quarta-feira, 13 de julho de 2011

EMBALAR A TROUXA E ZARPAR...

... é o que nos está a apetecer a (quase?) todos! Um cansaço de um ano inteiro, que nem um ou outro fim de semana chegou para recarregar baterias. Com politiquices ao rubro, que raramente nos alegraram, nem no todo nem em parte...
É nestas alturas que gostaria de voltar a ter a idade do meu filho, que esta semana me anunciou que ia passar uns dias a Tomar, uma hora depois estava de mochila às costas e de partida! Sem complicações algumas, mas certo é que não tinha a mesma facilidade na minha juventude - autorização paternal era imprescindível e as explicações de para onde e com quem ia também. E vá que os meus pais não eram nada chatos, algumas amigas minhas nem permissão para ir a uma matiné de cinema conseguiam. Em Lisboa!
Enquanto se contam os dias que faltam para as férias, vamos notando que a blogosfera também já está a meio gás - uns já foram e já voltaram, outros estão na mesma contagem decrescente, todos sem grande vontade de dar ao teclado. É assim todos os anos: os posts, as visitas e os comentários diminuem, (re)descobre-se que há uma vida lá fora para além da virtual. Portanto, é "laissez faire, laissez passer", lá para o final do Verão logo se vê quem regressa, quem desiste, quem (re)começa...
Eheheh, bem vistas as coisas, todos temos saudades daquelas férias quando éramos crianças, que duravam três meses inteirinhos!
Para quem ainda não tem destino certo, segue um vídeo promocional do turismo de Portugal, que considero particularmente apelativo, para portugueses ou estrangeiros: 


Ah, e sim, quando for de férias, o que ainda não é para já, vou rever aquela cegonha da fotografia. Onde será que ela está?!

28 comentários:

  1. Yep!

    Há que carpar bem o diem!

    É que o futuro é tal e qual um banco de jardim...

    ;)

    ResponderEliminar
  2. Que saudades desses meses de Verão, Teté.:)
    Essa cegonha deve estar em Espanha. Via tantas, quando ia de férias. Também as há por cá, mais lá para o sul, mas por cá gostam mais de lixeiras a céu aberto.:)
    beijocas

    ResponderEliminar
  3. A cegonha bem pode ser das minhas bandas... que elas abundam por cá. Boa escolha quanto ao vídeo-destino de férias. :)

    ResponderEliminar
  4. o problema é que certos blogs que se vão até são interessantes e há tantos outros que ficam...
    o teu filho podia ter ido para Tomar na semana passada e tinha assistido ao espectáculo que o Castelo Branco deu por lá (digno de orar ao ceus... para que lhe dê umas artroses cronicas)

    ResponderEliminar
  5. Que "inveja" do teu filho e de outros jovens que resolvem ir para qualquer lado e em meia hora já estão de mochila às costas e de partida...ter dinheiro e não precisar de autorização é meio caminho andado...faz ele muito bem, que se divirta :)

    Quanto ao vídeo de promoção do nosso belo país é muito bonito, este e outros do mesmo género, pena que a realidade às vezes seja uma desilusão, já para não dizer que para usufruir de certas mordomias têm que se gastar muito dinheiro... :(

    A cegonha está no ninho em cima da chaminé ;)

    Se queres vê-la é melhor correres, ouvi dizer que ela tamb+em vai de férias :p

    Beijinho :)

    ResponderEliminar
  6. Como costumo dizer no final de uma discussão, " Depois de ver este blogue, estar a ser filmado e lido atentamente, ficava mal comigo se não zarpasse uma!"
    Boas lapalissadas por aqui!

    ResponderEliminar
  7. É verdade ! No video não faltam excelentes ideias para férias !
    Quanto às tuas, ... que sejam excelentes, na capital .... (do Algarve) ! :))
    .

    ResponderEliminar
  8. Beeeeem, hoje estou de directa, é só por isso, senão até postava! Nos últimos tempos tem sido mto trabalho e mto investimento em conhecer e contactar para aos astros chegar :D

    ResponderEliminar
  9. estive ontem em Lisboa. aproveitei para ir ao museu da Gulbenkian, onde nunca tinha estado :-o

    férias, mesmo férias só em Agosto e no sítio do costume, num dos 5 países da UE sem mar (espero que sejam mesmo só 5 para evitar figuras tristes :h)

    ResponderEliminar
  10. Anónimo7/13/2011

    Aquilo que o teu filho não fizera agora, nunca mais fará. A vida altera-se e depois não é possível voltar atrás. Faz-lhe bem e amadurece mais cedo. E Tomar é já ali ao lado.
    Eu sou um pouco de exageros nesse campo. Quando o meu filho mais velho (hoje com 38 anos) tinha treze anos, mandei-o para Paris durante um mês. Ali esteve sozinho a fazer o que bem entendeu e ainda hoje me diz que foi a melhor coisa que eu lhe podia ter feito. Claro que a mãe (por cá) nem dormia.
    A vida é muito curta e há que começar a vivê-la mais cedo.
    Beijinho Tété
    Kim

    ResponderEliminar
  11. "Carpe Diem" é uma maneira de estar, OOPS, da qual nunca me arrependo... :)

    A vida e o futuro tanto podem ser um banco de jardim como uma caixa de bombons - nunca se sabe! :D

    ResponderEliminar
  12. E não temos todos dessas férias GRAAAANDEEEESSS, NINA? :D

    Esta cegonha fala português, mas tens razão que está lá mais para o sul... :)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  13. É das tuas bandas, sim, LUISA! :))

    O vídeo é promocional/publicitário, mas na verdade também se fazem boas férias "cá dentro"... :)

