quinta-feira, 25 de outubro de 2007

O OUTONO DÁ SONO!

Muito! Demais!

Especialmente quando vamos buscar uma sobrinha à escola, meio adoentada, queixando-se de dores de cabeça – esquecendo-se de especificar que deu uma turra não sei onde.

Especialmente quando o server faz “greve”, sem desígnio nem hora marcada.

Especialmente quando o abrunho de um subempreiteiro qualquer corta os cabos de electricidade, que abastece a energia de toda uma zona bastante populosa.

Especialmente quando vamos ao cinema e o filme a que queríamos assistir já saíu de cartaz.

Especialmente quando familiares e amigos se encontram amorfos, saudosos de tempos anteriores, que não voltam mais.

Especialmente quando damos conta da nossa própria incapacidade de fazer rir ou sorrir, quem não tem vontade para tanto.

Uhhaaar!(bocejo) Fui atingida por uma seta (ou mosca) que só me leva a dormir na forma...

-----
Por incrível que pareça, nada deste texto tem a ver (não, não é haver!) com companheiros blogosféricos. Apenas uma situação local!

27 comentários:

  1. Também há o céu azul, e o sol radioso que nos ajudam a levantar da cama bem dispostos

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Comes umas sopas de cavalo cansado e ficas apta num instante!

    ResponderEliminar
  3. Deixa la, ha-de vir pior, o inverno :(

    ResponderEliminar
  4. olá!
    Era minha intenção escrever no m/blog sobre o Outono que é uma estação para mim também "chata", desde miudo. A nostalgia (não sei de quê.) Os dias mais sombrios e curtos. A falta de vontade para sair. Essa tal sonolência.

    Obrigada pela tua visita - acho que está assim bem o tratamento sem formalismos - ao meu blog. Penso escrever em breve novo texto "Arquivos" sobre a minha participação na guerra de África (Angola)o que denota, cá está, uma certa nostalgia, própria da época.

    Quando ler a Doris Lessing darei a minha opinião.

    ResponderEliminar
  5. vai mas é dormir uma "siesta"! comer umas castanhas, beber um bom tinto!

    amanhã estás nova!

    ResponderEliminar
  6. Ai tetezita, o teu postito deu-me uma vontade de ir para a minha almofadinha...mas pronto, não é preguiça, é cansaço mesmo...nunca mais é fim de semana...
    Mas percebo o que dizes. Afecta tremendamente, por ex, numa aula, estares cheia de energia e a tentar espalhar essa energia e só ver caras enfastiadas e a bocejar e a reclamar...enfim.
    Mas olha que este outono tem sido mais quentinho! Eu nem quero acreditar que já há enfeites de natal na rua e que eu ainda ando de manga curta e chinelas!! Bem, na verdade ontem choveu aqui em baixo,e fiquei de pés todos molhados...mas isso tb pq tenho os pés cheios de bolhas e acabei por só aguentar umas chinelas calçadas...
    Saudades de tempos passados?? Talvez só das pessoas. Mas na verdade não tenho saudades nenhumas do passado. Se voltasse atrás, sabendo o que sei hoje, fazia tudo de maneira diferente...

    ResponderEliminar
  7. Mas há lá coisa mais bonita do que as cores do Outono?!

    ResponderEliminar
  8. agora ja sabes o que sinto :x

    nem tema arranjo para fazer um postzinho :(

    ResponderEliminar
  9. Aninhas, minha querida, bem sei que o sol se levanta todos os dias!
    Só quando não leio ou escrevo é que estou ressabiada. No caso, foram só uma série de contrariedades...

    Capitão, gosto de sopa, de cavalos cansados nem por isso, eh, eh, eh!
    Mas apta para a vida estou sempre... pelo menos enquanto não estiver a cair da tripeça!

    ResponderEliminar
  10. Ai lua nova de Outubro / trazes as chuvas e ventos / e a alma a murmurar tormentos...

    Se bem me lembro é assim...

    ResponderEliminar
  11. Ah, não, Segredo da lua, que para o rigor do Inverno preparamo-nos! Agora o Outono, que um dia é de Verão, outro de Primavera, ninguém sabe bem como...

    Carlos ii, é, a nostalgia centra-se na nossa própria cabeça. Da guerra de África não te sei dizer nada, mas fico a aguardar esses "arquivos". Sou muito curiosa e ligada à história, as perspectivas não se podem limitar só a um lado. Acho...!

    Inês, então se tu aconselhas, lá vou eu para a siesta, sssss...

    ResponderEliminar
  12. Vanadis, 'tiveste doentinha? E agora andas de t-shirt e chinelas? Ai, ai, ai, ai! (não sei se me falta algum ai).
    Tem juízo rapariga, que da miudagem acabas por dar conta, mas adorei ver-te de volta!

    Pelintra: concordo que as cores são bonitas, mas mesmo assim prefiro as da Primavera...

    Fausto, tudo o que não tens é falta de imaginação, ai, ai, ai, ai! (não sei se...) Quanto à molenguice... pois, acontece a todos! Acho! Não tenho bem a certeza...

