segunda-feira, 21 de outubro de 2013

FASES DIFÍCEIS!

Detesto falar sobre doenças e 23 dias de internamento hospitalar não me fizeram mudar de opinião. Se bem que só tenha a agradecer às equipas de enfermagem (especialmente a elas) a simpatia, ternura, carinho e alegria com que tratam e lidam com os pacientes. Mas, entretanto, vários amigos me perguntaram se estava melhor, em comentário ou via mail.

Não respondi a ninguém: primeiro porque não sabia, segundo porque o diagnóstico não passava de uma suspeita. Que posteriormente se confirmou. Segundo os médicos tenho um linfoma, que terá de ser tratado nos próximos meses com tratamentos agressivos, que é como eles designam a quimioterapia.

Claro que é uma "batalha" que preferia não ter de travar, mas a vida é assim, por vezes reserva-nos fases difíceis. De qualquer das formas, não tenho a menor intenção de fazer disto temática do blogue, que não pretendo largar, embora provavelmente siga a um ritmo mais lento... (de igual modo também agradeço que se abstenham de contar histórias de primos, vizinhos ou  namorados de não sei quem que padeceram do mesmo - cada caso é um caso, os "exemplos" não servem de nada)

Muito obrigada a todos pelo interesse demonstrado, mas nem sempre "no news is good news". Agora uma coisa é certa: se familiares e amigos se veem nas ocasiões, sou uma sortuda!    

37 comentários:

  1. Um período mau que vai passar depressa, Teté.
    Beijinhos e tem aqui sempre um amigo disponível

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. PEDRO, o tempo às vezes consegue passar muito devagar...

      Beijocas!

      Eliminar
  2. Não é, de facto, uma notícia que alguém goste de receber( nem a pessoa nem quem tem apreço por ela, ainda que o conhecimento seja só virtual, pois o sentimentos não o são).

    Tens razão: cada caso é um caso e o teu resolver-se-á depressa e bem!

    Um apertado e solidário abraço, linda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que ninguém gosta, SÃO!

      Abração!

      Eliminar
  3. Lembras-te de há pouco tempo eu ter publicado um post sobre "AZAR ?... SORTE ? ... "AGUARDEMOS PARA VER" !" -
    Os altos e baixos da vida ! ... Aí está o que penso ! :)) ... Chuta para canto e dá a "volta por cima" !
    Dizia eu, que só quem está morto não tem altos e baixos ! :))) ... Força nisso, minha Amiga ! :)))

    Beijocas ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que todos temos altos e baixos, RUI, e estas questões não se podem aferir como de sorte ou azar - acontecem!

      Obrigada e beijocas!

      Eliminar
  4. Um abraço, Teté. Um abraço forte e amigo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada e um abraço para ti, CATARINA!

      Eliminar
  5. A vida é feita de fases. Umas melhores outras nem por isso. Já venceste muitas, já estás habituada a vencer. Um forte abraço. E não percas o sorriso....

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É isso mesmo, JP, a vida é mesmo assim. O sorriso, esse ainda cá está... :)

      Obrigada e beijocas!

      Eliminar
  6. Anónimo10/21/2013

    Teté,
    em passo apressado, mas solidária... para te deixar um forte abraço, com a certeza de que a tua imensa força interior conseguirá superar o que vier e a alegria de saber que : "não tenho a menor intenção de fazer disto temática do blogue, que não pretendo largar..."
    Ah, grande mulher!

    Beijocas com admiração e estima.

    Janita

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, JANITA: mesmo que o passo tenha sido apressado, o comentário foi muito simpático! :)

      Beijocas!

      Eliminar
  7. Vai correr tudo bem! És uma mulher de fibra!

    Beijinhos e tudo muito, muito bom!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vou fazer por isso, GRAÇA! :)

      Obrigada e beijocas!

      Eliminar
  8. Tenho a certeza absoluta, repito, absoluta, que tudo correrá bem,será pequeno quiproquó, a resolver rápidamente.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bem-vinda, MARIA DO SOL!

      Obrigada e beijinho!

      Eliminar
  9. Um xi-coração Teté, melhoras rápidas, entretanto aqui estarei para te ir lendo conforme a tua disposição.
    xx

    ResponderEliminar
  10. Vai correr tudo bem , Teté. Estamos todos a torcer por si.
    Um beijinho do tamanho do mundo. E no dia 24 espero-a no CR ou no On The rocks para fazer um brinde comigo. Valeu?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, CARLOS, parece que tenho uma grande torcida, virtual e não só! :)

      Dia 24 há festa? Ora, ora, vou já pôr o champanhe no gelo... :)))

      Uma grande beijoca!

