segunda-feira, 12 de novembro de 2007

CONTA-ME COMO FOI

... é a série televisiva exibida aos Domingos na RTP 1, por volta das dez e meia da noite.

À partida a história desenrola-se em torno da humilde família de Carlos - um rapaz de 8 anos – que mais tarde narra as suas recordações de 1968/1969, dando um breve retrato de uma sociedade portuguesa ingénua, submissa e tacanha, onde diversos preconceitos imperam...

Como ficção não pretende ser documental e muito menos histórica, embora utilize factos reais que conduzem ao desenrolar do enredo. Uma comédia de costumes que abarca temas como a censura, a repressão, o capitalismo, as lutas estudantis, o papel da Igreja, a falta de direitos das mulheres, a par das conversas de café e de bairro que despoletavam os boatos mais inverosímeis e acicatavam os moralismos mais empedernidos.

Óptimas interpretações de Miguel Guilherme, Rita Blanco, Catarina Avelar, entre outros. A não perder, por todos os que pretendem ter uma ideia da mentalidade vigente da época e no que é que se traduziam os ditos “bons velhos tempos”...

*****

Parabéns, LAURINHA!
A Laurinha publicou o seu livro de poemas, intitulado “Réstias de Sol” e está muito feliz! E eu com ela e por ela! E claro, podem lê-la nas “Résteas...” que está nos favoritos.

27 comentários:

  1. Também gosto muito desta série. Retrata uma época que eu vivi mas não me lembro por ser pequena.

    Bora ao lançamento do livro?
    Vou estar na 1ªfila!

    Bjs

    ResponderEliminar
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  3. Depois conta como foi o lançamento do livro ;)

    Não falo da série porque nunca vi e sendo assim nem sei do que falas :x

    ResponderEliminar
  4. Esqueço-me que existe essa série e só a vejo quando coincide com o zaping...
    Mas acho imensa piada recordar as coisas desses tempos que me abstenho de qualificar. Haverá sempre quem os ache bons e quem os ache maus. São tempos idos...

    ResponderEliminar
  5. Se eu tivesse televisão, quem sabe não seguiria a tua sugestão...

    ResponderEliminar
  6. Olá nina, como não ouço, nunca vejo esses programas, pois ali nem dá para ler nos lábios, andam sempre a mudar as caras ehhhh, gosto mais do que tenha legendas.

    Obrigadinha por falares no meu livrinho que por sinal ainda nem o vi, está a demorar a chegada dele, ou então vieram trazer e como eu não ouço bater à porta...mas o carteiro já passou...ai ai ai...

    Beijinho a ti.

    ResponderEliminar
  7. Ainda não tive oportunidade de ver a série, mas já tinha ouvido falar qu era bastante interessante e que retratava as histórias muito bem. Tenho que ver se um dia consigo assistir à série.

    ResponderEliminar
  8. Gatinha, também era miúda (mais velhinha certamente) mas ainda me lembro de algumas coisas, nomeadamente aos putos cantarem a desfolhada, porque os "mais velhos" achavam mau, eh, eh, eh!
    Se puder, vou com certeza! Mas ela depois dirá, né?

    Certo, Fausto!

    Oh Inês, como tudo na vida, esses tempos tinham coisas boas e coisas más. Mas para além do regime, a principal diferença encontra-se a nível das mentalidades, que mudaram bastante e nem sempre para melhor...

    ResponderEliminar
  9. Pois Capitão, já tinhas dito que não tinhas televisão...

    Laurinha, estou certa que o livro estará a chegar. Sobre a série, pois, nunca tinha reparado nesses pormenores deles mudarem as câmaras e não se conseguir ler os lábios...

    Psycho_Mind, retrata as histórias de forma humorística, sem ser o chato, cansativo e político relato da época.

    ResponderEliminar
  10. Pois eu só para ser do contra não gosto dessa série. E mais nada! Mas vou ao lançamento...

    ResponderEliminar
  11. Essa série (em versão espanhola, claro) leva por cá não sei quantíssimos anos, assim que vão ter tempo de ver ou não ver. Eu por acaso nunca vi, mas eu é que televisão vejo muitopouca.

    ResponderEliminar
  12. Como não tenho TV tuga, acredito em ti :)

    ResponderEliminar
  13. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  14. Eu estive para ver, mas entretanto começou a chover e gorou-se o visionamento!

    Ehehehehe! Só para chatear...

    ResponderEliminar
  15. Não vejo muita TV mas, às vezes, por extensão dum jantar tardio (quase "pós-gato fedorento"), apanho essa série. Também gosto.

    Um dia BOM.
    :)

    ResponderEliminar
  16. se te disser que ultimamente a essa hora já durmo, é muito vergonhoso?

    ResponderEliminar
  17. Estás no teu direito, Rafeirito!
    3... 2... 1... 0! Here we go!

    Sun Iou Miou, pois esta série é baseada na espanhola, adaptada para a realidade portuguesa (que não seria tão diferente da espanhola, na época). Também vejo pouca TV!

    Não tens pena, Crestfallen? De não ter TV tuga, quero dizer... ah, ah, ah!

    ResponderEliminar
  18. Xi, Capitão, aí choveu muito, não? As estradas se calhar estavam escorregadias... Eh, eh, eh!

    Pois também não vejo muita TV, Eduardo! Mas tento não perder os Gatos e como esta vem logo a seguir... Dia BOM para ti também!

    Vergonhoso porquê, Inês? Cada um tem as suas próprias necessidades de sono. Já agora aproveita e tem bons sonhos...

    ResponderEliminar
  19. No caso do Capitão, a chuva deve ter sido pela goela abaixo...
    ;)

    ResponderEliminar
  20. Por acaso não me parece, Pelintra!

    ResponderEliminar
  21. Poisé, tété, euzinha tem a mesma opinião que a laura! ;-)

    ResponderEliminar
  22. Pois é Vanadis, mas até julgava que a série tivesse legendas no teletexto, como algumas novelas...

    ResponderEliminar
  23. Tete, até o futebol tem legendas de teletexto!!! E os noticiários, esquece...mas como o pivot geralmente tem uma dicção razoável, e como há sempre o rodapé, vai dando para perceber alguma coisa. Isso e bombardear o Jóve com perguntas LOL!
    E depois, há sempre os blogues para tirar dúvidas!!! heheheh

    ResponderEliminar
  24. Pois é, Vanadis, há blogs muito activos a dar notícias, eh, eh, eh!

    ResponderEliminar
  25. Aprecio muito esta série. Há óptimas interpretações, mas eu gosto mesmo é do puto Carlitos.
    Quanto ao lançamento do livro espero que tenha corrido bem e que o mesmo seja um sucesso.

    ResponderEliminar
  26. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  27. Bem-vindo, Filomeno 2006!
    É, dessa parte das motocicletas e das marcas dos carros não me consigo lembrar, portanto não faço ideia se é real ou fictício...

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)