segunda-feira, 30 de janeiro de 2017

UMA QUESTÃO DE CLASSE

Mais uma sessão do Clube de Leitura, desta vez com o último livro de Joanne Harris publicado em Portugal: "Uma questão de honra".

A história decorre no tradicional colégio de St. Oswald, onde um novo diretor e a sua equipa preparam mudanças que, para alguns professores da velha guarda, são demasiado radicais: admissão de raparigas, novas tecnologias, reduzir o tempo de aulas, como o Latim, e conceitos de psicologia mais modernos. Um dos professores que não está nada agradado com estes novos ventos é precisamente o velho professor de Latim, Roy Straitley, que vê a sua posição b sempre contestada por esta nova equipa, liderada por Johnny Harrington, um ex-aluno seu em 1981, com o qual embirrava particularmente, pois passava a vida a fazer queixinhas aos pais (e estes à escola). O pior é que está toda a gente fascinada pelo diretor, só Straitley parece saber ler o que lhe vai na mente mesquinha. E desconfia que não é nada de bom: "Mas as pessoas raramente mudam nos aspecto essenciais, apenas na crescente sofisticação dos seus vários disfarces."

Pessoalmente, adorei o livro, Como escrevia uma das minhas companheiras, tem uma grande reviravolta a meio com piada, o ambiente do colégio está muito bem caracterizado nas diversas fases, a personagem do velho professor  está bem caçada, as mudanças temporais exigem que se tenha alguma atenção, para não nos confundirmos. Como aconteceu com outra das nossas companheiras, que ainda não o acabou, mas diz não estar a gostar - a meio da discussão percebemos que não estava a perceber patavina do que estava a ler. Mas também quem é que se lembra de ir ler um livro destes, em simultâneo com outros dois, um deles o último da Ferrante em inglês?!? Não foi a única, outra também considerou o livro um pouco confuso. Mas pronto, no geral a malta gostou. Eu aproveitei para encomendar o livro anterior (outra história, que se passa no mesmo colégio, imagino que apenas com a personagem principal do professor), que estava em promoção na FNAC...

E sim, trata-se de uma fase muito diferente da de "Chocolate", de "Sapatos de Rebuçado" ou de "Cinco Quartos de Laranja". Aí todas concordámos! Mas se ela escrevesse sempre a mesma coisa, qual era a graça?

CITAÇÕES:
"[...] comportamentos que lhes teriam merecido uma repreensão, um castigo ou até uma régua naquele tempo, foram agora identificados como sinais de dificuldades de aprendizagem, hiperatividade, dislexia ou Deficit de Atenção (aquilo a que nós, nos velhos tempos menos compreensivos, chamávamos Falta de Atenção) todas as condições que exigem um tratamento sensível em vez de um chuto no rabo. " (pág. 51)

"Ele vê a aproximação da reforma com o entusiasmo desenfreado do capitão do Titanic quando avistou o icebergue pela primeira vez." (pág. 376)

"A história - disse - não é mais que a versão contada pelo lado que tem melhores registos. São os vencedores que escrevem os livros de história. Os vitoriosos pintam a verdade." (pág. 479)

*******
A próxima reunião terá lugar no dia 25  de Março, com o título "Deixei-te ir", de Clare Mackintosh.

20 comentários:

  1. Tomei nota para requisitar, mas não já.
    Ontem acabei de ouvir “The time in between” (um livro de poucas páginas; apenas 3 CDs) de David Bergen (canadiano) para um dos clubes de leitura. “Ru” de Kim Thúy (canadiana, nascida no Vietname) é o livro para o outro clube de leitura ao qual pertenço.
    Só para teres uma ideia das sugestões de leitura destes clubes. : ))

    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. "Ru" de Kim Thúy encontra-se na minha mesinha de cabeceira à espera que eu o leia.

      Eliminar
    2. Já tenho “Ru” mas ainda não o li. É para março. Os seguintes são: “A casa de férias com piscina” de Herman Koch (holandês), “His whole life” de Elizabeth Hay (canadiana) e “Bone and Bread” de Saleema Nawaz, também canadiana.
      Ainda não tenho a lista completa para o clube da outra biblioteca.

      Eliminar
    3. Tenho de ver se estes livros estão publicados em Portugal, CATARINA, que como sabes o mercado nacional é assim a dar para o restrito... :(
      Já agora vai dizendo se gostaste,claro.

      Beijocas

      Eliminar
    4. Esse livro "Ru", já deve ter esgotado, que a FNAC só tem um para venda e as outras grandes editoras nem isso. Só inglês ou espanhol. Uma tristeza,EMATEJOCA! :(

      Eliminar
  2. Duas autoras que não conhecia. As sugestões no nosso Circulo Literário são muito diferentes. Os membros do C.L. preferem romances com um cunho politico.

    Beijocas da amiga de sempre.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, por aqui evita-se esses livros de cunho político, EMATEJOCA, que ninguém aprecia por aí além... ;)

      Beijocas, amiga!

      Eliminar
  3. Na capa pode ler-se "Uma questão de classe":)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A Teté estava distraída. : ))

      Eliminar
    2. Eheheh, não deixam escapar nada, BEA e CATARINA. Na verdade escrevi o título do post tão automaticamente (confusão com o filme?!?), que saiu honra em vez de classe. Só reparei e emendei no dia seguinte... :)))

      Eliminar
  4. Ainda não li, mas tenho aqui muitos ainda para ler.
    Falaste em Chocolate, ai como adorei esse filme e o livro!

    Beijinhos Teté

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, MANU, é da mesma autora, mas noutra fase... :)

      Beijocas

      Eliminar
  5. E mais uma sugestão de leitura que registo.
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A tua lista deve estar longa, PEDRO... :)))

      Beijocas

      Eliminar
  6. Já li muitos livros dela. Gosto da sua escrita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos duas, TERESA DURÃES! :)

      Eliminar
  7. Já agora, leste do Zimmler o "Envageljo segundo lázaro"? Tenho na minha cabeceira.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, TERESA DURÃES. De Zimmler só li "A Sentinela" e não gostei por aí além. Mas tenho de ler outro(s) para confirmar (ou não) essa primeira impressão... :)

      Eliminar
  8. Não li e é possível que nunca venha a ler, não por opção mas simplesmente por falta de oportunidade (e quiçáz de interesse). E também porque a minha capacidade para leituras está em débito.
    Mas adiante.
    Gostei imenso da tua salsa, tão viçosa que se apresenta.
    Mas... e coentros?, é que são tão mais perfumados e saborosos...

    Beijokas temperadas com sorrisos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também semeei um vasinho de coentros, KOK, mas mais pequeno que esses duram pouco. Pessoalmente também uso bastante na cozinha... :)

      Beijokas sorridentes!

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)