domingo, 22 de janeiro de 2017

HARLEM 1958

Nunca poderia ter tirado esta fotografia, de autoria de Art Kane, até porque no dia e hora ainda não era nascida - 12 de Agosto de 1958, por volta das 10 da manhã. Em frente a um edifício de Harlem, Nova Iorque, retratando 57 músicos de jazz. Não tirei, mas tenho pena!

O insólito da foto não foi apenas reunir tantos músicos, mas a hora "madrugadora" em que foi captada. Tendo em conta que a maior dos músicos trabalhava em bares noite dentro até de madrugada, raramente estando "acordados" e disponíveis para o smile tão cedo. Mas parece que o fotógrafo freelancer lá os convenceu e certo é que ficou para a posteridade.

E não, as criancinhas sentadas na borda do passeio não faziam parte de nenhuma banda, eram apenas miúdos das redondezas que resolveram juntar-se ao grupo... porque sim! Consta que o fotógrafo, que já estava com dificuldade em agrupar os adultos, preferiu não fazer mais ondas...

Bom, mas se há fotografias com história, esta é uma delas, mesmo que atualmente só 2 dos 57 músicos ainda sejam vivos. Consegue aquela magia de nos transportar para um tempo que não existe mais, em que o mundo parecia mais simpático e inocente, e bastante menos perigoso. Será mera ilusão? 

Com ou sem música, tenham um...

ÓTIMO DOMINGO!

18 comentários:

  1. Uma bela foto com história.
    Bom domingo, também para ti, Teté. :)

    ResponderEliminar
  2. não conhecia, mas senti o peso da história que se cristalizou naquela imagem, e o cheiro de uma américa que já não há... bom domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, estou em crer que já não existe, BRISSEIS, mas nem por isso mudou para melhor... ;)

      Eliminar
  3. Que lindo, Teté!! E eu já tinha dez anos! Já estava a entrar para o liceu, mas nunca tinha visto. Gostei!

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostei, GRAÇA! Há fotos assim, que nos prendem... :)

      Beijocas

      Eliminar
  4. Não sei se o mundo era mais simpático, mas em certa medida a divulgação que hoje existe de todo e qualquer assunto, mata a inocência e talvez roube apetites. A vida ficou diferente, mas é natural que assim seja, em muito ano muito muda. E algumas situações mudaram para melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Parecer é diferente de ser, BEA, não nos esqueçamos dos gangsters que grassavam nas principais cidades e que não eram poucos, apesar de já ter passado a época da lei seca. E não sei se nesta data já era permitido que os negros figurassem nas capas dos seus discos, que houve tempos em que tal não era permitido... :P

      Tens razão, algumas coisas mudaram para melhor, outras nem por isso. São sinais dos tempos... ;)

      Eliminar
  5. A partir de sexta-feira o Mundo ficou mais perigoso.
    Disso não tenho dúvidas.
    Beijocas, boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O Mundo já era um local perigosos para se viver, o Trump só veio agravar um pouco a situação. Mas com ou sem ele, já era, PEDRO! ;)

      Beijocas

      Eliminar
  6. bela efeméride e bela foto, que imagino as dificuldades do fotografo, mas perigosos eram aqueles tempos com guerra do Vietname e a segregação que era bem violenta, com a guerra fria no seu auge e cheia de calafrios e um ano depois era deposto Baptista em Cuba e chegava Castro e por toda a América do Sul a CIA punha o dedo a escolher os seus políticos, pode parecer ingenuidade minha mas maus tempos eram aqueles.
    Bom resto de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é ingenuidade, não, URSO MISHA, que naquela altura o mundo também estava de pernas para o ar. E nem falaste no racismo vigente, no Ku Klux Khan, nos gangsters, no machismo, etc.e tal. Acontece que os tempos estão diferentes, nalgumas áreas houve progressos, noutras nem por isso, noutras a realidade é tão diferente que nem dá para comparar.

      Agora que pareciam um grupo animado e despreocupado, lá isso... :)

      Eliminar
  7. Não deve ser nada fácil, depois de uma noite de trabalho, haver paciência para aguardar por uma foto ! :)
    Ainda bem que foi conseguida e ficou para a posteridade ! :)
    Estranho é, como àquelas horas, já havia tanto miúdo por ali ! :)

    beijoca

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois não, daí que o fotógrafo deve ter sido especialmente paciente, até com os putos... :)

      Se calhar não estudavam, estavam à espera de crescer para ir trabalhar e ajudar os pais. Outros tempos, RUI!

      Beijocas

      Eliminar
  8. E eu também, porque só tinha 20 meses :)
    Não conhecia, mas gostei.

    Como o domingo já lá vai, desejo-te uma boa semana Teté.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, estavas a dar os primeiros passos da infância, ADÉLIA. Há tanto tempo que nem lembramos... :)

      Beijocas

      Eliminar
  9. Uma bela foto, Teté.
    Ficará/ficou para a posteridade, como o registo de um acontecimento único e histórico.
    Até eu a vou levar. Adorei, mesmo...:)

    Beijocas, boa semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gostei muito, JANITA: há momentos assim, irrepetíveis! :)

      Beijocas

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)