segunda-feira, 15 de junho de 2009

AINDA NAS PASSEATAS!

Na Casa da Música a visita não foi guiada, mas mesmo assim gostámos bastante da arquitectura e do espaço aprazível, de caminho ouvimos algumas explicações dos guias a outros excursionistas (miúdos e graúdos) sobre a propagação do som, a escolha das tintas nas paredes, as vidraças onduladas, os revestimentos pejados de furinhos e mais não-sei-o-quê! Pormenores que provavelmente serão interessantes para alguns. A sala Suggia é realmente espectacular, mas esta da fotografia - salvo erro, denominada VIP - apresenta um conjunto de azulejaria fabuloso, com representações históricas, num conceito arquitectónico diferente do habitual. Através dos seus vidros que dão para a rotunda da Boavista ainda se pode vislumbrar esta estátua:

Há quem prefira presumir que se trata de uma representação clubística, mas não tem nada a ver! Trata-se de um monumento representativo da vitória de portugueses e ingleses sobre os exércitos napoleónicos que invadiram Portugal entre 1807 e 1810. O leão simbolizando a aliança anglo-lusa, a águia o Império erguido por Napoleão. Tomara que todas as estátuas nacionais alcançassem metade do nível...

(em pequeno aparte para a nina Parisiense: estás a ver como o tempo estava belíssimo? não sei o porquê da segunda foto ter teimado em sair quase a preto, branco e cinzento, na 3ª feira passada, perto das 11 da manhã.)

No Museu de Serralves tivémos de conter o riso com algumas obras emprestadas e doadas, que em nossa casa eram lixómetro garantido! Com algumas excepções, obviamente, mas confundir trastes e velharias com antiguidades, em "inspirações artísticas" sui generis, pois, deve ser apenas para meia dúzia de eleitos, intelectuais e afins! Mas lá que nos fartámos de rir, lá isso...

(não sei quem me avisou, em directo ou indirecto, que não seria muito o meu género de exposição, mas acertou em cheio!)

23 comentários:

  1. Um dia destes tenho de fazer um alto na Casa da Música, que sempre passo e nunca paro.

    Beijito

    ResponderEliminar
  2. Gosto de Serralves e do seu jardim apesar de algumas exposições também não serem do meu gosto

    ResponderEliminar
  3. Olá Teté!
    Se gostas de Arte Antiga vai ao Museu Soares dos Reis. Não te esqueças de visitar a Bolsa, e talvez a Igreja de São Francisco, que fica ao lado. Quando eu era miúda tinha medo de lá entrar.
    Gosto muito de passear no Palácio de Cristal. De lá podes tirar fotografias maravilhosas do Rio Douro.
    Continua a gozar as tuas férias nas terras do Norte e na cidade mais linda do mundo: PORTO!

    ResponderEliminar
  4. depois desta explicação histórica, será que vão começar a chamar napoleões aos benfiquistas? é possivel! :)]

    não tiraste fotos do jardim de Serralves? fui lá há alguns anos e era um jardim espectacular.

    ResponderEliminar
  5. Isso é que foi passeio!
    Eu estive sempre a trabalhar nestes dias (e continuo).
    Mas, parece-me interessante este espaço. Por acaso, tenho um convite para mim e para a Dreams para irmos passar um fim de semana ao Porto mas, isto estámuito difícil em termos de disponibilidade...

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  6. Estou sem net e sem e-mail há várias horas! :p

    Assim, numa rápida passagem no portátil e rede móvil do filhote, deixarei comentários para mais tarde... :(

    Grumpfs!!! ~v

    ResponderEliminar
  7. É um lugar lindo :) Adoro a coleção d
    as guitarras portuguesas e afins que lá tem.
    Um belo lugar pra se visitar:)
    Dá proxima vez apita que a gente toma um café:)
    Beijos

    ResponderEliminar
  8. Pois Serralves tambem não faz nada o meu genero.....a não ser o Jardim, claro.
    Mas a Emejota deu-te boas ideias para uma proxima vinda ao Porto.
    Apesar de ir muita vez ao Porto ainda não arranjei um momento para ir a Casa da Musica....talvez porque a arquitectura exterior não me agrada mesmo nada naquela rotunda, naquele sitio.

    Beijokitas

    ResponderEliminar
  9. :))

    Já entro a rir porque achei graça à Teresa. De facto, a Igreja de S. Francisco merece ser visitada. Da próxima vez, Teté, não esqueças de passar pelo Jardim Botânico, onde a Sophia de Mello Andresen se inspirou para escrever alguns dos contos infantis. Já agora aproveita e vai ao Rei dos Queijos, na baixa. Claro, eu só penso em guloseimas.

    Beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  10. A minha mãe teve um convite para ir visitar essa fundação...:)) acho que vou avisá-la da possível barrigada de riso que vai apanhar... ~xf

    ResponderEliminar
  11. Xii e viste-me?? aiii a minha cara encrispada de quem detesta fotos... ;x :h

    ResponderEliminar
  12. Já estive dezenas de vezes na Boavista, nomeadamente já fiquei varias vezes alojado no Meridien e nunca fui à casa da música. Lacunas do Pre...

