segunda-feira, 27 de junho de 2011

DE MÃOS DADAS

No aniversário de uma amiga, comentava-se que o próximo aniversariante entre os presentes seria de um senhor que estava de mão dada com a mulher, sentado no sofá - 89 anos, precisamente! Acrescentou-se ainda que em 2012 é que seria festa de arromba, com o virar de mais uma década, mas ele asseverou que antes disso iriam comemorar os seus 65 anos de casamento, o sétimo bisneto está para breve...
"E quantos filhos?", perguntou alguém. "Só dois! Ela..." - indicou a filha presente - "... e um rapaz, que actualmente vive na República Dominicana! Quase todos os anos temos ido lá visitá-lo. Ele divorciou-se faz bastante tempo. Agora, sempre que lá vamos, encontramos uma nova nora. Afinal, para que servem os bons exemplos?!"

Imagem da net.

12 comentários:

  1. De facto, curiosa, a observação.
    Ironias do destino!
    bji

    ResponderEliminar
  2. Pró ano, dois pombinhos celebrarão as bodas de ouro e nós faremos que se sintam os pais e avós mais felizes do mundo.

    ResponderEliminar
  3. Anónimo6/27/2011

    Os exemplos de casa nem sempre são seguidos à regra, mas ajudam muito.
    Veja-se o exemplo de pais certinhos e cumpridores que geraram filhos irresponsáveis e prevaricadores.
    Até lá esperemos que outros problemas maiores não se levantem
    Beijinho Tété
    (Não consigo comentar senão na condição de anónimo)
    Kim

    ResponderEliminar
  4. Mas disse tudo isto com um ar bem disposto, NINA, nada de tons de queixume! :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  5. Claro que sim, PAULOFSKI! Bons filhos e netos é isso que fazem - uma grande festa, para que eles fiquem felizes! Os meus avós também fizeram mais de 50 anos de casados... :D

    ResponderEliminar
  6. Claro que o senhor disse isto em tom de brincadeira, KIM, não faltam por aí pais desmiolados a ter filhos certinhos e vive-versa. E sim, o casal é moçambicano e de uma boa disposição que só visto, não foi nenhum tipo de preconceito contra o divórcio ou assim que provocou a ironia... :)

    Beijocas!

    ps - O facto de não conseguires comentar a não ser como anónimo é alheio à minha vontade, como deves calcular... :P

    ResponderEliminar
  7. Claro!
    Uma pessoa assim, feliz, não dá aso a queixumes::))
    Mesmo assim, não deixa de ser curioso. Era bom que em casos assim, de casamentos felizes, os filhos herdassem a bonança.:))
    bji

    ResponderEliminar
  8. quando eu defendo uma opinião menos ortodoxa - normalmente sobre religião - para picarem os meus pais costumam perguntar-lhes: - Isto é que foi uma educação!. Ao que o meu pai responde sempre da mesma forma: - Educação demos-lhes (a mim e aos meus irmãos), agora o que eles fazem com ela já não é da minha conta!

    E essa situação é semelhante :)

    ResponderEliminar
  9. É isso mesmo, NINA, gente feliz não costuma choramingar-se por tudo e por nada e conserva sempre a boa disposição! :D...

    E tenho para mim que os pais não se devem meter na vida amorosa dos filhos (a não ser em pequenos, eventualmente na primeira adolescência), nem os filhos na vida dos pais! Porque no fim, cada um sabe de si! :))

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  10. Imagino as tuas opiniões menos ortodoxas, MOYLITO! Raramente converso sobre religião. porque fica sempre cada um na sua e entretanto as pessoas ainda se irritam. Especialmente as mais susceptíveis e fundamentalistas... :))

    A filosofia de vida do teu pai está certa! :D

    ResponderEliminar
  11. Não se pode dizer nessas situações amorosas a famosa frase"tal pai,tal filho",afinal relacionamento é sempre um universo particular e a disposição de conviver a dois é uma questão que envolve tantas outras questões.Mas,ainda assim ainda existem sim, casais que conseguem.Meus pais estão casados há 45 anos e isso não serviu de exemplo para o meu irmão que se casou,separou e já está em seu 2º casamento.Acontece e é cada um na sua.

    ResponderEliminar
  12. Evidentemente, KÁTIA! No fundo, tudo depende da relação de cada casal, que tanto se pode manter viva como esfriar... E quando isso acontece... não há nada a fazer! :)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)