quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

PORNOGRAFIA

Fico sempre pasma com as preocupações paternais de preservar os seus rebentos de assistir a qualquer tipo de filme que envolva um conteúdo sexual. Hello!!! Acordem!!! Os putos não vêem os "morangos com açúcar" sossegadinhos? Pois, há lá mais "frutas" para além dos morangos...

Alguém alguma vez precisou de um computador ligado à net para assistir a um filme erótico ou pornográfico? Alguém vivo, entenda-se, porque antes da invenção dos Lumiére obviamente era impossível, antes só existiam fotos sem movimento! Mas para manter a moral e os bons costumes portugueses, o novíssimo e badalado Magalhães vem equipado com um "controlo parental", para quem saiba e o queira accionar. Equipamento de grande interesse, como refere o Faxavor, facilmente violado por qualquer puto mais dotado de conhecimentos informáticos. Para que não haja ilusões, os miúdos de hoje parece que já nascem com um chip do sistema incorporado!

Mas voltando atrás, alguém perdeu uma cena desses capítulos por falta de PC? De TV por cabo? De DVD ou de vídeo? De cinemas "piolho"? De projectores de filmes em 8mm? Então, estão à espera de quê? De remar contra a maré?!

Só para chatear, hoje não há fotografia! :)))

27 comentários:

  1. Poupam-lhes corpos nus mas não violência a todas horas. E depois continua a haver adolescentes grávidas e com enfermidades de transmissão sexual.

    http://www.rtve.es/noticias/20081209/sanidad-lanza-una-campana-para-evitar-los-embarazos-adolescentes/204455.shtml

    ResponderEliminar
  2. COm um título destes, hoje impunha-se fotografia! Ou mesmo várias! ;)

    Beijoca!

    ResponderEliminar
  3. Sou inteiramente da mesma opinião, proibir, tentar esconder, não resolve. Explicar, ensinar, estar atento sim mas isso dá muito mais trabalho, não é?

    Desde de que se saiba formar, educar não vejo porquê ter medo. Faz parte da vida como tantas outras coisas…
    Mas isto digo eu que sou apenas filho…

    Beijinhos,
    FATifer

    PS – não colocas foto para não dizerem que foi no teu blog que virão pela primeira vez! :P

    ResponderEliminar
  4. para não falar das famosas revistas que passavam de mão em mão!

    ResponderEliminar
  5. Por acaso eu acho que os putos devem ter (têm!!) acesso a tudo. A partir daí só depende do tipo de informação que lhes fornecemos e das vivências que lhes proporcionamos, para que façam as suas próprias escolhas.
    Proibição? Aguça sempre a violação

    ResponderEliminar
  6. Maior pornografia que muitas imagens de violência, fome e miséria das noticias à hora do jantar, não deve haver. Até a mim traumatiza mais que qualquer imagem de sexo que possa ter visto na infancia.

    Beijos :)

    ResponderEliminar
  7. Ah, um ganda bico d'obra para os pais, mas, se não virem os ditos em casa, vão a casa de amigos fazer trabalhos de grupo e os papás não estão! Quando querem sabem-na toda e realmente também me parece que já trazem o chip incorporado, ora nem mais!...Beijinhos, eles aprendem sempre, como nós aprendemos, mas vá lá, no meu tempo era tanta a burrice que...nem digo mais nada!...

    ResponderEliminar
  8. Podias ter sacado um vídeo, Teté.

    ;)

    ResponderEliminar
  9. se se preocupassem com cenas de violencia...

    ResponderEliminar
  10. se precisares de fotos para o post, avisa... :D

    ResponderEliminar
  11. É isso mesmo, SUN, a violência é aceitável, uma mama ao léu nem por isso! Raisparta estes moralistas!

    Impunham-se, RAFEIRITO?! Não sabia que eras assim tão fãzoca dos "morangos"... :)
    Beijoca!

