sexta-feira, 22 de maio de 2009

PEIXINHOS DA HORTA

A pedido de muitas "famílias" (cof, cof... algumas... bem... foram só quatro!), lá resolvi trocar a fotografia (há quem não goste de ver os "caracoles" à mesa), o post e a travessa.

"Peixinhos da horta" é uma das minhas predilecções gastronómicas, desde o tempo em que andava na escola primária e ia almoçar a casa da minha avó com frequência, até porque ambos os prédios se situavam na mesma rua. Ora cá a Je sempre foi "pisca" a comer - para grande ralação dos parentes mais próximos - mas "peixinhos" marchavam que nem ginjas. Vai daí, era rara a semana em que não provava este pitéu, para satisfação de todos, que a menina comera lindamente...

Quando comecei a cozinhar diariamente (que é como quem diz, quando casei, vinte e tal anos mais tarde), de cozinha só sabia o trivial, excepto um prato ou outro mais sofisticado, mas lá me fui desembaraçando, com telefonemas à mamã e consultas a livros de culinária - nessa época, já a minha avó tinha morrido. Um belo dia, confiante nessa nova arte de cozinheira, resolvi fazer os ditos pastelinhos. Péssima ideia: uma grande trabalheira, uma grande sujeira, para no fim o feijão verde fugir para um lado e o polme para outro na frigideira, nada que se pudesse aproveitar como refeição. Nunca mais repeti a dose!

Até que um dia destes (a 26 de Abril deste ano, mais precisamente), o PreDatado colocou uma receita de "peixinhos da horta" lá no seu canto. Hummm... será que é desta?!

Assim, ontem armei-me de coragem - alguém aprecia fiascos? - dispus todos os ingredientes em cima da banca (também lá estão os ovos, grandes, mas tão tímidos que rebolaram para trás da tigela!) e coloquei a mão na massa. De princípio desiludi-me um bocado, que parecia estar a engranitar. Mas depois, com a ajuda de uma vara de arames, foi ao sítio.

Não se aprende nada na blogosfera?! Ai não, que não se aprende!!! Para quem quiser, a receita figura no 3º post daqui (aí não consegui arranjar melhor, que em arquivo não me dava o link, se alguém souber agradeço a explicação). E ao "mestre cuca" PreDatado o meu imenso obrigada, que os "peixinhos da horta" estavam uma delícia! (não se pode comprovar na foto, mas pronto!) Nham, nham...

BOM FIM DE SEMANA!

34 comentários:

  1. Para quando uma internet que permita degustar delícias gastronómicas e não só ficar com água na boca, ó senhores engenheiros de telecomunicações???!!!

    ResponderEliminar
  2. Não como peixinhos da horta à imenso tempo.
    Esses têm bom aspecto :)

    ResponderEliminar
  3. ADORO! É um dos meus petiscos preferidos, boa ideia para este fim de semana. Acabadinhos de fazer, melhor.

    Beijinhos, Teté

    ResponderEliminar
  4. Tem boa pinta, e não como esses caracolitos que parecem espanholitos. Vou tentar mas comendo dos dedos como o predatado diz que faz :)

    ResponderEliminar
  5. têm pinta de ser bons, são famosos, obviamente, mas creio nunca ter tido a possibilidade de os degustar. pior para mil, claro, que têm um aspecto de descontrolo salivar :D

    ResponderEliminar
  6. Nunca provei mas certamente aprovaria :) adoro peixe e afins . E na net saco muitas receitas deliciosas . Beijocas Tete e um bom fim de semana . Minhas visitas andam escassas mas é pura falta de tempo . Acredite .

    ResponderEliminar
  7. Hás-de ter muitos amigos com esse feítio! Até me babo só de olhar! Junta com os caracóis, hummmmmmmmmmm!

    ResponderEliminar
  8. Que chatice o meu comentário desapareceu. Os meus comentários ficam duas, e mesmo mais vezes ou
    desaparecem.

    Volto mais tarde!

    ResponderEliminar
  9. Ora bolas que eu nunca experimentei!!! E eu adoro feijão verde!! Das duas uma, ou me encho de coragem como tu e experimento (ai a minha cozinha, acabei de a limpar...) ou peço a uma das avós, ou até à mami, bem mais experimentadas nessas lides (confesso q não sou grande aventureira nem grande cozinheira, mais por enfado e por mania de inventar do q outra coisa...)...mmmm...e logo agora q é h de almoço...estou com a sun!!!

