segunda-feira, 11 de agosto de 2008

OCULISTAS...

Oftalmologistas e oculistas sempre me disseram que precisava usar óculos. "Para [te] ver melhor", como explicava o Lobo Mau ao Capuchinho Vermelho...

Durante muitos anos não foi absolutamente necessário - o problema não era assim tão grave - mas a partir de certa altura considerei imprescindível. Ultrapassados os tempos de escola, de amigos e colegas a gritarem freeze sempre que perdiam uma lente de contacto, lá me rendi à evidência: óculos para sempre! (escusam de me expor as vantagens da cirurgia laser, que também não é caso para tanto)

Vai daí, toca de escolher uns mais simpáticos e agradáveis, a pesar menos no nariz, à medida que as graduações se vão alterando. Numa cadeia de lojas muito publicitada mediaticamente, na qual nunca dei pelos (grandes) descontos anunciados. Bom, mas a mais próxima era tradicional, quer dizer, não inserida num centro comercial, o que só augurava vantagens. Da última vez que lá passei para um ligeiro ajuste, reparei que tinham mudado o nome da empresa, os empregados/donos eram os mesmos. E atenderam-me com a habitual simpatia.

Entretanto, as hastes maleáveis entortaram, voltei lá: "Fechado para Férias!" Pois, um jeitaço! Mas ainda tenho os sobresselentes, há que remediar. Por acaso, encarei de frente com uma loja da dita cadeia, entrei e expliquei! E a mulher que me atendeu: "Endireito, mas sem compromisso..." Insisti que foram comprados numa das muitas da empresa, ela sorria descaradamente, enquanto ia debitando um palavreado técnico sobre as ligas metálicas utilizadas na realização de hastes e aros para óculos, variáveis de estaminé para estaminé. Ou, desculpem se estiver a ver mal, pode-se chamar outra coisa a estabelecimentos destes, que prometem descontos e assistência por todo o país e acabam a conceder um serviço tão... fantástico?!

Foto de Ian Britton

21 comentários:

  1. Óculos: eu agora tenho dois pares: um com a graduação ditada (e revisada) pelo oculista, e outro com a graduação anterior. Com os primeiros posso ler e trabalhar ao computador (mas sem eles também me dou); com os segundos podo sair pelo mundo, reconhecer as caras do pessoal, ver filmes... quer-se dizer, ver ao longe, sou míope. Quem o entende? Eu é que não.

    ResponderEliminar
  2. não sei que cadeia é essa, mas fui à mesma [ok, não sei mas suseito:)] porque tinha um dos apoios do nariz partidos e disseram-me que era impossível arranjar, que tinham que soldar e derretiam a lente e tal e coisa...

    entretanto a loja onde comprei reabriu e arranjaram-me as gafas em meia hora, soldando precisamnete e a lente manteve-se intacta.

    têm um bom serviço, sim senhora:)

    ResponderEliminar
  3. Ah, SUN, os meus servem para tudo! Que tenho de tudo um pouco. Mas, felizmente, guardo sempre os anteriores, para um possível "azarito". O que dá jeito, como bem se nota... quando não ficava "cegueta" o mês inteiro! (`_^)

    MOYLITO, chegaste à mesma conclusão que eu: o tal serviço 5 estrelas é só na loja onde os compraste, tudo o resto é publicidade enganosa! E se puderem vender uns novos, "que é impossível arranjar", melhora um pouco... ;)

    ResponderEliminar
  4. teté ora nem mais......mas acho que vai de quem está no atendimento, hácoisas fantásticas, mas tb há pessoas fantásticas. beijinhos

    ResponderEliminar
  5. Pois é evidente, ANA! Claro que há pessoas fantásticas por trás dos balcões, mas também há quem só veja cifrões... ;)

    Jinhos!