    Mesmo apenas como filho, FATIFER, deves perceber que os teus pais (eventualmente avós) viram imagens dessas na mesma, quando ninguém tinha um PC em casa...
    Todas as teorias são muito bonitas, mas não há como evitar a curiosidade juvenil!
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  12. Realmente, é um bocado parvo.
    Ao dizerem que aquela amostra de computador tem controlo parental, estão mesmo a pedir que se viole essa regra! Parece que nunca foram crianças. É precisamente o acesso estar vedado que desperta o interesse! DDDDDDDDDAAAAAAAAAAAHHHHHHHHHHH!

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  13. EXACTO! A pornografia estará sempre ao alcance da curiosidade. E o fruto proibido é sempre o mais apetecido!

    Os meus pais não me deixavam ver filmes de terror por eu ser uma criança bastante impressiónável. Contudo, a cassete com o Poltergeist nunca esteve escondida...como a proibição aguça o apetite, lá me meti a ver aquilo às escondidas e...BEM FEITA! Não dormi durante uma semana... loooooooooooool.

    Quanto à pornografia, como já contei no faxavor, aos dez anos fui levada para a casa do pai de uma colega (que tava na cama com a namorada enquanto nós viamos as cenas) para ver filmes porno e de guerra...bem, o que é certo é que nunca mais quis ver nenhum looooooooool!

    ResponderEliminar
  14. Oh, Oh, TERESA DURÃES, essas revistas passavam de mão em mão, como no tempo dos nossos pais e avós passavam umas fotografias mais "arrojadas"... como a Marilyn Monroe nua! :)

    Os putos têm acesso a tudo, ESCARLATE.DUE! Se não for no Magalhães, no PC dos pais, na televisão, em casa de um amigo...
    Proibições destas não resultam!

    É, PAX, a violência entra-nos casa adentro a qualquer hora do dia, em imagens quase directas e reais, mas ninguém parece achar isso preocupante. Uma mama ou um pirilau é que não pode ser... ;)
    Beijocas!

    ResponderEliminar
  15. Eh, eh, eh, LAURINHA, ainda me ri com essa do "bico d'obra", muito adequado ao texto...
    Mais a sério, não há volta a dar, os putos são curiosos, se não vêem em casa vêem noutro lado qualquer!
    E podes crer que eles já nascem com um "chip" incorporado, no nosso tempo não existiam essas facilidades de computador para cá ou para lá, mas nem por isso deixávamos de ver...
    Beijoquinhas, nina!

    Para quê, CAPITÃO? Tu nunca os consegues ver... :)))

    Ná, VÍCIO, a violência é normalíssima para estes "grandes educadores"! (não vou acrescentar "da classe operária", para não ficar conotada com o antigo camarada Arnaldo Matos)
    Ah, quanto a fotos para o post, da próxima vez já sei quem devo consultar... :D

    ResponderEliminar
  16. Um bocado parvo?! Faxavor, MATCHBOX31, muitíssimo parvo está de bom tamanho! :D
    É, parece que toda a gente se esquece que algum dia foi criança e tinha curiosidade sobre esses temas...
    E que o fruto proibido é apetecível, 'tá claro!
    DAAAAAAHHH, mesmo!!! :)))
    Jinhos!

    Ah, VAN, já era crescidinha quando vi o Poltergeist, garanto que me impressionou imenso. Mais do que qualquer filme erótico ou porno, que tenha visto anterior ou posteriormente.
    E não quis aqui introduzir relatos sobre miúdos que vão para casa de amigos, nos tempos livres,(também) para ver esses filmes, porque é, foi e será igual há várias décadas!!!
    Para esta hipocrisia, só dá uma grande lolada...
    LOOOOOOOOOOOOOOOOOLLL!

    ResponderEliminar
  17. Questão: Adianta esconder??

    Penso que nos dias que correm o corpo é uma imagem banalizada, pelas ruas há publicidades (às paletes) de corpos semi nús...A televisão em horários ditos "familiares" e "nobre" passam filmes que já passaram no mesmo canal desta com O(vermelha). Este facto não se percebe.
    Os Morangos, são outro fenómeno. A partir do momento em que ouço "crianças" a dizerem que aquilo retrata mesmo a vida delas, fico parvinha da minha vida. E depois, uma série que está destinada para maiores de 7(se me engano, tá por perto), mas que se sabe que crianças de 4,5,6 anos vêem nos infantários e ATL's e afins...uma série que no verão(periodo em que a canalha tá sempre em casa àquela hora) passa imagem de cenas de sexo a 3!

