quinta-feira, 9 de agosto de 2007

REMÉDIOS PARA AS IRRITAÇÕES

Como era previsível pela minha hora de nascença, 00h55m, sou noctívaga por natureza! Quando estou irritada, piora um pouco...

Utilizo três remédios para a irritação:
- Um bom banho de imersão, com muita espuma;
- Conversar e rir com os amigos, “ao vivo”;
- Ler um livrinho, aqui à mão.

Não só por coincidência, calhou tudo nestes dias, não especificamente por esta ordem. O meu cunhadito fez anos ontem, combinou um jantar num restaurante com familiares e amigos mais próximos, dos que ainda pairam por Lisboa, entre os 8 e os 82 anos. Foi uma risota completa. Claro que alguns ainda não sabiam do despedimento da B., mas o ambiente era de festa, ela não foi lá para amargurar ninguém. Julgavam o quê, que a malta não se apoia nessas andanças menos boas?

Já tinha começado a ler o livro, na véspera. Chorei tanto, que tive de interromper a leitura várias vezes. Não, não foi “O Meu Pé de Laranja Lima” do José Mauro de Vasconcelos, que a seu tempo também me fez chorar as pedrinhas da calçada – outra expressão que fica por explicar, estou a armazená-las, para um dia destes fazer uma profunda pesquisa sobre o assunto.

Fungadelas e assoadelas, idas ao WC, com os óculos a embaciarem, convenhamos, não dá muito jeito a qualquer leitor(a). Aliás, devia de haver uma lei a proibir! E conter as gargalhadas, para não acordar o prédio inteiro?

RAFEIRO PERFUMADO
- A Minha Vida Dava um Blog –

Jorge Pereira
Editores Esfera do Caos
Junho de 2007

Não me arrisco aqui a fazer nenhuma citação do livro, não vá o rafeiro querer morder-me as canelas.

E sobre banhos de espuma, também dispenso comentários de ambientalistas, ecologistas, porcalhões, etc. e tal, que conheço muito bons adolescentes, que passam horas debaixo do chuveiro – acreditando pelo correr da água – sem que, na prática, isso se note muito...

Toda e qualquer inspiração deste post(e) deve ser acartada ao dito Rafeiro Perfumado, que também pode ser lido em:
http://rafeiroperfumado.blogspot.com/

15 comentários:

  1. Eu, morder-te as canelas, depois de tão linda homenagem? Nunquinha.

    Obrigado, Teté, pela "publicidade" grátis, e fico muito contente que dês por bem empregue o investimento.

    É verdade, fui na terça ao Colombo, à FNAC, e o livro está lá, num expositor. Felizmente calhaste com um funcionário bimbo, já estava com medo de ter ido parar à gaveta! ;)

    Mais uma vez obrigado e um grande RAUF para ti!

    ResponderEliminar
  2. Pronto, ainda bem que gostaste, rafeiro. Até porque eu também não gosto muito que me mordam as canelas!

    Pois, bem que suspeitei do funcionário, que ele andava a procurar o livro, junto aos de puericultura...

    ResponderEliminar
  3. - boa música;
    - um bom livro;
    - um grande gelado!

    xxx

    Vistas as horas, e não as minhas de nascença (pois eu vim pronta para almoçar! Prova disso são as disTâncias que sou capaz de percorrer para comer um bom "prato"!), também sou noctívaga...uma boa noite, um bom fim de semana...a Teia vai de micro-férias.

    Fico à espera de um FORA DA PRATELEIRA! ; )

    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  4. Su:

    Boas sugestões! Eu que nem sou de doces, adoro gelados e chocolates... E boas músicas, também!

    Julgavas que já estava a dormir? Ná! Ainda bem que recebeste bem!

    Jinhos!

    ResponderEliminar
  5. Há sempre remédio para as irritações, desde que se queira deixar de estar irritado! Eheheh...
    Se se quiser continuar irritado, há sempre umas paredes onde se pode dar umas cabeçadas! LOLOLOL...

    ResponderEliminar
  6. Oh, matchbox30, não acho que essa de bater com a cabeça nas paredes mantenha a irritação. Antes pelo contrário, ela desaparece, dando lugar a uma enorme dor de cabeça...

    ResponderEliminar
  7. iih, e o que dizer de quem nasceu às 4 da matina, como eu?? eh páh, acho que já tinha encalhado com esse livro da minha vida dar um blog...mmm, ah rafeirito, acho que vou espreitar-te.

    ResponderEliminar
  8. Vai, vanadis, que merece a pena...

    ResponderEliminar
  9. Mais uma "noctívaga" de nascença para completar o time.Gostei do blog.Simples,interessante e...vou voltar!
    :)

    ResponderEliminar
  10. Bem-vinda, Kátia!

    Isto o clube dos "noctívagos" não é assim tão pequeno...

    Faço-te uma visitinha, mais logo... ih, ih, ih!

    ResponderEliminar
  11. Bom Dia Teté

    Eu já nem sei a quantas ando, noctívaga me tornei, madrugo de qualquer maneira. Resultado, irritada não fico, mas cheché estou a ficar.

    Beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  12. Cheché, nada, ISABEL! Às vezes é sono mesmo... :)

    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  13. Não sou muito da noite. Dá-me sono. Gosto do ar matinal e quando me dão os azeites umas boas pedalas são remédio santo.:d

    ResponderEliminar
  14. Excelentes remédios :)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)