domingo, 17 de fevereiro de 2008

CHORADEIRAS!

Passei literalmente o fim de semana a chorar, por nada de especial, a não ser uma conjuntivite... Lá se foram os planos de ir ao cinema - ver Expiação, filme que me foi vivamente recomendado pela Su e pelo Fernando Pessoa - e pôr leituras e escrita em dia por água abaixo! Que isto de chorar sem ter vontade, a não ser a indomável do próprio olhito atingido pela maleita, também é cansativo!
Entretanto, ainda há poucos dias revi, na TV, o Diário de Bridget Jones 2 (com Rennée Zelwegger, Colin Firth e Hugh Grant, tal como o primeiro) e às tantas deparei lá com esta música: "I'm not in love" dos 10CC, que já tem mais de 30 anos. Escusam de dizer que está um pouco datada, que a letra é piegas, etc. e tal. Facto é que a aproveitaram para a banda sonora do filme, porque parece retratar uma situação do argumento: a negação de sentimentos, dentro de uma relação amorosa. E a teoria que os "rapazes crescidos" não choram...
Hummm... Não choram??? O que é que acham??? Só as mulheres é que sofrem por (des)amor???

39 comentários:

  1. Vanadis2/17/2008

    Nem me digas nada que ontem me raspei de madrugada para ao pé do mar a resmungar contra o amor... :-p

    =D

    ResponderEliminar
  2. O tempo que passei a tentar descobrir quem é que cantava essa música. Foi na FNAC (Colombo) nos idos de anos 90. Isto apesar de ter discos dos 10 cc. Lá me apresentaram a ideia através de um funcionário entendido na matéria.

    Claro que os rapazes também choram pelos (des)amores.

    As melhoras.

    ResponderEliminar
  3. só não "chora" quem não sente.

    cura lá esse olho ;) estas desculpada se nao vieres à net durante uns dias (mas nao te estiques eheh)

    a musica é bem boa

    ResponderEliminar
  4. Eu também passei o fim de semana a chorar... Cebolas :S
    Abraços

    ResponderEliminar
  5. Gajos a chorarem, que é isso... Nós não choramos por nada.

    ResponderEliminar
  6. É, VANADIS, às vezes dá mesmo vontade de nos "rasparmos" para ver o mar ou as estrelas, longe de tudo...
    O que acho mais engraçado nesta música é ele afirmar que não está apaixonado, quando cai em inúmeras contradições, que apontam para que está, só não quer é dar parte de fraco... =)

    CARLOS II esta do clip foi gravada em 1975 (como se nota um pouco pelas fatiotas e penteados), mas pelos vistos ainda serve para musicar filmes já deste século. Cá por mim, acho-a um clássico... a própria "pieguice" é descartada pela negação da evidência. Claro que choram, mesmo que não sejam lágrimas abundantes e/ou em público! Obrigada, hoje já estou um bocado melhor (à conta de uns pingos, para o efeito)!

    ResponderEliminar
  7. FAUSTO, já está melhor... Chorar, suponho que acontece a todos os que sentem... Dar parte de "forte" faz parte de uma certa maneira tradicional de educar os rapazes, que algumas meninas também assumem. Todos querem ser "fortes", o que é que se há-de fazer??? :D

    RP, então tens de arranjar umas cebolas menos ácidas, para não chorares tanto com os teus dotes culinários. Se as puseres no frigorífico um bocado antes de as picares, também soluciona... :) Abraços!

    PSYCHO_MIND, ná, claro que não choram! Homem que é homem, é um completo insensível... (esta só por ser para ti, em tom de brincadeira, note-se!) ;)

    ResponderEliminar
  8. Está aqui o mundo num tal mar de lágrimas que se juntarmos as tuas e as minhas o Fausto devia aproveitar para fazer BB! Nao achas, Teté? Até são salgadas com o mar. (`_^)

    ResponderEliminar
  9. recomendo e repito. nãopercas o filme.

    mas essa de chorar sem vontade era capaz de ser uma solução muito boa...

    ResponderEliminar
  10. Um ótimo filme, linda canção! Alguns choram abertamente, Teté; outros choram por dentro.
    Beijos, prezada amiga!

    ResponderEliminar
  11. Eu, exceptuando o dia em que recebo os eurozitos da reforma, passo a vida a chorar!

    ResponderEliminar
  12. É, SUN, tinha muita água para aproveitar nestas ondas...

