terça-feira, 30 de julho de 2013

EM FÉRIAS DOUTROS TEMPOS...


... à séria, nunca prescindíamos de uma visita a este local. A foto é antiga (meados do século passado, segundo a legenda) e da net - há muito que desapareceram as azenhas. Mesmo assim - excetuando em dias particularmente movimentados e previamente estabelecidos - uma paisagem que sempre nos transmitia uma sensação de serenidade e descanso, para lá da própria beleza e do convite a uns mergulhos, quando as temperaturas estavam mais amenas...

Muitos banhos tomei neste rio, nem todos exatamente aqui: numa água sempre gelada, mas de uma transparência que nos permitia contar os seixos no leito do rio, se porventura o desejássemos.  Já em adulta e num fim de tarde com um grupo de amigos, resolveram ir todos ao banho. Friorenta, não fui. E foi a melhor opção, já que eles saíram da água refrescados, mas completamente picados por uns insetos que pairavam à tona d'água naquela hora.

A minha irmã está a programar uma visita àquelas bandas ainda este verão, já lhe "encomendei" uma fotografia atual do local onde fomos tão felizes noutros tempos. Sem recurso às técnicas de pesquisa da net, alguém sabe identificar o local?

post-scriptum -  se há "população" unida nesta terra, a das melgas, mosquitos ou insetos quejandos é uma delas: atacam tudo e todos de norte a sul, ontem como hoje, e são de uma ignorância tão crassa, que nem sequer sabem ler os rótulos de "repelente"!

ADENDA a 1 de agosto de 2013: Trata-se de Vilar de Mouros, nas margens do rio Coura, onde durante vários anos decorreu um festival de música com o mesmo nome, que tornou o local bastante conhecido dos portugueses mais jovens. Entre 1971 (1ª edição) e 2006 (última edição) foi palco de 11 festivais que reuniram artistas nacionais e estrangeiros. Nunca assisti a nenhum, mas a beleza do rio e daquela paisagem sempre me encantou. O primeiro a acertar foi o JP, via mail, logo seguido pela Rosa dos Ventos. Parabéns a ambos e obrigada a todos pela participação.

34 comentários:

  1. Sem recurso às técnicas de pesquisa da net, não sei identificar o local.

    Já tenho passado por um local semelhante onde tb tomei banho no rio mas fica em sentido oposto. : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, CATARINA, mas sentido oposto de quê, se não digo onde fica?!? Hummm... :)

      Eliminar
    2. Teté, porque não sendo capaz de reconher o local sem ajuda, recorri à net, ficando a saber exatamente onde era. Minho. Lado oposto: Algarve! : )

      Eliminar
    3. Bem que avisei que eram férias de outros tempos, CATARINA, que passei muitas no Minho! A água, essa, costumava ser gelada, tanto no mar como nos rios... :)))

      Eliminar
  2. Não me é estranhom mas idebtificar não consigo.


    Será para o MInho?...

    Beijufas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É no Minho, sim, SÃO! Para quem não consegue identificar, já não é mau... :)

      Beijocas!

      Eliminar
  3. Não sei identificar, mas deviam-se tomar ali umas belas banhocas!
    Bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois tomam, TERESA! :)

      Beijocas!

      Eliminar
  4. Um festival de mosquitos, não foi? :)
    Eu já identifiquei!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foi mesmo, ROSA! Já percebi que sim... :)))

      Abraço

      Eliminar
  5. Onde é não sei. Mas que é lindo, é!
    Tem algum avô por perto?

    Beijokas mergulhadas em sorrisos :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É lindo e muito calmante, KOK! Mas não lhe conheço nenhum avô por perto... :)

      Beijocas sorridentes, a meio dos mergulhos! :D

      Eliminar
    2. Não tem Avô por perto? Hummm... E é um çocal onde dão alguma coisa?

      Beijokas molhadas em sorrisos

      Eliminar
    3. Dar, dão, KOK! Música... :)))

      Beijocas sorridentes... com música!

      Eliminar
  6. Eu vou "atirar" para Rio Coura?????
    Mas acho que precisamos de mais umas dicas!
    Já cá volto.
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E atiraste muito bem, PAPOILA! :)))

      Sendo assim, mais dicas para quê??? :D

      xxx

      Eliminar
    2. Olha que espertinha fui :)))
      Estou quase vaidosa LOL
      xx

      Eliminar
    3. Estiveste lá muito perto, PAPOILA, só te faltou mencionar o local em si... :)))

      xxx

      Eliminar
  7. Esse local é-me muito familiar mas, como sempre, não consigo identificar. Espere aí... não será para os lados de Amarante?
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não, não é para os lados de Amarante, CARLOS! :)))

      Beijocas!

      Eliminar
  8. Sem recurso à net, não.
    Definitivamente, não.
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom, PEDRO, o local é bastante conhecido... ou pelo menos falado! :)

      Beijocas!

      Eliminar
  9. Não (re)conheço mas parece idílico ( mosquitos à parte é claro). Fico também à espera da foto atual. Sempre gostei das comparações "antes"/"depois". :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A foto atual ainda vai levar algum tempo até publicar, LUISA! E também gosto dessas comparações... :)

      Eliminar
  10. Já vi que não é onde onde eu pensei... mas just for the record posso acrescentar que nos Arcos de Valdevez há uma muito parecida!
    Lá está... Arcos de Valdevez e Paredes de Coura ficam pertinho pertinho... ambas no coração do alto Minho!
    (onde está o meu coração!)


    Beijinhos minhotos
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que sim, AFRODITE! Só que este é mais conhecido em todo o país, via um festival musical que ali se realizou durante vários anos seguidos... :)

      O Minho é lindo! :D

      Beijocas!

      Eliminar
  11. Também cresci junto de um rio pequeno e brinquei muito no rio, nas longas 'férias grandes' que pareciam intermináveis...agora vivo as memórias desse tempo, apesar das melgas e mosquitos! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O meu pai nasceu no Minho, TÉTISQ, mas só visitávamos a região durante as férias dele, que eram curtas, na época. Mesmo assim, tomei banho em alguns daqueles rios em criança, já que o mar nem sempre o permitia... :)

      Eliminar
  12. O Woodstock português, Teté?
    Nem por sombras lá chegava!
    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Exatamente, PEDRO, embora nunca lá tenha estado num festival desses! :)

      Beijocas!

      Eliminar
  13. Já passei aí muitas vezes, mas não reconheci. Se vou um dia destes por aí, tiro uma foto para ti. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A foto é antiga, SUN! Se tirares, envia que vou gostar de ver na atualidade e junto à da mana... :)))

      Abração para ti!

      Eliminar
  14. Oh my God! Ainda ano passado lá estive... Um lugar que marcou- e de que maneira...- a minha juventude. Continua belíssimo, mas bastante diferente do Vilar de Mouros que eu conheci nos anos 60.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O CARLOS bem disse que conhecia, mas o foto é antiga, as azenhas já desapareceram... :)

      Beijocas!

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)