    ResponderEliminar
  14. Não sou eu que me vou armar em juíza de blogues alheios, VÍCIO, se não gosto não vou lá nem comento, certo? :e

    Idem para o Castelo Branco, só assiste aos seus shows (off), quem lhe acha piada, que não é o meu caso e duvido que o do meu filho... ~xf

    ResponderEliminar
  15. Tens razão, MARIA, quantas vezes não apetece meter uma mochila às costas e zarpar para destino incerto, sem dar cavaco a ninguém?! :D

    Tomara ter tido a mesma liberdade... :)

    O vídeo pretende promover o turismo do país e suponho que consegue atingir os seus objectivos. Se pretendesse um retrato fiel do país, obviamente seria diferente... Agora que o turismo também se paga (muitas vezes caro), é evidente! ;)

    Em cheio! A cegonha está mesmo no seu ninho, espero chegar lá antes dela ir de férias... =))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  16. Bem-vindo, BRAD PITO! (já vi que não és exactamente aquele que esperava, mas mantenho a frase inicial... ;) )

    O senhor de La Palisse é um eterno injustiçado, porque "génios da banalidade" não faltam por aí... :D

    ResponderEliminar
  17. Férias para todos os gostos e carteiras, RUI! :)

    As minhas serão lá para os Algarves, sim, mas não lá pela capital algarvia... :D

    ResponderEliminar
  18. Já percebi que andas muito dedicada aos astros, ANA, não sei se isso ou a directa te deu para não veres o que te está tão próximo... :D

    ResponderEliminar
  19. O museu e os jardins da Gulbenkian são um "must", MOYLITO, desta vez sem pingo de ironia. Claro que o museu depois depende das exposições... :)

    Países europeus sem mar são bem mais que 5, pelo menos desde o fim da Europa de leste, mas também não interessa nada para o caso - interessa é que as férias sejam boas, conhecimentos sobre a geografia europeia não são para aqui chamados, eheheheh! =))

    ResponderEliminar
  20. Mas é isso mesmo, KIM, está na idade boa de meter a mochila às costas e zarpar, mais tarde pode perder a oportunidade... :))

    Eventualmente tenho pena de não ter gozado a mesma liberdade, só isso! Mas aos 13 não o deixava sozinho um mês sem supervisão de um adulto (de confiança), numa terra estrangeira, garanto! Nem que o pai tivesse as mesmas ideias que tu, que felizmente nunca teve, porque nos íamos desentender à brava! Em campos de férias ou assim já é diferente... ;)

    Beijocas, amigo!

    ResponderEliminar
  21. Só cheguei agora... mas... afinal onde está a cegonha?!?
    Tenho pena de, tal como tu, não poder ir vê-las. E ficam ali tão perto da minha terra...

    Enfim... É a vida... E eu este ano sou como o Passos Coelho, não tenho direito a férias. Mas não tenho a vida que ele tem, senão, até não me importava nada.
    Quanto muito, terei direito a pegar na trouxa e zarpar, mas ali mesmo prá Costa, uma horitas ao fim de semana. Mas até nisso já me estragaram os planos, que é um geladito a menos que como, porque o dinheiro fica na portagem! A ganhar, fica só mesmo a minha dieta.

    Beijinhos e boas férias, quando forem!

    ResponderEliminar
  22. OK., mas para reveres aquele ninho de cgonha, deverás ter que passar pela capital ... (do Algarve) ! :)))
    .

    ResponderEliminar
  23. Com quem é que eu aprendi a pesquisar?:)

    ResponderEliminar
  24. A cegonha está lá para os Algarves, mas a bem dizer no Alentejo também se vêem muitas, em cima dos campanários das Igrejas, etc. e tal, KARENB! :D

    Queres acreditar que já nem me lembro quando foi a última vez que fui à Costa? Praias espectaculares, evidentemente, água não tão quentinha como nos Algarves, mas as bichas e o trânsito para ir e voltar não merecem o sacrifício!

    Mas um ano sem férias é uma chatice! Nem que seja uma semaninha, as férias fazem maravilhas a carregar baterias... Eu e o maridão raramente as tiramos todas, mas felizmente que ainda não foi necessário prescindir totalmente delas!

    Beijocas para ti e... muita paciência! :)

    ResponderEliminar
  25. Não, por acaso não, RUI! =))

    ResponderEliminar
  26. Olha, NINA, comigo não foi, que também me tens ensinado bastante nesse capítulo.

    Suponho que terá sido mais com o Rui e o Oops... mas também é preciso ter apetência para pesquisas e ser boa aluna! :))

    ResponderEliminar
  27. Ainda bem que as coisas mudaram entre a tua geração e a do teu filho. As criança e os jovens tem de ter o seu espaço e a sua liberdade para crescerem e descobrirem os seus próprios talentos e objectos ao mesmo tempo que apelam à responsabilidade pelos seus actos, à independência e à capacidade de resolverem os seus próprios problemas. Claro que a liberdade tem limites e a super visão é indispensável. Dar liberdade é diferente de ser negligente. Beijos :)

    ResponderEliminar
  28. Perfeitamente de acordo com tudo o que dizes, PSIMENTO, embora por vezes encontrar o equilíbrio entre a liberdade e a supervisão não seja fácil. ;)

    De qualquer forma, estas novas gerações têm muito mais sorte do que a minha teve, chateia-me que às vezes não lhe dêem o devido valor - e aqui nem estou a referir o meu filho. Alguns putos não dão o devido valor à liberdade e aos muitos "cotas" que lutaram por ela... :g

    Beijocas!

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)