    ResponderEliminar
  6. desde os 15 anos que uso óculos. De verão são 3 pares...
    não s eaguenta. OS próximos serão lentes progressivas...
    bjs

    ResponderEliminar
  7. Ahhh, a neide também comprou uns mas de vista mesmo numa multiópticas, tudo uma simpatia..depois cairam (eram inquebráveis, mas..) foi lá; desculpe mas aqui não arranjamos, temd e levar à loja tal, lá é que arranjam, mas, mas, foi aqui que os comprei, pois é menina, mas, tem d eos levar lá pois se deixar cá demora mais de 8 dias etc etc...e lá fomos mais carro no parque, mais deixar oculos e ..ahhh benditas casinhas para comprar mas, depois!...
    ah, e beijinhos muitos pa ti...

    ResponderEliminar
  8. Pois, JASMIM, também não tenho paciência para andar a trocar, de modo que as lentes já são progressivas há uns 4 anitos... ;)
    Jinhos!

    LAURINHA, facto é que eles para vender estão sempre prontos, lá arranjar... E é muito chato para quem precisa mesmo de óculos ficar sem eles, porque depois não consegue fazer nada de jeito! Nem um dia, quanto mais 8... :)
    Jinhos, nina!

    ResponderEliminar
  9. teté, eu estava mais a modos que a ironizar ;-)

    ResponderEliminar
  10. Tudo bem, ANA, mas também é verdade que há bons empregados de balcão, que não vendem "gato por lebre"... :)

    ResponderEliminar
  11. Que escreveste hoje, Teté?
    Não vejo nadinha...
    ;)

    ResponderEliminar
  12. As pessoas dessa cadeia estavam bem era na cadeia.
    Fui lá uma vez e não correu mal. Ou muito mal. Para rectificarem o erro pediam 3 semanas (e eram o representante da marca!!!!).
    O assunto foi resolvido em 5 segundos, noutra cadeia, na esquina do outro lado da rua...

    ResponderEliminar
  13. Queres ver que também estás "pitosga", REI? :)))

    Não exageremos, SORRISOS! Bastava a publicidade não afirmar que têm assistência por todo o país...
    Porque, como tu próprio constataste, alguns oculistas (que nem precisam de ser representantes ou de pertencer à mesma cadeia) acabam por arranjar os óculos! :D

    ResponderEliminar
  14. teté, claro que há de tudo. Em todo o lado há os bons profissionais e os maus ;-)

    ResponderEliminar
  15. Perfeitamente de acordo, ANA!

    ResponderEliminar
  16. olha a caixa d'oculos!! hihihihi

    (diz o roto ao nu)

    beijo d'enxofre

    ResponderEliminar
  17. Eh, eh, eh, DIABBA, por acaso nunca fui alcunhada como tal, que só comecei a usá-los muito depois de ter acabado o curso.

    Mas também não me aquecia, porque na verdade o que me interessa é ver bem, não sou como uns e outros que andam prái a enrugar-se, a fingir que vêem bem para não desfear muito a cara com as lunetas, quando na verdade não vêem boi à frente... 8)))

    Beijoca!

    ResponderEliminar
  18. Eu uso de grau apenas no trabalho ou quando estou no pc.Mas,gosto mesmo dos esportes e aí abuso,pois tenho vários para várias situações.Lol
    ;)

    ResponderEliminar
  19. Pois é, KÁTIA, mas o que tem de ser tem muita força!

    Detesto não ver nada à frente do nariz e ainda andar de olhos semi-cerrados a fingir que vejo lindamente... :)))

    Beijoca! :)*

    ResponderEliminar
  20. lol...

    Eu ando há séculos para experimentar lentes! Uso óculos para ler e ir ao cinema...

    Mas as únicas lentes que usei forma umas cor verde cobra...assim só para me divertir durante um mês...eheheheheheh

    ResponderEliminar
  21. SU, tenho várias amigas que usam ou usaram lentes de contacto, nem todas se deram muito bem. E têm de ter também óculos, para o caso de as perderem ou de terem qualquer inflamação nos olhos...

    Enfim, são opções, gosto de simplificar!

    E sim, por brincadeira, uma delas andou de olhos verdes durante uns tempos... :)))

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)