    Claro, FERNANDO PESSOA, já sei que o filme é para chorar e não para rir. Mas depois de chorar sem motivação, ainda ficava era sem ver, com os trambolhos nos olhos... ;/

    OLIVER PICKWICK, também só falei em lágrimas literais, com abundância de água e cloreto de sódio, em relação à conjuntivite... Não é preciso cair em cascata! ;) Jinhos, amigo!

    REI DA LÃ, essa tua reforma deve ser BOOOOAAA! ;)

    ResponderEliminar
  13. 159 euros, Teté.
    Mal dá para a broa!
    Vale-me que não necessito de medicação...

    ResponderEliminar
  14. Eu bem disse que devia ser BOOOAAAA, REI!!!

    Sem brincadeira, aqui em Lisboa, para quem está atento, vê-se cada miséria, que nem dá para o pão ou para broa...

    ResponderEliminar
  15. Se fosse só em Lisboa, Teté...

    ResponderEliminar
  16. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderEliminar
  17. CAPITÃO, bem sei que não é só em Lisboa, mas para além dos sem-abrigo e afins, há muitos velhotes a viverem quase na miséria e aqui ninguém "conhece" ninguém, de modo que não há vizinhos, amigos e comerciantes a darem pequenas benesses. Uns "desclassificados", no geral...

    ResponderEliminar
  18. Lá nisso tens toda a razão, Teté!
    Imagino que na capital seja uma verdadeira selva!

    ResponderEliminar
  19. tété, quando todas as almas, vibrarem em harmonia, o mundo será melhor...agora não, na realidade há seres e seres a chorar pela falta de pão, de abrigo e de amor!...Um poma meu. Beijinhos para ti e eu ja tive imenss vezes conjuntivite e cai na asneira de coçar a vista, mas que burra, fiquei comos e tivesse areia dentro dos olhos e saiam bolhas para fora, nunca mais, chegou pra cagaço...beijinhos.


    Quando todas as almas!...


    Quando todas as Almas
    Vibrarem em harmonia
    E todos os Seres
    Puderem ser irmãos
    O mundo mudará
    E jamais haverá
    Seres sem coração!...

    Quando todas as almas
    Se tornarem
    Numa só
    Será Deus a viver
    Entre todos os
    Mundos
    E não haverá ninguém
    Que se sinta só!...

    Quando todas as almas
    Se prepararem
    Para evoluir
    E reconhecerem
    Que até agora
    Não souberam viver
    Irão ver
    Nosso Senhor
    Até nós, descer!...

    Quando todas as almas
    Puderem livremente
    Amar
    Sem precisarem de para si olhar
    Podem crer
    Que Nosso Senhor
    Já estará aqui
    A morar!...

    ResponderEliminar
  20. Homem a chorar?!

    Náaaaaaaaa!! ;)

    ResponderEliminar
  21. Olá!
    Como és "adivinha", improvisei...um bolito, lá no meu cantinho.

    Vai petiscar uma fatia
    Beijos e obrigaga

    ResponderEliminar
  22. Há muito tempo que não ouvia esta música, eu gostava muito e gosto!
    Beijos :)

    ResponderEliminar
  23. Não entendo muito esse mito do homem que é homem não chora. para já, é mentira! Choram sim, que eu já vi! Isso é garganta para se armarem em fortes. Pensam eles que os 'fortes' n choram!

    Quanto à bridget...adoro-a! adoro os filmes, adoro os livros, adoro aquele humor britânico. Revejo-me imenso na bridget, tirando o rabo enorme e as mamocas grandes e os 500 namorados e os amigos meio estranhos. E o facto de ser loura. Bom, afinal n tenos nuito em comum, mas acho q me revejo nela. Nela e na Ally McBeal. As duas maiores tontas da sétima arte!!

    ResponderEliminar
  24. O que eu dancei ao som desta musica.... já á muito que não a ouvia.....linda mesmo.....
    Pois eu já pus homens a chorar....hihihihi .....o meu pai foi o primeiro....pois eu era uma nina bem comportada....ahahahahah

    ResponderEliminar
  25. CAPITÃO, a selva ás vezes também tem o seu encanto... Mas como na natureza, os "mais velhos e fracos" dão-se mal... ;)

    LAURINHA, obrigada pelo teu poema! Também era isso que sentia, como se me tivessem atirado um punhado de areia para os olhos... Quanto ao não se sentir só, epá, depende de tanta coisa! Já o Camões falava do andar solitário entre a gente... Jinhos, querida! ;)

    HTSOUSA, ná, não choram nuuuuunnquiiiinha!!! ;)

    ResponderEliminar
  26. MJF a minha "adivinhação" é fácil: perguntei logo no início do ano a todos e marquei na agenda!!!
    Mas lembro-me que tu não gostas de festas surpresa... ;)

    CONCHITA, a música é bem antiguinha, cá por mim "virou" para uma daquelas de todos os tempos... ;) Jinhos!

