quinta-feira, 22 de agosto de 2013

MAIS DE MEIO SÉCULO DEPOIS!

Na sequência deste post, fica a imagem atual e recente de Vilar de Mouros. Sem novidade, já que as azenhas tinham desaparecido há muito e de ano para ano a ruína do edifício era cada vez mais visível. Não há dúvida que há um Portugal que desapareceu em nome da modernidade e ainda bem que assim é - ficar parado no tempo era alternativa bem pior!

De qualquer das formas, mesmo agora ao olhar para o que resta do edifício, vislumbro um pedaço da história da gente simples que ali trabalhou e viveu, como se aquelas paredes falassem das dificuldades de todo um povo subjugado por uma ditadura, tão comum na Europa do século passado e com ramificações que infelizmente crescem até hoje... 

Mas também é certo que a Natureza vai conquistando espaço, o arvoredo vai ganhando novas dimensões e o rio - de caudal mais exuberante, possivelmente devido às chuvadas deste inverno - continua a correr para o mar. Exigir mais para quê? A paisagem mantém toda a sua beleza natural.

(Obrigada pela foto, cunhadito!)

14 comentários:

  1. Nunca vi o rio com um caudal tão grande, mas que o local é lindo...lá isso é!

    Fica bem, ma belle.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É verdade, SÃO, raras vezes vi o rio com este caudal... :)

      Bons sonhos!

      Eliminar
  2. Tenho que lá voltar brevemente!
    Foto que nos dá muita serenidade!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é mesmo isso que o local transmite, festivais de música à parte, ROSA! :)

      Abraço

      Eliminar
  3. Um lugar muito bonit que tb gostaria de conhecer...
    : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eu gostaria de revisitar, CATARINA, mas não será em breve... ;)

      Eliminar
  4. Com ou sem ruína, o local parece bem bonito. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E é, LUISA, independentemente das ruínas ou até por causa delas... :)

      Eliminar
  5. A natureza é mãe de grandes inspirações. O lugar é lindo e poderoso pela sua naturalidade.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, NUVEMDOCE: ali a sensação é a de Natureza pura e um pouco selvagem... :)

      Eliminar
  6. Dentro de dias andarei por essa bandas, a caminho de Santiago.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E faz muito bem, CARLOS, que a zona é lindíssima... :)

      Beijocas!

      Eliminar
  7. Um local com muitas histórias para contar, Teté :)
    Beijocas e votos de bfds!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Certamente, PEDRO! :)

      Beijocas e bom fim de semana!

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)