    ResponderEliminar
  10. São muito bons realmente e até dá para fazer uma verdadeira caldeirada com o pescado da horta. Bróculos, couve-flor, cenourinhas, folhas e courgetes pequeninas, rebentos de vários legumes, é só inventar!

    ResponderEliminar
  11. Eu de vez enquando também faço, pois a minha garotada gosta e eu também.

    A minha mãe fazia muitas vezes pois era a unica maneira que havia de eu comer feijão verde.....ahahahah

    E são uma delicia.

    Beijokitas e bom fim de semana.

    ResponderEliminar
  12. Não como há imenso tempo mas confesso que não sou muito apreciadra. E quando se fala em peixinhos da horta lembro-me de iediato de pataniscas (vá-se lá saber porquê) que adoro!

    ResponderEliminar
  13. que tipo de alimentação se dá a esses peixinhos?
    são de agua doce ou de agua salgada?

    ResponderEliminar
  14. Eu prefiro mesmo daqueles peixinhos de verdade... , mas que até têm bom aspecto, têm!

    :)

    ResponderEliminar
  15. É isso que me falta...coragem para arriscar!
    Culinária não é o meu forte!

    beijos
    ps:parecem deliciosos.

    ResponderEliminar
  16. Olá!!! Qual a origem do teu “nick” e os mistérios que estão por trás dele??? Diz-nos tudo em http://sexohumorprazer.blogspot.com/ , por curiosidade ou simples “cusquice” gostaríamos de sabe-lo!!! Agradecido antecipadamente pela colaboração, HCL

    ResponderEliminar
  17. É bom, é bom!

    O que acho estranho é utilizares tal marca de cerveja...

    ;)


    Bj.

    ResponderEliminar
  18. Olá Teté!

    Para acompanhar os "Peixinhos da Horta" - um desafio do Rio de Janeiro:

    1 – A pessoa selecionada deve fazer uma lista com oito coisas que gostaria de fazer antes de morrer.

    2 - É necessário que se faça uma postagem relacionando estas oito coisas, não importando o que seja; é necessário que a pessoa explique as regras do jogo.

    3 – Ao finalizar, devemos convidar oito parceiros de blogs.

    4 – E finalmente, deixar se possível um comentário para quem nos convidou, e informar os convidados.

    ResponderEliminar
  19. Já que os meus explicandos de matemática não conseguem perceber patavina do que eu lhes vou ensinando ao menos que alguém aproveite outros ensinamentos. Bom proveito. Fiquei com água na boca, é claro, pois desde o dia em que os fiz ainda não voltei a comer. Entretanto ontem fiz cá um arroz-doce :)

    ResponderEliminar
  20. Eh, eh, eh, SUNZINHA, acho que ainda vais ter de esperar um bocadinho... (`_*)

    Tinham bom aspecto e não só, LOPESCA! :)

    É verdade, ISABEL, acabadinhos de fritar são mais saborosos! :)
    Beijinhos!

    Cada um tem o seu jeito de praticar a sua arte culinária, CONDADO! Não me pronuncio sobre as alheias... :)))

    ResponderEliminar
  21. Nem sabes o que perdes, MOYLITO! São booooonnns!!! :D

    Somos duas, TONS DE AZUL! :)

    Eh, eh, eh, MYLLANA, estes de peixe só têm o nome: são feitos com feijão verde! :D
    Pois é, nem sempre há tempo para tudo... ;)

    Pronto, INÊS, já percebi que nos próximos tempos as travessas acabaram-se de todo, para não correr o risco que inundar o bloguito com saliva... :)))

    ResponderEliminar
  22. Então volta, EMATEJOCA!
    (essa dos comentários é chato, mas não sei como ajudar...)

    Bom, confesso que com farinha, polme onde se envolvem os feijões e fritos em óleo, sujam um bocadinho, VANI! Mas as vovós ou a mami é sempre uma solução de recurso... :D

    Caldeirada por caldeirada, sempre prefiro a do mar, PAULOFSKI! E couve-flor é que nem vê-la... blargh! Mas não sou muito de inventar na cozinha! :)

    São não são, PARISIENSE? Se soubesse, até já te tinha pedido a receita... :)))
    Beijokitas, nina!