    SAFIRA, não tenho nada a ver com a Bridget, mas comovi-me ao rever o filme. Ela é tão tontinha, mas também tão humana... E a música ajudou!!!
    Choram sim, nem são tão fortes assim, depende um bocado da sensibilidade de cada um... ;)

    PARISIENSE, segundo consta, também pus o meu pai comovido, no dia em que nasci... ;)

    ResponderEliminar
  27. Garanto-te que não são só as mulheres...

    ResponderEliminar
  28. Olha tenho três homens em casa (pai e irmãos) e já os vi chorar muitas e muitas vezes! Por vezes até mais do que eu!!

    Espero que estejas bem melhor.
    Beijinho

    ResponderEliminar
  29. O "post" do dia de hoje (19-02-2008) é de ir às lágrimas...
    E depois querem que o país arrepie caminho!

    ResponderEliminar
  30. eu chorei choro e chorarei...

    com conjuntivite, descascar cebola, saudade... e ... e... e...!

    (e até a tratar a minha tartaruga que está com uma conjuntivite e não há meio de ficar boa)

    beijo

    ResponderEliminar
  31. Gosto desse filme.E a música não tem tempo limite,simplesmente ouve-se.
    E meninos choram sim! E como!Só que...escondidos.Hihihihihihi
    Beijo!
    :)
    Ah!Estimo as melhoras.Lavar os olhos em água abundante de meia em meia hora ajuda.Assim dizem os que já tiveram.

    ResponderEliminar
  32. Bem-vindo, MITRO!
    Sério?!!! ;)

    Pois, TONS DE AZUL! São só alguns, com a mania que são fortes, que dizem essas baboseiras...

    Sim, REI DA LÃ, é mesmo de ir às "lágrimas"... Mas se fossemos a chorar por isso, olha aí é que o dilúvio era completo!!! ;)

    ResponderEliminar
  33. Xi, INÊS e tartaruga tem conjuntivite??? Bem, não fui que que lhe peguei... :)))

    Nem todos choram escondidos, KÁTIA! Só os que não gostam muito de mostrar alguma fraqueza, que sim, ainda são bastantes...
    Anda a pingos (ou gotas!), de 4 em 4 horas... ;)

    ResponderEliminar
  34. ainda bem que não saiste! podias encontrar algum convencido que pensasse que lhe estavas a piscar o olho...

    ResponderEliminar
  35. Um olho bem choroso, VÍCIO!

    Ná, não se confunde com uma piscadela marota... :)))

    ResponderEliminar
  36. e não somos todos assim? ;-) não querer dar parte de fracos, digo. ;)

    o olhinho tá miorxinho??...

    ResponderEliminar
  37. Acho que sim, Van! Dar parte de fraco ninguém gosta mesmo...

    Sim, está melhor! ;)

    ResponderEliminar
  38. Choram todos os que tiverem alguma dose a mais de sensibilidade, seja homem ou mulher...no fundo, sendo realmente humano!
    Esta música...saudades...faz realmente viajar no tempo!

    Ainda não viste a Expiação? Pois olha, vi mais dois filmes que serão posts em breve, fabulosos: Into the Wild (este não está nomeado para melhor filme mas nem percebo porquê! para mim, ganhava!) e o do Jesse James (poético!). Todos eles com bandas sonoras lindas...este do Jesse James também não está nomeado para melhor filme e continuo sem saber porquê. No entanto, já vi o Juno e outro No Land for Oldmen e não entendo porque é que estes estão nomeados...
    Esta coisa de se ser crítico...enfim...

    ResponderEliminar
  39. Não, SU, ainda não vi "Expiação", suponho que amanhã. Vi ontem o do Clooney, que vai bem num papel mais dramático, mas não achei assim nada de excepcional. Aquelas intrigas de advogados e clientes, pois, é sempre a mesma nojeira de uma "american way of life" ao sabor dos cifrôes...

    Vou ficar a ver os óscares, de modo que sai post 2ª feira... :)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)