quinta-feira, 26 de junho de 2008

CLIC, CLIC, CLIC!

Já está!

Que é como quem diz, uns largos meses depois...

Bom, os meus dotes de fotógrafa não são grande "espingarda", isto para não dizer que mesmo com uma grande lupa é difícil encontrá-los! Mas continuo a tentar, que não sou de esmorecer assim às primeiras. Aliada à situação de facto, ainda surge uma enorme alergia a todas as máquinas, que de tanta sofisticação quase requerem um curso alongado para saber lidar com elas e com os inúmeros botões. Fotográficas ou outras, entenda-se! (Bimby à parte, que essa é de grande ajuda)

Tentativa após tentativa (ou lástima atrás de lástima), finalmente consigo colocar aqui uma foto tirada no "Lagartagis" do Jardim Botânico... no dia 15 de Agosto do ano passado! Ah e tal e coiso, que não está muito centrada? Pois, vão lá ver se as borboletas páram muito sossegadinhas para a pose...

Vou recomeçar os passeios pelos jardins da cidade (em Lisboa são 35, sem contar com o Zoo), prometo continuar a fotografar. Alguma há-de sair razoavelmente boa, não é?

(conselho útil para quem queira visitar o "Lagartagis": não usar wet gel no cabelo!)

*******
P A R A B É N S, Bita!

19 comentários:

  1. Continua, Teté, é a única maneira de tirar alguma fotografia minimamente decente. E agora pode-se com as máquinas digitais, que custa o mesmo clicar que jogar fora o que não serve. Já não saio nunca da casa sem ela. Tiras quinze fotografias das borboletas, com certeza alguma tem de sair centrada e focada. O resto à lixeira. (^_^)

    ResponderEliminar
  2. sem duvida que é bastante chato andares a cortar as asas às largat... lagrat... borboletas!

    ResponderEliminar
  3. Clic, clic, clic, ainda pensei que iria rebentar alguma bomba aqui no teu fórum.

    Bem, a foto realmente não está centrada, mas as borboletas não se queixam. Eu é que costumo dizer que ninguém consegue tirar fotos de jeito à minha pessoa.

    Bem, para se tirar boas fotografias, é necessário tirar muitas. Deve-se começar com uma máquina simples.

    Depois...depois é como dizia um realizador de cinema francês da nouvelle vague. Que, para ser um bom realizador é necessário uma câmara e muita imaginação.

    Abraços

    ResponderEliminar
  4. Ahahaha eu tambem pensei que ia explodir uma granada....com o clic,clic....mas já estou a ver quie tu andas é a treinar mais para o "olha o passarinho"....hihihihih
    È uma coisa que eu tambem gosto muito, mas ta,mbem sou meia trenga para isso.....ou seja quando se trata de tirar em promenor!!!!!
    Mas vai treinando e assim juntas o util ao agradavel....passeias e treinas o clic, clic..

    Beijokitas

    ResponderEliminar
  5. Pois, até aí concordo, SUN: pode-se tirar uma data delas e depois simplesmente apagar as que não interessam, mesmo que sejam quase todas. Contudo, a minha máquina para tirar fotos destas não é grande coisa, porque tem um grande tempo de espera até se poder tirar uma nova foto. Saíu mal, não ficou centrada, se pudesse refazer logo de seguida, poderia dar, mas assim, com um tempo de espera de cerca de 10 segundos, onde é que já
    não vão as borboletas???
    Mas vou continuar a tentar, vou! (`_^)

    Eu, cortar asas às lagart... borboletas? VÍCIO, por quem me tomas? Por alguma borboletófila??? :)

    ResponderEliminar
  6. Rebentar uma bomba, MOI, CARLOS? Ná aqui a nina é uma pacifista nata!
    A máquina tem sim botões a mais, que metade não sei para que é que servem, mas foi-me oferecida, ia lá dizer troque lá por uma mais simples? :)
    Mas estou nessa de ir clicando até conseguir obter umas fotos razoáveis...
    Abraços!

    Ah, hoje estão-me a confundir com uma bombista, é, PARISIENSE?
    Pois, é mais "olhó passarinho" (neste caso a borboleta). Mas pronto, hei-de insistir até consegui tirar algumas de jeito, que a trenguice também se educa, eh, eh, eh!
    E que venham os bons passeios, que se junta o útil ao agradável... :)))
    Jinhos, nina!

