sexta-feira, 26 de agosto de 2011

AVES EMBLEMÁTICAS?

Fotografia de Ian Britton

Há perguntas às quais dificilmente conseguimos responder, sendo que nunca pensámos no assunto, mesmo que como mera trivialidade. Foi o caso de uma que circula no FB, tipo inquérito, como tantos que por lá passam: "Qual a ave que considera a mais emblemática de Portugal?" Bom, se tivesse lá a sugestão "aves raras", certamente que apostaria nessa. E não estava propriamente a referir-me à passarada...
Mas não! Na lista constavam apenas meia dúzia de exemplares da nossa fauna ornitológica, a saber: pombo, melro, pardal, cegonha, guarda-rios, gaivota, andorinha, flamingo, milhafre, águia do Benfica e galo (de Barcelos). Estes dois últimos certamente acrescentados pelos engraçadinhos do costume, ou seja, as tais "aves raras"!   
Brincadeira é brincadeira, nem sequer é para levar a sério! Mesmo assim não consigo associar Portugal a qualquer ave, embora identifique algumas com regiões nacionais, eco-sistemas em perigo, contos infantis, simbolizando outros países ou até outras linhas de pensamento. Mas fica a pergunta: "O que responderiam?"
Entretanto, aproveitem o voo para um...

EXCELENTE FIM DE SEMANA!!!
 

26 comentários:

  1. Para além da óbvia água do Benfica, eu incluiria nessa lista os corvos de Lisboa e os abutres de São Bento.

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  2. Bom fim-de-semana :)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. "Aves raras" conheço algumas :d

    Não sei o que responderia...

    O Rafeiro foi um cadinho irónico, mas eu também ia falar dos corvos de Lisboa e dos pombos que há aos milhares principalmente nesta cidade...são tão inteligentes que até atravessam a estrada na passadeira, eu já vi =))

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  4. Mas a águia do estádio da luz é espanhola, não é!?

    Respondendo à tua pergunta e atendendo à situação do aviário nacional diria que é o pato com laranja!

    ResponderEliminar
  5. Agora ao ler o Paulofski, lembrei do frango, deve ser a ave mais emblemática, pelo menos à mesa dos portugueses =))

    Bom fim de semana e beijinho :)

    ResponderEliminar
  6. Quando associo Portugal a aves (ou vice-versa!) penso em andorinhas emboram estas não permaneçam no país o ano inteiro. Eu acrescentaria rolas e pintassilgos.

    ResponderEliminar
  7. Responderia imediatamente andorinha, pelas minhas raízes.:)

    ResponderEliminar
  8. O bicho da madeira não voa, pois não? :-) Então talvez me incline para as aves de arribação que poluem os gabinetes e a quem chamam especialistas.

    ResponderEliminar
  9. Duas espécies a considerar, RAFEIRITO, embora os últimos não tenham assim muitos fãs entre a população! :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  10. Beijocas para ti também, ISIS! :D

    ResponderEliminar
  11. Quem não conhece, MARIA?! :)

    Os pombos já estavam incluídos na lista, mas olha que vejo muito pombo "passado a ferro" por aí e não é nas passadeiras... =))

    Sim, à mesa o frango ganhava de certeza! :D

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  12. Não sei, PAULOFSKI, mas se for não é para admirar, já que se fala mais espanhol do que português na equipa... :D

    Hummmm... pato com laranja lembra-me sempre um filme italiano que deu grande polémica ao ser exibido na RTP! Porque aparecia uma mulher em topless, ahahaha! =))

    ResponderEliminar
  13. É engraçado que eu também, e a maioria das pessoas idem, que era a resposta mais dada, CATARINA. Mas não é muito lógico, já que pombos, pardais, cegonhas, gaivotas, etc. e tal são mais frequentes... :))

    Rolas antigamente viam-se muitas, hoje em dia com o excesso de pombos quase nem se notam... ;)

    ResponderEliminar
  14. Franguinho no churrasco cai sempre bem, OOPS, mas o inquérito não estava virado para preferências culinárias... :D

    ResponderEliminar
  15. Parece que tu, eu, a Catarina e a maioria das pessoas, NANI! Será porque em miúdas nos ensinaram que é com elas que começa a Primavera? :))

    ResponderEliminar
  16. Pois é, CARLOS BARBOSA DE OLIVEIRA, mas essas aves de arribação são tão embirrantezinhas com aquela bazófia toda de serem grandes especialistas... :)

    ResponderEliminar
  17. Andorinhas e melros. Um bem haja ao Secretário de Estado das Florestas que retirou esta última ave da lista das espécies cinegéticas. De acordo com a portaria nº147/2011, agora revogada, cada caçador podia caçar 40 melros por dia.
    Claro que há aqueles "Melros" de gabinete. Esses podem ser caçados à vontade.

    Beijinho

    ResponderEliminar
  18. Anónimo8/27/2011

    Aves raras, por incrível que pareça, é o que há mais.
    Também sou da tua opinião e acho que a águia do Benfica é para debicar noutro tipo de passarada.
    Beijinhos Tété.
    KIM

    ResponderEliminar
  19. Absolutamente de acordo, SONHADORA! Não fazia sentido nenhum essa caça ao melro e as boas medidas de qualquer governo (quer se concorde com ele no geral ou não) devem ser evidenciadas! :)

    Quanto aos outros "melros", esses, mais tarde ou mais cedo, acabam caçados... :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  20. Infelizmente, KIM, "aves raras" não faltam por aí... :P

    E sim, deixem lá a águia do Benfica sossegadinha, que não tem nada a ver com esta história! :D

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  21. Pois, MOYLITO, existem muitos... :D

    ResponderEliminar
  22. Eheheh, como adivinhava que "votasses" nas andorinhas, ANA?!? :D

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)