quarta-feira, 21 de abril de 2010

A RAPARIGA QUE SONHAVA COM UMA LATA DE GASOLINA E UM FÓSFORO

Por diversas razões, Lisbeth Salander resolve afastar-se da Suécia (e de Mikael Blomkvist) durante cerca de um ano. De visita a uma ilha até presencia um tornado (que não foi apelidado de "tromba d'água", só por não ser habitual na zona!), embora esse seja mero pormenor no segundo volume da trilogia Millennium, de Stieg Larsson, intitulado "A Rapariga que Sonhava com uma Lata de Gasolina e um Fósforo".

Porém, pouco depois de regressar à sua terra natal, torna-se suspeita de triplo homicídio. A perseguição policial que se segue - a par da de jornalistas e investigadores, na sua maioria convencidos da sua culpabilidade - dá o mote à acção, em que apenas Blomkvist e escassos amigos acreditam na sua inocência.

Se bem que o primeiro livro da série Millennium - "Os Homens que Odeiam as Mulheres" - tenha princípio, meio e fim, neste volume apercebemo-nos que ficaram algumas pontas soltas pelo caminho, que obtêm agora novos contornos e seguimento, encaixando-se como peças de um puzzle ao longo das suas 611 páginas.

Obviamente não se pretende revelar o final, que de final tem pouco (ou, enfim, é só parcial!), mas a conclusão de Lisbeth Salander (personagem baseada em Pippi Langstrump - aka Pipi das Meias Altas - da escritora infantil Astrid Lindgren, como se torna notório...) só pode ser uma: "Não há inocentes. Há apenas diferentes graus de responsabilidade."

Urgente, agora, é adquirir o terceiro volume desta leitura absolutamente viciante...

18 comentários:

  1. uma lata de gasolina, um fosforo e triplo homicidio?
    será que ela abriu uma churrascaria?

    ResponderEliminar
  2. Não, VÍCIO, mas andou lá perto... :e

    ResponderEliminar
  3. Tete, uaoooh, aliciante! ai jasus, a quantidade de livros que quero adquiri...tenho de fazer uma inspecção ao teu blogue e apontar tudo eheheh. :D

    vicio, looooooool! churrascoooo! :]

    ResponderEliminar
  4. Aí que inveja não ter tempo para nada neste momento.....nem para acabar de ler os livros que tenho na mesa de cabeceira.

    Continuação de boas leituras.

    Beijokitas

    ResponderEliminar
  5. Puxa, eu cá gosto de sonhos menos bem passados!

    Pipi das meias altas... Acho que andou comigo na escola primária!!!

    ResponderEliminar
  6. Quem tem sonhos desses ... é bem capaz de arranjar "culpas no cartório" ! rsrsrs
    .

    ResponderEliminar
  7. AAAAAAAAAAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHHHHHHH!!

    Estou a vinte páginas do fim do primeiro :)
    A Lisbeth é o máximo, é o que eu tenho a dizer.
    Não sei se faça o intervalo que queria e pegar noutro autor a seguir, se continuo na saga...
    dilema, dilema

    Beijocas

    ResponderEliminar
  8. A Feira do Livro de Lisboa está quase a começar, VANI, quem sabe se não podes dar cá um salto? Enfim, não é grande poupança nos livros, tendo em conta os outros custos, mas é só uma sugestão... ;)
    Quanto à trilogia "Millennium" é mesmo de ler para crer! :D

    Tu vais de férias para Paris e estás com "inveja" dos meus livrinhos, PARISIENSE?! Ai, ai... :))
    Beijokitas!

    Bom, quanto aos sonhos menos bem passados estamos de acordo, PAULOFSKI! :p
    Em que escola andaste? É que ela também andou comigo na primária... :D

    ResponderEliminar
  9. Nem eu, REIZÃO! Nem com bota, nem nada... ;)

    Não sei se a tradução do título é literal do sueco, RUI, que os títulos em inglês ou brasileiro são mais curtos. Mania das grandezas, é o que é... :D

    Eheheh, SAFIRITA, para mim não houve dilema nenhum: quero ler o seguimento e mainada!!! E continua a não haver...
    A Lisbeth é uma das personagens mais fantásticas de sempre no género policial! No meu modesto entender, obviamente... :))
    Beijocas!

    ResponderEliminar
  10. Agora deixaste-me perplexa: O personagem está baseado na Pippi Langstrum?! 8-o Essa sim que não esperava. Vou ter de ler... se algum dia termino a outra saga, a do Guerra e Paz.

