

    ResponderEliminar
  20. Obrigada anagu, a força vem mesmo de dentro e da alma e ajuda a puxar o que não nos deixa subir...
    É preciso muita força e muita vontade..E dizer que já passei por tanto e nunca tive sombra de uma depressão..ai essa não...ralho comigo e obrigo-me a ser mais sonhadora e menos realista pois ainda tenho quem me tente puxar pra baixo mas eu não deixo... e faço pensamentos dos bons e tento tento sempre passar para onde me sinta melhor...claro que tenho momentos de desanimo, mas duram apenas minutos...
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  21. capitão..aguardente é só para quando vai uma feijoada das valentes, ai sim, mas de resto aquilo sabe mal cumó caraças..na casa da minha avó fazia-se no alambique e eu já ajudei a afzer, do resto das uvas que sobram do vinho do lagar...que trabalheira sempre a por carqueja por baixo da maquineta e manter o lume aceso e fraco... mas não gosto de aguardente, nadica. Beijinhos.

    ResponderEliminar
  22. Também vou brindar a esta grande mulher corajosa!
    Tchim-tchim Laurinha!!!

    beijos

    ResponderEliminar
  23. LAURINHA:
    "Sou como sou, como quero ser e ninguém me muda...", olha lá, quem é que falou em mudar-te??? Nananinaná!!! Fica como estás e és, que por mim estás óptima! :)))

    Esse nosso encontro ainda há-de dar-se um dia, podes crer! Tu tens fé e eu tenho confiança... ;)

    Beijocas mil e continuação de uma boa recuperação (e rápida, se possível!)

    ResponderEliminar
  24. SAFIRITA, tens razão! Mas convenhamos que Champomy não é lá grande coisa... :D
    A Laurinha é especial mesmo!
    Beijoca e bom resto de fim de semana para ti!

    CARVOEIRITA, dar uma força sim, que mesmo as mulheres corajosas precisam saber que os amigos estão do seu lado. Mesmo que só virtuais!
    E quem é que foi visitar a nina, quem foi??? Ah!!! E a nina Parisiense também lhe enviou uns docinhos... :)))
    Jinhos!

    ResponderEliminar
  25. Pois eu acho que deves continuar a sonhar, LAURINHA!
    Da tua resposta ao Capitão, ficou-me essa da feijoada... da qual não sou grande apreciadora, mas agora deu-me apetite de uma...
    Ah, isto deve ser por serem quase horas de jantar... :)))

    Põe corajosa nisso, GATINHA!
    Um Tchim-tchim para ti também!!! :)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)