quinta-feira, 16 de agosto de 2012

LIVRE E RADICAL

Não alimento agressividades gratuitas! Mas quando uma mera opinião minha dá azo a discussão, promessa de traulitada (não a mim, bem entendido!) e ainda insultos em blogues alheios, a minha paciência acaba! E de vez, que nesse aspeto sou radical!

Lições de moral? Não dou! Mas aconselho todos que não apreciem receber opiniões contrárias às suas, na caixa de comentários, que optem pela respetiva moderação - poupava-se tempo, teclados e chatices de parte a parte. Pelo menos na parte que me toca, não volto a blogues onde me considerem persona non grata...

Navegar na blogosfera é bom e gosto muito! Livremente e em mares calmos, sem tempestades em copos de água, embora possa não se partilhar dos mesmos pontos de vista. Como é que se acaba com uma polémica inútil e desnecessária, com tendência a incomodar outros (blogues) amigos?

Fácil! Clique. Já está! (do mesmo modo - e como aviso à navegação - "varro" outros comentários insultuosos... as always!)

25 comentários:

  1. O que contas é uma situação bem desagradável.

    Recentemente deixei de ter opção Anónimo porque uma criatura resolveu armar-se em engraçadinha e deixar graçolas de extremo mau gosto, mas nunca insultando ninguém.

    À primeira vez geralmente respondo, mas avisando de que se o tom continua, elimino o cometário linearmente.

    Até hoje , tem dado resultado, felizmente ( com excepção do caso que relatei primeiro).


    Parece-me que há pessoas a não conseguirem aceitar opiniões diferentes e incapaes de discordar sem partir logo para a grosseria.


    Um abraço solidário deixo.

    ResponderEliminar
  2. Também não entendo essas guerras...

    ResponderEliminar
  3. Anónimo8/16/2012

    Como te entendo!
    Paz é a minha palavra de ordem. Talvez por isso tenha mudado tantas vezes de casa, para me ver livre de parvalhões.
    Nesta, curiosamente, tem estado tudo calmo.
    Também não suporto blogues onde é apanágio dos donos criar situações conflituosas. Vou lá uma vez, apenas.
    beijocas sem quezílias:)
    Nina

    ResponderEliminar
  4. o mais chato disso tudo é que falas do assunto e não deixas referencia aos locais...
    esta coisa anda tão morta que até dava jeito passar por lá para rir um bocado.

    ResponderEliminar
  5. Já me aconteceu estar a comentar um blogue que visito amiude, embora passe muitas vezes sem deixar comentário, e uma criatura comenta o meu comentário (que até era uma clara paródia) e também começou a mandar bitaites para gerar confusão em casa alheia. Donde, dei por mim a pensar que há muita gente desocupada que só tem um vislumbre de adrenalina quando arranja confusão. Falta de cházinho, é o que é. Como eu tenho muito que fazer e até tenho uma vida, como a maior parte dos bloguistas sãos, quero é distância dessa malta perturbada. Deus ma livre. Acho que fazes muito bem em clicar o mal pela raiz :)
    Bjs

    ResponderEliminar
  6. É precisamente desses blogues que gosto mais! Sou louco por desconstruir as verdades universais de certas pessoas. Depois canso-me e nunca mais lá vou.
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  7. Estou fora do contexto por isso não posso opinar!
    Seja como for estou solidária contigo porque somos todos e todas diferente, assim há que aceitar as diferenças que existem!
    Sou mulher de paz! :-))

    Abraço

    ResponderEliminar
  8. Minha querida Teté, eu não te considero persona non grata!!!

    Desculpa se te ofendi por causa do caso de Düsseldorf.

    Até a minha família (marido e filhos) acham que estou a exagerar, só que eles não são fãs do FORTUNA DÜSSELDORF-

    Confesso, eu que não gosto de dizer mal de ninguém, mas agora até estou a achar piada às minhas PICADAS no "ematejoca azul"!!!

    Beijocas amigas de uma fã do FCP e do Fortuna Düsseldorf!!!


    ResponderEliminar
  9. Eu acho é que se as pessoas são tão imbecis que se insultam por coisas sem importância, são elas que não merecem a importância que lhes amos, Teté

    ResponderEliminar
  10. Ah! já percebi. É o caso Luisão. É um caso banal no futebol, onde a ética não impera. Mas não venham com moralismos, vindos principalmente de clubes cuja história em Portugal é vergonhosa.

    ResponderEliminar
  11. Há pessoas que se escondem por detrás de um nome fictício e adoptam outra personalidade... ou melhor ou pior. Deixa os cães ladrarem... afinal, a caravana continua a passar.
    Abraço

    ResponderEliminar
  12. Aquela fotografia foi tirada na Praia do Alemão (aka Barranco das Canas)?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, CATARINA! Na praia de Arrifes, a mailinda nas fotografias... :)

      Eliminar
  13. Podemos ter opiniões contrárias, até acho que é saudável haver uma discussão de diferentes pontos de vista, mas sempre com respeito e nunca passar a insulto.