      Eliminar
  11. Tchiii...(*)
    Maldito Setembro de 2013! Já viste? Por analogia lembro daquela frase que posso citar aqui: juntos no blog e na doença...
    Dizer o que se diz nestas coisas não são mais do que frases feitas, porém nem por isso deixam de ter lugar.
    Desejar-te força para aguentares e mais força ainda para ultrapassares esse sacana.
    E depois que lhe faças um manguito com toda a força do teu ser!
    Beijokas e sorrisos, a fazerem-te companhia.

    (*)em vez de tchiii era para escrever uma coisa começada por F, mas em casa alheia à que ter tento na língua!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, KOK, este setembro não correu mesmo nada bem, com tantos planos de férias adiados por estes motivos...

      Beijokas e sorrisos, sempre! :)

      § - desta vez a F word aplicava-se lindamente! :P

      Eliminar
  12. Minha querida Teté envio-te um grande abraço e uma enorme beijoca daqui do sul.
    Cuida bem de ti! Vai correr tudo bem.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada e um grande abraço e beijoca para ti também, TONS DE AZUL! :)

      Eliminar
  13. Uma covardia muito peculiar minha, quando se trata de doenças, impediu-me de comentar aqui logo que li este teu texto triste, mas cheio de coragem.

    Abraço-te com toda a amizade, que tu sabes bem que te tenho, Teté, e confio que tudo vai correr pelo melhor.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Oh, EMATEJOCA, para ser franca também não sei nunca muito bem o que dizer, quando o assunto versa doenças... :P

      Abração, amiga!

      Eliminar
  14. Fiquei meia abananada, que já não visitava a blogosfera há algum tempo, e não dei conta do que se passou por aqui. Dei por falta de comentários lá no tasco da bicharada, mas dada a fraca qualidade da produção recente achei perfeitamente normal :)
    Desejo-te força para enfrentares os tratamentos para recuperar rapidamente e remarcar a tal viagem a Roma. O Grande Galo Universal que se cuide, que a Teté não lhe vai dar abébias! Era o que mais faltava! ;)
    Beijo grande

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha, acontece, especialmente em tempo de férias, SAFIRA! E na verdade era para ter estado no bem-bom, mas nem sempre as coisas correm conforme planeamos e fui parar ao hospital - 23 dias, já que andavam à procura de uma infeção! :P

      É, pensamento positivo para a frente, e um chuto bem afinfado no fiofió do dito Galo! :)

      Beijocas!

      Eliminar
  15. Muita força Teté. Força de vencedora. Com ela enfrentarás essa adversidade.
    Um beijinho. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada e um grande beijinho, LUISA! :)

      Eliminar
  16. Teté como entendo cada palavra deste texto!
    Digo-te apenas Força Teté, muita, tanta como aquela que eu necessitei.
    Vai correr tudo bem.

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, FLOR DE JASMIM, nunca se sabe ao certo se algum dia uma coisa destas nos toca à porta. E ainda bem que tiveste a força e a coragem necessária para ultrapassar esses momentos difíceis, pois assim todos temos a certeza que é possível...

      Obrigada e um beijinho!

      Eliminar
  17. Teté
    Sei o que sentes e eu também não gosto de falar de doenças---como se diz na Bahia: "Pra não dar 'ousadia' ao coisa ruim"---mas,recebe um abraço bem apertado meu.Já passei por esse processo de tratamentos,hospitais e é F.!Porém,há de passar e vencer.Os tratamentos estão muitíssimos avançados e pode ter certeza que pensamento positivo vibrando a seu favor terá muitos e do mundo todo.Estou em Salvador,descansando e matando as saudades depois de uma fase ruim que ousou aparecer (depressão),e de cá irei emanar toda boa energia da minha terra para ti.
    Um beijo carinhoso e um cheiro soteropolitano!
    :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sei, KÁTIA! E claro que há que ter confiança nas novas tecnologias a nível da medicina, como nos médicos e seguir as suas orientações.

      Pensamento positivo, sempre! :)

      Certamente recarregarás baterias na tua bela terra, deixando para trás esses momentos difíceis! :D

      Beijinhos e cheirinhos, nina soteropolitana

      Eliminar
  18. A imagem que tenho de ti é de uma mulher forte por isso não duvido que ultrapassarás essa situação.

    Beijinhos,
    FATifer

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)