    ResponderEliminar
  13. Eu gosto de dormir...uaaahhhhhh bocejo bom!
    ;)
    Tou feliz por voltar e voltar aqui!
    Beijo!

    ResponderEliminar
  14. Agora isto que é que é? Quando é primavera, porque é primavera; do outono também se queixam? O outono é o mês dos câmbios, a coisa mais linda do mundo: as folhas a mudar de cor, o cheirinho à terra húmida, a temperatura mais fresca mas ainda não fria, as aves que passam por cá a invernar... E já viram a lua como está a encher? Então não será coisa da lua esse cansaço? Força, Tetezinha, na escuridão também há vida.

    ResponderEliminar
  15. Anónimo10/25/2007

    nâo te pássam cartâo ó 40

    ResponderEliminar
  16. principalmente quando se dorme pouco de noite!

    o titulo ficou assim só para rimar, certo?

    ResponderEliminar
  17. 40, olha gostei desses versinhos. Sabes de quem são? Hummm, ainda vou investigar...

    Kátia, na verdade durmo pouco, acho uma perda de tempo... Mas claro, às vezes tenho de compensar, correndo o risco de ficar eléctrica. E na verdade, no Outono dá-me mais sono...

    ResponderEliminar
  18. Sun, claro que os matizes do Outono são feericamente belos. (Câmbio é, por exemplo, trocar euros por dólares; no sentido que lhe deste, utiliza-se mudanças; só estou a explicar, porque sei que gostas de saber mais sobre a nossa língua...) Pode-se usar os cambiantes do Outono, para explicar a mudança gradual de cores... Mesmo assim, Sun, prefiro as cores da Primavera, que são mais alegres...

    Ó anónimo, não passo cartão a quem? Às vezes a alguns anónimos! No caso, fiquei novamente sem luz, rsss, antes de conseguir responder a todo os comentários que tinha...

    Vício, durmo pouco. Não só mas também...

    ResponderEliminar
  19. Ó querida...bem se vê que nunca foste a África! foste apenas picada pela mosca tsé tsé a danadinha que nos pica e dorme-se dorme-se e anda-se com um olho fechado e outro aberto, ou dormem-se dias e semanas seguidas e..enfim...será? seria que alguma veio na bagagem de alguém e foi parar à tua rua?
    beijinhos e estira-te prái e dorme, mas que mal tem dormir quanso o corpo pede? não hibernam os ursos e as tartaruguinhas? pô por falar nelas, masdamos 3 de uma assentada para o lixo estavam mortas e não acordavam se as mechiamos e..e quando nos disseram que era a altura de hibernarem! Fô....... até choramos com pena delas, minhas queridas tartaruguinhas, o que faz a burrice d emuitos incluindo a nossa (minha e dos meus filhos)...
    Beijinho a ti e nana quando der...

    ResponderEliminar
  20. Laurinha, nem de propósito, ontem lá para as sete e tal da noite faltou novamente a luz, 5, 10 minutos, olha foi tiro e queda... Nem jantei nem nada, eles lá arranjaram uns cachorros, que não estavam com muita fome (ao contrário do que é normal).

    Eu conheço a fama dessa famosa mosca tsé-tsé, mas não, acho que não fui picada por nenhuma, ah, ah, ah!

    Já resolveste o teu problema com o PC? Espero bem que sim, mais logo ainda te faço uma visitinha...

    ResponderEliminar
  21. O outono é um túnel que nos leva até à escuridão do dia mais pequeno do ano...Ou seja, um túnel sem luz ao fundo, tem que ser deprimente, Ah pois tem! ;)

    ResponderEliminar
  22. Deixa tar Tete, que eu na 4a passada ia adormecendo na mesa do aniversário da minha mami...ás nove e meia da noite...eu que sou uma coruja...tou memo de rastos!

    ResponderEliminar
  23. Ahklinha, não sei se TEM de ser deprimente, mas sinto mais sono que noutras alturas do ano mesmo. Pois, 21 de Dezembro, salvo erro que as pessoas miticamente confundem com o dia de Natal...

    Ah, ah, ah, costumo dizer que sou um mocho, especialmente em relação às minhas amigas cotovias (deitar cedo e cedo erguer...)

    ResponderEliminar
  24. Obrigada pela precisão, Teté. Eu sabia, enquanto escrevia "câmbios" que aquilo não soava bem, mas não foi até a noite que me veu a "mudança" à cabeça e até estive para me erguer e entrar cá a pedir desculpas, mas logo adormeci...

    ResponderEliminar
  25. E agora onde disse "veu" quis dizer "veio".

    ResponderEliminar
  26. Oh Sun, não te preocupes, que erros de digitação todos damos. E de português também, embora tente não fazer disso uma regra...

    ResponderEliminar
  27. Já não vinha cá há algum tempo... tenho ainda os 2 ultimos posts por ler. Aiiii que preguiça :x

    Obrigado pelo elogio (acho)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)