    "Os cães ladram e a caravana passa"

    ResponderEliminar
  14. Opiniões contrárias, às vezes mais inflamadas, são salutares e ambas as partes aprendem sempre qq coisa de novo, nem que a respeitar pontos de vista alheios. Outra coisa diferente é quando se começa a levar a "guerra" para casas alheias e com insultos à mistura. Não há desculpa e mesmo havendo, não se pedem, evitam-se. Especialmente no caso de uma pessoa como a Teté, que não merece esse tipo de tratamento. E digo-o já tendo tido conversas em que cada uma de nós está no pólo oposto da questão. Agora, insultar e ofender?.. calma lá.

    ResponderEliminar
  15. Bom amiga como deve ter reparado, e por razões alheias à minha vontade eu não tenho andado por aqui, portanto nem sei do que se trata. Mas a verdade é que o assunto não é relevante, pois em qualquer coisa que nós postamos deixamos a nossa opinião que é pessoal e não tem de estar em acordo com todos os que nos visitam. O que penso é que todos devemos respeitar a opinião alheia. Devemos aos outros o mesmo respeito que desejamos para nós. Parece que infelizmente há muita gente que não pensa assim, pelos muitos desabafos que vou encontrando nos blogues que visito.
    Um abraço e bom fim de semana

    ResponderEliminar
  16. Onde é que eles estão que eu vou-me a eles??? (medoooooo)

    Nunca me aconteceu e ainda bem, fujo dessas situações a sete pés e não sei se conseguia gerir uma situação assim...respeito tudo e todos e exijo o mesmo para mim...os blogues que visito diariamente, independente de irem ao meu ou não, são blogues (pessoas) de quem gosto muito, onde dou a minha opinião, onde brinco, se calhar vezes demais, mas onde vou em paz e de coração...

    No entanto há blogues onde nem sequer entro...não sei porquê, mas dá-me a sensação que se lá fosse e deixasse uma opinião contrária, as coisas poderiam dar para o torto...

    Beijinho :)

    *o Vício tem razão (assobiando) eheheh

    ResponderEliminar
  17. Eu sei, Teté, que este teu post nada tem a ver comigo, no entanto, também tivemos as nossas diferenças acerca do que se passou em Düsseldorf.

    Esta tarde o Luís Filipe Vieira encontrou-se com Peter Frymuth, o dirigente do Fortuna Düsseldorf, em Frankfurt, tendo ficado claro durante a reunião que o incidente em nada interferirá na amizade e na relacção institucional existente entre os clubes.

    Portanto que este incidente também não interfira na nossa amizade

    Abraço da amiga de sempre.

    ResponderEliminar
  18. Como sabe não modero comentários e, de vez em quando, aparece um ou outro parvo a querer armar confusão. Se estou para aí virado, respondo-lhe ,mas aviso logo que o diálogo termina ali. Normalmente desamparam a loja, mas há um que de quando em vez volta ao ataque.
    O que mais me entristece é ver por vezes diálogos acesos ( para além do razoável) entre comentadores. Nunca intervenho, mas fico um bocado machucado, porque a blogosfera para mim não é isso.
    Não sei a quem se refere, mas se a consideraram persona non grata em algum blog,fez muito bem em clicar e mandar dar uma volta a quem cometeu essa groseria.

    ResponderEliminar
  19. Não sei do que se trata, mas claro que é muitíssimo desagradável. Não ligues!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  20. Os Coelhos

    andam à solta

    ResponderEliminar
  21. Há pessoas assim, que acreditam ter sempre razão ou serem donos das verdades, não aceitando serem contrariados.
    Que se há-de fazer? Deixar passar o tempo (que dizem, tudo cura) e "arquivá-los"!(a inversa também é válida)

    Beijokas com os habituais sorrisos!

    §-os bonecos bem me enganaram!

    ResponderEliminar
  22. Agradeço os simpáticos comentários mas, como já referi, para mim esta "polémica" acaba por aqui!

    Bons sonhos para todos!

    ResponderEliminar
  23. Teté, cada vez estou mais convencida, que sou eu a delinquente a quem te referes neste post.

    Não achas que tenho o direito de saber o que te fiz, além da antipática resposta ao teu comentário?

    Por outro lado, não posso ser eu a quem te referes, porque não te mencionei, bem ou mal, em nenhum blogue sobre o caso de Düsseldorf.

    Teté, estou disposta a afastar-me da blogosfera, mas primeiro quero saber o que se passou, e no caso de não se tratar da minha pessoa, por favor, diz-mo.

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)