    ResponderEliminar
  13. Fiz uma vez uma visita guiada a Casa da Música e adorei é tudo muito luxuoso. Também cheguei a visitar o Museu de Serralves, na altura tinha dentro da casa antiga uma exposição de moveis antigos.
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  14. Acho que vale a pena parares, SUN! ;)
    Beijito para ti!

    O jardim não cheguei a visitar, TERESA DURÃES, à conta da chuva... :(
    A exposição era demasiado "modernaça" para o meu gosto! :)

    Bom, EMATEJOCA, pessoalmente acho que o Rio de Janeiro é a cidade mais linda que conheço, mas cada uma com a sua opinião, certo? :D
    Mas já voltei para Lisboa 6ª feira passada, de modo que essas visitas ficarão para uma próxima oportunidade! :)

    Ao jardim, VÍCIO?! Não estás a ver bem a cena, que chuva foi o que não faltou... :p
    Quanto à explicação histórica, é evidente que era necessária! :-w

    ResponderEliminar
  15. Gostei do que consegui ver da cidade, MATCHBOX32, apesar da chuva! Se e quando fores, faz o passeio desde a "marginal" de Matosinhos, passando pela Foz e a Ribeira, passando a Ponte D. Luis até Gaia, onde se situam as caves do vinho do Porto (ou a maioria delas, acho!). Não deu para parar e tirar fotografias, dada a chuva (e o trânsito)... :-o
    Beijinhos!

    Pois, MYLLANA, não ia com hora marcada nem esperava que o tempo estivesse tão bera.
    Da Casa da Música gostei bastante, não me lembro de ver essas guitarras... :)
    Beijoca! (e apito, sim!)

    Oh, PARISIENSE, tu a viver ao lado e nunca lá foste??? :h
    A exposição de Serralves também não faz nada o meu género, mas deve fazer o de alguém, para lá estar... :))
    Jardins debaixo de chuva, pois, têm de ficar para dias mais amenos! ;)
    Beijokitas, nina!

    ISABELINHA, estávamos para fazer duas visitas à cidade, mas como só parou de chover no último dia à tarde, acabámos por só ir um. Fazer 200 km debaixo de chuva, para não falar de passeios em jardins debaixo da dita, não era exactamente a programação que tinhamos em vista... ;)
    Mas ainda provámos um cálice de vinho do Porto, não exactamente nas caves (nem imaginas a multidão de excursionistas), mas numa lojinha da zona! ;;)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  16. Segundo dizem, VANI, os jardins são lindíssimos! (não deu por causa da chuva, né?)
    Aposto que a tua mãe também se vai fartar de rir com algumas peças da exposição! Quer dizer, não sendo ela ligada aos meios artísticos, não me parece que pedaços de cartão amarrotado, pincelado, escrevinhado ou fita-colado simbolizem "obras de arte"... no seu entender! =))
    E gostei muito da foto, que sempre me deu um "cheirinho" sobre a apresentação algarvia (encrispada, o tanas!)... :a
    Jinhos!

    Acho que vais gostar, PREDATADO! Especialmente pela arquitectura original, que também não fui assistir a nenhum concerto. Lacunas, meu caro, todos temos! :)

    Eh, CAPRICCIO, gostei de te rever por aqui! :)
    Visitei o museu propriamente dito, não a casa antiga ou os jardins (este devido ao mau tempo).
    A Casa da Música, pois, parece-me que merece uma visita de todos, suponho que um concerto terá uma sonoridade fantástica naquele espaço... :D
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  17. Tenho imensas saudades de passear por esses lados. :)

    ResponderEliminar
  18. E foi mesmo uma boa passeata, SU! :)

    ResponderEliminar
  19. Bem, afinal a minha mãe não vai :D. Mas contou-me que a prima dela ia morrendo de vergonha quando visitaram um museu de arte em lisboa (não me lembro o nome) e ela (a minha mãe) e a irmã (que também foi com ela e a prima :D) armaram uma barracada à força de tanto rir =))

    ResponderEliminar
  20. VANI, há coisas que só dão mesmo para rir! Desmesuradamente! =))
    Uma das "obras" era um vulgar mapa da Europa na parede, com uma faca de cozinha espetada na cidade de Zurique. E tinha um título pomposo, do género "De um certo ponto de Portugal, para um local não aleatório da Europa"... :D
    Imagino que em Lisboa e por esse país fora existam muito mais "obras de arte" deste tipo, mas o que é que queres, a nós só nos dá para rir com a "lata" de chamar aquilo "arte"! Somos uns toscos, é o que é... :))

    São bons mesmo, para recarregar baterias, LOPESCA! :D

    ResponderEliminar
  21. E bibó Porto, carago. Com tantas dicas para outras possíveis visitas volto a insistir numa visitinha ao Dragão, porque não! :d RIR

    ResponderEliminar
  22. Por acaso até passámos de carro por lá, PAULOFSKI, e o estádio pareceu-nos ter uma arquitectura aprazível. Mais que o do Sporting, certamente, que a mim aqueles azulejos lembram-me sempre uma casa de banho de mau gosto... :D

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)