sexta-feira, 28 de setembro de 2012

MISTÉRIO INTRIGANTE

Se há mistério intrigante é a razão do sucesso ou do insucesso. De pessoas, livros, filmes, obras de arte, músicas, empresas, negócios e por aí fora. É impossível que seja só uma questão de feitio ou mentalidade, sorte ou azar, empenho ou descaso de quem se propõe seguir em frente num determinado rumo. Embora esses factores possam, de alguma forma, contribuir para o epílogo...

Esquecendo dúvidas existenciais sem solução à vista, recentemente "As Vozes do Jazz" - página do facebook que sigo com bastante interesse - destacou as 30 músicas/canções com mais sucesso de sempre, dentro do género. Todas anteriores ao meu nascimento (gostos antiquados, hein?!?), medidas pelo êxito que obtiveram ao longo de décadas. No top figura este "Body and Soul", de 1930, aqui na sua versão mais recente de 2011, nas vozes de Amy Winehouse (ela própria um misto de sucessos e insucessos) e Tony Bennett:


Voltarei ao tema do sucesso e do insucesso em breve, para já desejo a todos um...

FELIZ FIM DE SEMANA!

18 comentários:

  1. eu também devo ser antiquado porque há muitos sucessos actuais que não me convencem nem um pouco...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, VÍCIO, acontece a todos... :)))

      Eliminar
  2. Creio que o sucesso e (ou) insucesso, de tudo que é vendável, hoje em dia e independente de ser ou não musical, na generalidade, estão muito dependentes de um bom "marketing".
    Nesta era, em que as "comunicações" (TV, Internet, telemóveis) estão extremamente facilitadas, é precisa alguma boa dose de génio para levar a cada um a mensagem "certa" !
    Não tem muito a ver com o assunto, mas ainda hoje constatei isso mesmo.
    A minha mulher foi ao talho (sempre cheio a aviar os clientes), havendo um outro em frente, sempre vazio. Acontece que o primeiro tem um serviço de captação de clientes, anotando o nº do telemóvel e enviando semanalmente sms's com indicação de promoções. Cada compra com "direito" a "pontos" que acumulados serão rebatidos em valor para novas compras ! ... e assim se mantêm os clientes ! eheh
    Não tem nada a ver com música, mas é um facto a ter em conta ! :)))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que é um factor a ter em conta, RUI, como tantos outros, mas em abono da verdade há muitos que não se entendem, nem a forte personalidade do mentor explica... :)

      Mesmo sem promoções há negócios que florescem e outros, ao lado, no mesmo ramo e por vezes mais antigos, nem por isso. Nas músicas, ainda fica mais complicado de perceber, talvez dependa do artista que as pretende tocar/cantar no seu reportório... :D

      E ainda há coisas que têm uma época e estão na "moda", mas que depois desaparecem assim como surgiram... Um mistério, digo eu! ;)

      Eliminar
  3. E que é sucesso ou insucesso? Que consequ~encias tem na vida das pessoas?

    Um bom finak de semana também para ti.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa pergunta, SÃO! Mas também não sei responder... :)

      Beijinhos!

      Eliminar
  4. Ora aí está uma questão interessante. E que decerto nos levaria a um longo debate. Da arte à vida, que fatores contribuem para o sucesso ou insucesso?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, TERESA, dava para um longo debate... mesmo a nível escolar! :)

      E nem sempre há explicação para o resultado, ou o que é visto como sucesso ou insucesso por gente alheia... ;)

      Eliminar
  5. Se ter gostos assim é ser-se antiquada, então também o sou.:)

    Deixa-me lá ouvir a tua música enquanto deixo um "olá" aos nossos amigos.
    bji e bom fds!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Dá os "Olás" todos que quiseres, NINA! Mas em termos musicais ninguém me tira a ideia que sou mesmo antiquada, as músicas e canções que mais gosto são mesmo antiguinhas... :)))

      Beijocas!

      Eliminar
  6. Ai, o sucesso é tão aleatório... depende dos dias, das pessoas, até da direcção do vento e do alinhamento dos planetas...!

    Por falar em sucesso... tenho aqui um desafio que pede precisamente a tua participação para ser brilhante... (que tal esta da bajulação para te convencer a participar, hem??) =) espero que passes lá pelo meu poleiro e que aceites participar... por favor, por favor...!lol Fico à espera... beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Se entrarmos nessa de alinhamento dos planetas, BRISEIS, ainda fica mais difícil entender, mas que é bastante aleatório, também concordo... :)

      Já vi e já aceitei, agora não te prometo que seja brilhante! A "bajulação" era escusada... LOL!

      Beijocas!

      Eliminar
  7. Vou aguardar que dê continuidade a este tema, Teté. Por agora, apenas lhe digo que, em minha opinião, a esmagadora maioria dos casos de sucesso é fabricado e poucos são aqueles que atingem o sucesso espontaneamente. Mas mesmo esses, para se manterem à tona, são obrigados a confiar nas suas máquinas de imagem.
    Um bom fds também para si.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, CARLOS, no que toca à política... Mas no talho ou mercearia da esquina, com competição na outra esquina? E em termos musicais, como se mede o sucesso? Como é que um Quim Barreiros ou um Emanuel são "estrelas" e outros (no meu entender, bem melhores) continuam incógnitos? Enfim, o tema dá pano para mangas... :)

      Eliminar
  8. Bom fim de semana com muito jazz. : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jazz, não sei se vai ter muito, CATARINA, mas que está em vias de ser alucinante, é quase certo... :)

      Eliminar
  9. Chego já no final do fim de semana... mas aproveito para dizer que também tenho um fraquinho por músicas de outros tempos :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelos vistos somos bastantes a ter essas preferências, LUISA. Quem sabe se os jovens de hoje não "mitificam" as atuais e, daqui a 20 anos ou mais, não suspiram por elas? :)))

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)