    ResponderEliminar
  11. Já tinha lido/ouvido por aí, SUN, mas as semelhanças só começaram a parecer menos inverosímeis e até credíveis neste segundo volume.

    Suponho que vais gostar, apesar da enorme violência!

    De "Guerra e Paz" já tive a minha dose, por acaso numa época em que passava na TV uma série inglesa com o mesmo título, o que tornou a leitura mais fácil... :)

    ResponderEliminar
  12. nunca mais sai o filme (gostei mesmo muito do primeiro). vejo os livros à venda, tenho olhado para eles mas ando a controlar-me...

    ResponderEliminar
  13. Espero lê-los todos de uma assentada durante o Verão. Pelo menos estão em fila de espera, em cima da secretária...

    ResponderEliminar
  14. Tetê, eu li toda a trilogia. O livro é surpreendente e acho que ele escreveria mais um senao tivesse morrido.

    Olha, te respondi lá no Ematejoca a sua pergunta.

    Obrigada pela atencao

    ResponderEliminar
  15. Já li por aí que o primeiro filme segue a história muito de perto, mas que o segundo (de outro realizador) não é tão fiel ao enredo, MOYLITO! Suponho que já saiu. Mas antes de os ver quero ler a trilogia completa... :)

    É uma boa ideia, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA! Pelo menos não tem de se interromper tantas vezes a leitura... ;)

    Bem-vinda, GEORGIA!
    A série Millennium estava prevista para 10 volunes, mas o escritor morreu logo após entregar o terceiro. Há quem acredite que (pelo menos) o 4º pode estar praticamente terminado, mas a lei sueca decidiu atribuir os direitos de autor ao pai e irmão do escritor, ignorando a mulher com quem ele vivia há muitos anos e o processo tem-se arrastado nos tribunais suecos. Notícias de jornais e internet, evidentemente!
    A atenção foi devida à preocupação da minha amiga Teresa, do blog "Ematejoca Azul", em estar a ser involuntariamente incorrecta. Que ela não é, de todo!

    ResponderEliminar
  16. Ontem escrevi aqui um comentário, que não publiquei ao ver o meu link lá em baixo. Este caso arrasou-me os nervos e a Georgia continua não acreditar em mim, continuando a dizer que não sabe se isso acontece automaticamente ou o faço manualmente, como também me acusa de não reagir aos comentários. Entre os dois comentários e a publicação no blogue a acusar-me só passou 1 hora e eu não estou sempre agarrada ao computador. Continua a pensar que eu lhe queria roubar leitores e conteúdo. Neste momento já nem me importa.
    Vou fazer uma limpeza ao meu blogue e só vou ficar com os amigos virtuais que eu conheço e eles também me conheçam bem.
    Há muito tempo, que quando deixo aqui um comentário, vejo os meus links, mas sempre pensei que era uma coisa normal e quando a Georgia me acusou, eu nem compreendi a que ela se estava a referir. Agora já compreendi, vou chamar um técnico, pois estive toda a noite atentar e cá está um link aí em baixo. O que eu não compreendo é como ela recebe esses links, pois é raríssimo visitá-la e no outro blogue só fui lá duas vezes há imenso tempo, talvez mesmo há um ano.
    A quem não incomoda esses links continuo a deixar comentários até que um técnico trate do problema, pois eu tenho receio de fazer algo errado.
    Agradeço-te do coração por acreditares em mim e desculpa este longo desabafo - e quando acalmar venho falar SÓ de livros!

    ResponderEliminar
  17. Querida TERESA, percebi que ficaste muito nervosa com o assunto - ninguém gosta de ser acusado, sem perceber porquê - mas tudo isto me parece uma tempestade num copo de água!

    Não gostei da agressividade com que te acusou, como é óbvio nem todos somos peritos informáticos e muito menos temos de estar sempre atrás do teclado! É raro o dia que aqui não venho, mas muitas vezes só à noite.

    Por outro lado, é preciso entender que ninguém rouba leitores a ninguém! Quanto a conteúdos, pois há por aí uns quantos plagiadores, mas não têm nada a ver contigo! E acusar alguém disso, só por causa dos tais links, é absurdo! Donde se conclui que a Georgia também não percebe muito de informática, pois nem sabia que podia retirar essa configuração no computador dela. Sem "escândalo", nem acusação ou indignação - só com meia dúzia de clicks!

    Acho que perdeu uma boa oportunidade para estar calada, mas isso já é problema dela! Quanto a ti, não te amofines mais com esta historieta, que não vale a pena!

    Beijocas!

    Os tais links já deixaram de aparecer, mas como te digo nunca me incomodaram, nem os teus são os únicos!

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)