    ResponderEliminar
  7. practice makes perfect

    ResponderEliminar
  8. tira tira, mas depois nao faças como eu que começas com a pica toda e passado uns tempos ja nem sabes ao que deves tirar foto :x
    realmente, levar gel para o pe dos bicharocos deve ser o mesmo que levar nacos de carne para o meio dos leoes. nao corre muito bem...

    ResponderEliminar
  9. Ehhh, olá tétézinha. Nada de lacas ou gel pois as asas colam-se ali e ós pois? nem de maquineta consegues nada. Linda foto se tá ou não centrada nem entendo, mas está linda.
    Cá tou eu a começar as visitas e só tive pc agora além de perder as pastas todas com poemas...sorte a minha que os tinha imprimido..é que quando faço um imprimo e guardo para ler depois a ver se acho melhor por uns arranjos e assim...sorte que eram mais de 400... raios dos virus e da net...Beijinhos da laura..

    ResponderEliminar
  10. Pois, MOYLE, vou ter de praticar mais... :)

    FAUSTO, ná, vou encarar isto como uma aprendizagem... a levar com calma!
    Quanto ao gel, não foi boa ideia não... Agora até dá para rir, mas na altura não teve muita graça! :)

    Ah, LAURINHA, então já resolveste o problema com o PC? Chateia comó caraças, né? Conheço alguém que tinha o trabalho de 15 anos guardado lá dentro, sem cópias, teve de o mandar para uma empresa inglesa que recupera parte dos discos (não todo, mas grande parte), para não perder tudo. E essas empresas são caras para xuxu!
    Mas pronto, ainda bem que se resolveu!
    No caso do wet gel, elas podem confundir com água para beber, topas? :)))
    Jinhos, nina e bons posts, já que está tudo em ordem!

    ResponderEliminar
  11. Bem...até que para borboleta que não pára quieta ficou bem, mesmo que não centrada: o principal bem focado e o fundo desfocado. Conseguiste um plano de aproximação e isso às vezes é difícil! :P

    E a questão do centro é em si também uma questão de perspectiva: pode até ser bastante criativo não se estar no centro!

    35 jardins?! Olha que é uma boa ideia. Conhecê-los e dá-los a conhecer! Então com umas fotos a acompanhar! O pessoal agradece! ;p

    Beijinhos grandes.

    ResponderEliminar
  12. eu não teci juízos, só disse que praticar é bom :)

    ResponderEliminar
  13. Gostei, Continua!

    Bjs

    ResponderEliminar
  14. Bem, eu estava para aqui a pensar, ina pai como é que ela conseguiu que as borboletas ficassem quietas pá foto??? nem reparei que não estava centrada...LOOOOOL! Põe-te a pau, qq dia tens o national geographic á perna...

    ResponderEliminar
  15. Adorei sua foto Teté!Primeiro porque gosto de borboletas.Segundo porque foi você quem a tirou.
    :))))
    Bela dica de passeio!
    Beijo e cheiro!

    ResponderEliminar
  16. SU, o dos jardins é um projecto que já tem mais de um ano, nem só o tempo (metereológico) tem vindo a adiar estes passeios...
    Mas agora a máquina irá sempre a acompanhar, para ver se as perspectivas fotográficas melhoram um pouco... :)))
    Jinhos, amiga!

    Ah, pois é, MOYLITO! Qual juízo de valor? Constatação de um facto... :D

    ANINHAS, hei-de conseguir melhorar, né?
    Jinhos para ti!

    ResponderEliminar
  17. Ná, VAN, as minhas capacidades fotográficas não vão chegar a tanto! Já fico contente se tirar algumas fotos razoáveis, que possa pôr aqui... :)))

    Bom, KÁTIA, as borboletas eram lindas, as lagartas nem por isso...
    Mas aos poucos hei-de lá chegar! Já te disse que sou teimosa??? :)))
    Jinhos, nina soteropolitana!

    ResponderEliminar
  18. Fico à espera do resultado... Quanto a fotografia sou cá um "cromo"...
    Adorei o teu post.
    Bj

    ResponderEliminar
  19. Pois é, JASMIM, mas já decidi que hei-de chegar lá, por tentativas... :)

    Que isto de tirar uma foto de jeito lá muito de vez em quando, também deve ter a ver com falta de prática...

    Jinhos!

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)