    ResponderEliminar
  23. Já reparei que temos gostos pouco parecidos, TERESA DURÃES! Vá, que que pataniscas também gosto... :)

    Estes peixinhos são mais da laia de servirem de alimentação, em vez de serem alimentados, VÍCIO! :P
    O sal é a gosto... :D

    Também gosto de peixinhos de verdade, PAX! De alguns... :)

    Bom, GATINHA, o mais que pode acontecer em arriscar... é não sair grande coisa!
    Gosto de cozinhar e de variar de vez em quando, mas é óbvio que cada um(a) tem os seus próprios dotes!
    Beijocas!

    ResponderEliminar
  24. Já lá passo, ÁCIDO CLORIDIX, mas mistério não tem nenhum... :)

    Gosto desta cerveja, que é mais barata e com menos teor alcoólico, CAPITÃO! :D
    Beijoca!

    Já lá passo, LOPESCA! :)

    ResponderEliminar
  25. Já vou visitar-te e ver esse desafio, EMATEJOCA! (como se nota, não andei muito por aqui este fim de semana)

    Pois eu delicio-me com os teus ensinamentos culinários, PREDATADO! Não sou de fazer doces (nem grande apreciadora dos ditos), arroz doce já fiz... na Bimby! :D

    ResponderEliminar
  26. Olá Teté!

    Os "Peixinhos da horta" levam-me ao meu tempo de menina e moça. Em nossa casa quem os fazia era o meu pai (padrasto). Ele gostava muito de cear, e quando chegávamos a casa do teatro, ele tinha a mania de fazer os ditos "peixinhos", caso não fossemos cear a um restaurante.
    Nunca mais comi os "peixinhos da horta" desde que o meu pai deixou este mundo.
    Quando casei não sabia estrelar um ovo, e agora só sei o trivial da cozinha alemã. Nunca tentei fazer os "peixinhos da horta" porque dão
    uma grande trabalheira, e eu detesto cozinhar.
    Mas este texto não só me deixou com saudades dos "peixinhos da horta" como meu deu vontade de os fazer.
    Bem, espero que não seja um fiasco como o Bolo de Laranja da receita, que me mandou o Artista Maldito.

    PS: Ao ver a fotografia fiquei com um apetite louco aos "peixinhos da horta". A fotografia mostra um "peixinhos" muito apetitosos!!!

    ResponderEliminar
  27. Há sabores que nos trazem recordações de outros tempos, EMATEJOCA! Este, para mim (e, pelos vistos, também para ti), é um deles...

    Mas gosto de cozinhar e de ir experimentando novas receitas. Essencialmente de salgados ou de petiscos. Óbvio que diariamente também cansa um bocado! E sim, de vez em quando, também opto por algumas alternativas.

    Os "peixinhos" estavam bons mesmo... :)

    ResponderEliminar
  28. desta vez conseguiste irritar-me!! fazer-me zangar!!! que raiva!!!1 então tu fazes peixinhos da horta e... não me convidas??? nem sequer ao menos guardas um para mim????????? vais pagá-las!!!!!!!!!!! :(

    ResponderEliminar
  29. UI! Oh p'ra mim cheia de medo, ESCARLATE.DUE!

    :)

    ResponderEliminar
  30. Blergggg nem peixinhos da horta, nem pataniscas... blerggg prefiro os "caracoles"
    Non me gustan los polmes fritados! ehehehehe :p

    Mas têm bom aspecto, confesso..

    Beijooooo ;))

    (a minha última aventura na cozinha foi: chocos guisados com batatinhas e ervilhas e umas gambitas pra enfeitar loooool Bem bom que estava!)

    ResponderEliminar
  31. Lá está, TÁ-SE BEM!, cada um com os seus gostos... :)))

    As pataniscas não são exactamente um polme, mas uma massa que leva bacalhau.

    Por acaso também prefiro lulas a chocos e faço bastantes vezes com batatas, cenouras e ervilhas guisadas! Todos gostam cá em casa!

    :D

    Beijooocas!

    ResponderEliminar
  32. Anónimo2/22/2013

    Esta receita http://www.receitasja.com/peixinhos-da-horta/
    estava muito boa. Agora vou fazer a tua, exprimenta esta

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)