    Bem...Teté...alonguei-me!Tudo para dizer que é a mentalidade que tem de mudar, principalmente quando estamos a falar da formação das camadas mais jovens que estão numa fase de modelação social. Altura em que tudo o que está à sua volta é apetecível para as suas mentes frescas e cheias de vontade do novo...


    .:S

    ResponderEliminar
  18. Oh páh, eu não fui de livre vontade, fui arrastada... :-p tipo, se não vieres nunca mais te falo! Isto, aos dez anos...:D

    ResponderEliminar
  19. e não há foto porquê?

    se não fosse importante a pornografia não tinha o sucesso que tem. se não houvesse falsos moralismos não haveria pornografia pelo que acho que ver pornografia é lutar or uma sociedade melhor:)

    ResponderEliminar
  20. Olá linda cheguei.......

    Com um titulo destes eu estava a espera da foto......
    Mas pronto lá terei de ir a Tv Cabo....ahahahhaah

    Beijokitas grandes

    ResponderEliminar
  21. Olha que nunca tinha pensado nisso, mas é óbvio que não: todos podemos ver desde que se queira...

    Claro que deve haver mais variedade... mas não é certamente por isso que se acede mais.

    bsj

    ResponderEliminar
  22. Não custava nada por uma fotografia dos "morangos com açucar"! Pois não?
    Beijinhos linda :)

    ResponderEliminar
  23. Mais um post que me leva aos meus tempos de miúda! Não é isso que já estás a pensar...ai,ai,ai! Lembro-me de ir arrumar os quartos dos manos e encontrar revistas escondidas debaixo dos colchões! e claro, não queria ver nada, as folhas é que viravam com o sacudir dos lençóis e cobertores!

    e mais uma vez, o teu "nina" encheu-me de alegria! Um xicoração grande

    ResponderEliminar
  24. É das ais coisas que se repetem... repetem... repetem...
    Só que hoje, como é tudo mais "descarado" nota-se mais os falsos moralismos

    ResponderEliminar
  25. Suponho que pouco adianta, S.A.!
    E sim, eles acabam por se identificar com a porcaria da novela, que copia tudo o que há de pior nos miúdos - as más-criações, as respostas tortas a pais e professores, as mentiras, etc. e tal. A actividade sexual entre menores é só mais um item a acrescentar à lista.
    Aí é que bate o ponto: educar não é proibir!
    Estás à vontade para te alongares sempre que quiseres... :)))

    Oh, VAN, mas acaba por dar no mesmo, tenhas sido "chantageada" ou tenhas ido de espontânea vontade: facto é que viste! Tu, como todos os miúdos que queiram ver, por curiosidade ou outro motivo qualquer... ;)

    Já sei, MOYLITO!
    Para a próxima prego aqui uma foto dos morangos (ARGHHH)... :)))
    E sim, também é um grande negócio para alguns!

    ResponderEliminar
  26. Mal chegaste e já começas a criticar a falta de foto, hein, PARISIENSE?! :)))
    Então vai lá à TV Cabo e depois diz-me se gostaste do que viste, eh, eh, eh!
    Beijokinhas, nina!

    Oh LEONOR, até acho que não ajuda muito os miúdos (especialmente os mais pequenos) a perspectivarem o que é uma relação sexual, mas proibir e controlar para quê? Se eles não vêem em casa, vêem noutro sítio qualquer... ;)
    Jinhos!

    Por acaso custava um bocadinho, CAPRICCIO! Isto porque não gosto de "publicitar" aquilo que não gosto... :)
    Beijoca, nina!

    ResponderEliminar
  27. E a janela aberta também ajudava a que as revistas se folheassem sozinhas, não, INÊS??? :)))
    Haja alegria, então!
    Xi-coração para ti também!

    Pois, INÊS, concordo que hoje haja mais facilidade, mas nem por causa das maiores dificuldades de outrora os putos deixavam de ver, né?
    E não, não tenho nenhuma pachorra para estes falsos moralismos! ;)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)