sexta-feira, 5 de julho de 2013

ÁGUAS PASSADAS...

... não movem moinhos? Há ditados populares que entendo, mas que nem sempre aceito como verdade  absoluta e universal. Este é um deles, porque mal de nós que não aprendêssemos com o (nosso) passado...

E "água mole em pedra dura, tanto bate até que fura"? Pois, até pode ser, mas quantos milénios dura esse processo?!? Para além de depender muito da pedra, que isto de "pedra e cal" tem dias que sim... e outros que não!

Como muito bem diz o Rui da Bica, a lógica não é uma batata! Mas desta vez nem é para decifrar a lógica da sequência fotográfica, em vários passeios domingueiros (e não só, eheheh!), com motivos e perspetivas diferentes. 

Por Lisboa, que o mar e as férias ainda me parecem muito longínquos... e a "marcação" está complicada. Mas para refrescar um bocadinho desta caloraça, há melhor do que "passear" junto de várias águas, passadas ou não?

Fontes de inspiração há por toda a cidade. Na blogosfera, também. No caso desta última foto, ela veio direta de uma foto publicada pela Afrodite que, não sendo tão talentosa em termos fotográficos, teve o condão de captar um laivo de arco-íris...

UM REFRESCANTE FIM DE SEMANA PARA TODOS!
(com ou sem férias incluídas...)

22 comentários:

  1. Andas inspirada fotograficamente! Olha que belas fotos!
    Obrigada, e tu tb, que o teu fim de semana seja muito colorido como estas letras! : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isto entre experimentar a máquina e tirar fotos para o passatempo deu para tudo, CATARINA! :)

      Abraço!

      Eliminar
  2. Gosto muito de provérbios, a sabedoria popular tem sempre um fundo de verdade, embora nos pareçam por vezes contraditórios. E valha-nos a água nesta época escaldante (em vários aspetos!)
    Bjs e bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que a água é fundamental em mais que um aspeto, TERESA! Refresca por dentro e por fora. E até ao olhar... :)

      Beijocas!

      Eliminar
  3. Eu adoro provérbios e digo-os muitas vezes...se pensarmos bem a grande maioria até faz sentido.

    Lindas imagens, muito refrescantes para estes dias que não se aguentam com tanto calor :)

    Beijinho e bom fim de semana :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fazer sentido até fazem, mas também os há para todas as situações, MARIA! Tens aquele do quem espera, desespera e o outro de quem espera sempre alcança... Então, em que é que ficamos?!? :)))

      Obrigada e beijocas!

      Eliminar
  4. Aqui, o fim de semana é sempre refrescante, Teté!

    Gosto muito das fotografias, sendo a segunda a minha favorita.

    Também eu tenho a mania dos provérbios, e como a minha visão está sempre no presente ou no futuro, mas nunca no passado, costumo usar muito o primeiro provérbio.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh, EMATEJOCA, o meu filho regressou recentemente da Alemanha (e sim, também esteve na tua Dusseldorf, que foi a cidade que visitou que mais gostou), na maior parte das fotos aparece de blusão e até de gorro... Mais refrescante que isso, só talvez na Suécia, ou no Pólo Norte... :)))

      As duas primeiras fotos foram candidatas ao passatempo, mas acabei por me decidir pelos manjericos... ;)

      E claro que o passado é passado, não vale a pena viver nele, mas convém aprender com os erros que porventura cometemos... :)

      Eliminar
    2. Beijinho ao teu filho, que tem muito bom gosto: Düsseldorf é, na verdade, uma cidade muito interessante, embora não tão bonita como a cidade invicta.
      Ah! Ah! Ah!

      Hoje, ele não precisava nem do blusão, nem do gorro. Claro que é sol de pouca dura.

      Da fotografia dos manjericos também gostei muito, principalmente por ser diferente das outras, mais original.

      ERROS, EU???

      Eliminar
    3. EMATEJOCA, ele visitou várias cidades alemãs (em 6 dias), sei que esteve em Dusseldorf, Bona, Frankfurt, noutra próximo das fronteiras com a Bélgica e a Holanda, mas diz que foi de Dusseldorf que mais gostou. Não sei se foi aí, que se fartou de rir com as despedidas de solteiros, que viu à fartazana... :)))

      Comparações com a Invicta não posso fazer, porque conheço mal o Porto e nunca estive na Alemanha. Nem acho que cidades de países e culturas diferentes sejam muito comparáveis. E mesmo as do mesmo país, também não creio... ;)

      Oops, qual erros, qual carapuça? Mulheres perfeitas nunca os cometem... ;)

      Eliminar
  5. Isto dos provérbios tem muito que se lhe diga e, o mais curioso é que normalmente cada um tem também o seu contrário. Só um exemplo:
    Não há duas sem três ou à terceira é de vez.
    Um bom fds também para si
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sim, CARLOS, os provérbios têm toda essa maleabilidade. E se juntar a esses dois a tal água mole em pedra dura, podem até ser muito mais vezes, até se obter o resultado pretendido. Ou não! :)))

      Beijocas!

      Eliminar
  6. Mas na maioria dos provérbios, bem lá no fundo, há sempre algo de verdade.
    Não há fumo sem fogo, nem conheço nenhum que não me pareça verdadeiro.
    Beijinho Teté

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Todos têm um fundo de verdade, KIM, mas também os há para quase todas as situações, mesmo que contraditórias... Daí não serem muito fiáveis! :)

      Beijocas!

      Eliminar
  7. Vou ficar por casa, pois Gaspar arruinou tudo e até o Fundo de Pensões está em risco...

    Bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E com este calor dá para ir para algum lado, SÃO?!? Só se for para derreter mo caminho... Pelo menos há hora do braseiro! ;)

      Beijocas!

      Eliminar
  8. Águas refrescantes... é o que precisamos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer, LUISA! Mais que não seja, para refrescar a vista... :)

      Eliminar
  9. "ÁGUA", depois de "calor" deve ter sido uma das palavras que mais se pronunciou por estes dias ! :)) ... e realmente é estimulante senti-la, vê-la, ou simplesmente falar nela ! rsrs
    E na verdade, não sendo a lógica uma batata, a verdade é que fizeste um post com a "lógica" da água, presente em todas as fotos e que realmente eu não me atreveria a identificar ! rsrsrs
    A verdade é que me senti mais fresco ! :)))

    Beijocas frescas, Té ! :)))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh, RUI, ainda pensei nisso, mas uma pata e um patinho a nadar num lago não são facilmente identificáveis. As duas últimas talvez fossem interessantes, mas ficava muito mais fácil para os lisboetas. Quer dizer, para quem conhecer os locais, que julgo serem quase todos os que moram por estas bandas e arredores... :)))

      E sim, só dá vontade de mergulharmos nela, mas com este calor alguém aguenta praia? Eu, não! Resta-me a banheira... :D

      Obrigada e beijocas fresquinhas para ti também!

      Eliminar
  10. Sem água não há vida, é o que consta. Também a bebo, mas sem exageros.
    Porque nestes dias (e noites) de calor sou mais de sumos, preferivelmente de cevada e lúpulo.
    Manias!

    Beijokas refrescadas com sorrisos :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tenho bebido bastante sumo de cevada, KOK, que segundo os entendidos tem 70% de água... mas refresca melhor! :)))

      Beijocas sorridentes e refrescantes! :)

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)