sexta-feira, 3 de agosto de 2007

A ACÇÃO ESTÁ PARADA!

Uma antiga companheira das lides estudantis, numa dificuldade liceal num teste de Português, bichanou para a vizinha do lado: como é que se responde à pergunta X? A outra, lá foi indagando pelos colegas mais próximos, e respondeu: “nessa, está tudo parado!”

Como a pergunta era qualquer coisa do género, “Como é que está a acção?” a boa da rapariga resolveu escrever que estava parada e ainda se fartou de explicar, porque os burros estavam a descansar à sombra e não sei que mais. O livro, não sei qual era, possivelmente “As Viagens na Minha Terra” de Almeida Garrett. Não fui verificar!

Só ontem ou anteontem, comecei a perceber que a genica do fim de férias não me dava tempo para tudo, e fiquei como a outra, com a acção parada...

16 comentários:

  1. LOLOL, e afinal, teve a pergunta certa ou não? Eh páh, nem falem no almeida garret e nas suas viagens, pois ODIEI esse livro. Que tortura!!! Tive de o ler de enfiada, pois fazia parte do programa de Portugues de 11º ano. Esse e mais os Maias. Mas os Maias ADOREI. Nem que pela boa nota que me facultaram, LOL! Mas as viagens na minha terra, irra, que viagens mais secantes...
    Também nos fizeram ler o Amor de Perdição. Acho que nem os Monty Phyton me fizeram rir tanto assim...

    ResponderEliminar
  2. Anónimo8/03/2007

    Lembro-me particularmente da leitura desse livro no nosso 7º ano, outros tempos outras gerações, actual 11º ano.

    O que a leitura teve de particular. Eu e o meu irmão andávamos na mesma turma, e como tivemos de ler o livro a correr, sómente a novela da Joaninha, decidimos ir rasgando as folhas da velha edição de bolso, à medida que a leitura ficava completa, para que o outro pudesse ler ao mesmo tempo!

    ResponderEliminar
  3. Faltou a assinatura no comentário anterior.

    ResponderEliminar
  4. Deve ser saga de geminianos, com as viagens do Almeida. Nem achei mau, adorei os Maias, o Camilo é que achei uma coisa género Corin Tellado da época. Mais tarde vim a perceber que ele escreveu aquilo em 15 dias, ou coisa, para pagar o quarto onde residia. Quem sou eu, para criticar aquele romance fajuto, aí de pleno acordo, se a questão era sobrebivência? E Monty Phyton, chorei a rir uma vez ou duas, de resto o non-sense não me diz muito!
    Sendo que gosto dos Gatos, do Mr. Bean e afins...

    ResponderEliminar
  5. tal e qual um aluno que decide copiar uma resposta e ao ver que o "copiado" tinha escrito não sei, escreveu eu também não.

    das viagens na minha terra tenho uma recordação que ainda hoje me faz rir. um colega meu, a quem a prof tinha pedido para ler um excerto, começou a ler uma parte que inclui uma carta do Carlos para a Joaninha (ou ao contrario... já lá vão muitos anos) e acaba da seguinte maneira:
    ... nunca ninguém m'amou como tu m'amaste. depois disso teve que parar a leitura porque estava a turma toda a rir...

    ResponderEliminar
  6. Então ó anónimo e eu que não fiz nem 7º nem 11º? Na época já tinham começado a trocar o nome às coisas, tinha o pomposo título de 2º ano do curso complementar dos liceus...
    Mas que a malta levava toda à mesma com as Viagens, lá isso levava...

    ResponderEliminar
  7. A propósito de troca de nomes, entrei no liceu no 3º ano e acabei-o no 2º? Faz sentido?!!!

    ResponderEliminar
  8. Ó Aninhas, a mim não preocupa nada. Assim como assim, quase toda a gente usa pseudónimos, o que vem a dar quase no mesmo...

    ResponderEliminar
  9. Vício, essa é nitidamente um problema de dicção, ih, ih, ih!

    ResponderEliminar
  10. Pois é, já estou completamente gaga.. era o 2ª ano complementar. O nosso 7º ano.. não existiu, o máximo que tivemos foi 5º ano!

    ResponderEliminar
  11. Ó Aninhas, mas apesar deles terem trocado o nome oficial da coisa, toda a malta continuava a dizer 7º ano. Daí não te lembrares...

    ResponderEliminar
  12. parada ando eu há já uns dias! Tive de me puxar as próprias orelhas para vir até cá eheheh
    As férias tornam-me mto preguiçosa.

    ResponderEliminar
  13. Passei no TESTE. Não, não fiz nenhum exame eheheh
    Queria só dizer que antes de entrar aqui, fui ver a EXPERIÊNCIA, tás a perceber? Ainda não? Fui ver o COMEÇO, percebes? Eu gosto sempre de começar pelo começo, tu não? eheheh
    Ah! percebeste agora??? Mas tá fixe ... dava nova 15, no mínimo! Tb depende da experiência anterior, né??? se tavas às escuras, até merecias 18!!!

    ResponderEliminar
  14. Com isto tudo, vinha tão deslumbrada com o que teste, que me esqueci de dizer o que acho sobre a "acção parada"
    bem, na verdade eu não sou a pessoa indicada ... não consigo parar nunca! Por isso, sugiro que continues ... não pares. Eu gostei de te ler e vou continuar a aparecer por cá, se não ter importares :)

    ResponderEliminar
  15. Pascoalita, fica lá de férias descansada e até preguiçosa, que também faz parte...
    Jinhos!

    ResponderEliminar
  16. Bem-vinda, diabinha cusca!

    Já tinha tido umas dicas da minha amiga Isa, mas andava um bocado a apanhar bonés. Tanto, que só hoje, com o teu palpite, percebi que tinha lá 3 comentários. Acabei por seguir para outra "casa", que em Junho calou o pio. Durante um mês! Tentei voltar a esta, foi mais fácil do que esperava. Mas aí também já tinha percebido algumas das "nabices" anteriores.

    Volta sempre que quiseres! Nunca utilizei o caixotinho do lixo, nem aqui nem antes, parece-me que só no caso de um completo alienado...

    Jinhos e boas férias, com muita dança!

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)