terça-feira, 26 de julho de 2016

SANGRIA DESATADA

A culpa é toda da Libel: incita-nos a experimentar uma sangria destas, estamos desprevenidos sem alguns ingredientes em casa, depois com a correria do dia a dia passa-nos, até que chegam as férias. E a caloraça. E a companhia do melhorio, que aprecia uma bebida refrescante. E foi um desatar a fazer sangrias, que nem vos conto...

Nas experiências seguintes, na de espumante com frutos vermelhos puseram-se os frutos vermelhos (frescos ou congelados) a macerar com duas colheres de sopa de açúcar amarelo e um pau de canela durante uma meia hora, juntou-se uma garrafa de espumante meio-seco, cerca de 250 ml de gasosa (tipo 7up ou sprite) e gelo na hora de servir. É questão de provar para verificar se está ao gosto do freguês - há quem goste mais (ou menos) doce.

Na de vinho verde seguimos esta receita, mas sem sumo de laranja, limão ou hortelã. Ficou igualmente boa, mas tal como a anterior não precisava de tanta fruta.

Foi ou não uma sangria desatada? E não me parece que tenha parado por aqui!

28 comentários:

  1. Hummm pelo aspecto devem ser umas belas e refrescantes sangrias.
    Um abraço e boa semana.
    Andarilhar

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Foram mesmo, FRANCISCO! :)

      Abraço

      Eliminar
  2. Sangria desatada lembra romance policial.

    As imagens abrem o apetite, mesmo a quem gosta apenas de cerveja.

    🏝 ß

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É uma espécie de trocadilho, EMATEJOCA! :)

      Mas sim, bebo mais cerveja que sangria.

      Não percebi bem o bonequinho, mas é giro. Jinhos!

      Eliminar
  3. Sangrias muito convidativas! Talvez tenham fruta a mais, como dizes, mas se for toda consumida, não se pensa em desperdício. : ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Isso não sei ao certo, CATARINA, sei que não comi toda a que tinha dentro do meu copo... :)

      Eliminar
  4. hehe... Curioso teres usado a expressão "sangria desatada" na positiva, aqui com toda a razão de o ser ! rsrsrs ... Aqui, uma verdadeira sangria e à balda para todos ! rsrs
    Habitualmente usamo-la mais na negativa : "Isto não é uma sangria desatada" ! :))

    Não conhecia esse pormenor da maceração dos frutos vermelhos em açúcar amarelo !...
    Com este tempo é de facto uma bebida maravilhosa e eu até as faço bem boas ! :)))

    Beijocas desatadas ! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, RUI, isto tem sido quase uma aprendizagem de fazer sangrias diferentes, que saber não ocupa lugar. E se ficam saborosas ainda melhor!:)

      A expressão foi usada num sentido mais literal do que habitual, sendo uma espécie de trocadilho.

      Beijocas desatadas pour toi aussi!

      Eliminar
  5. Adoro sangrias e pão!! Pelo que já me ficava pela primeira foto. Lol

    Já estive no Cantinho da Libel. Este teu post foi assim uma espécie de dois em um. :))

    Não cheguei a falar em baixo , mas estive agora a ler a tua apreciação da nova versão do "Pátio das Cantigas" e espero ter oportunidade de também o ir ver.

    Beijocas e boa continuação de dias alegres e felizes!

    ( com a famelga a reboque é sempre mais divertido)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, JANITA, por mais que as sangrias sejam coloridas, não há como a famelga para dar um colorido ainda maior às férias e à vida! :)

      Obrigada, dias felizes para ti também e beijocas!

      Eliminar
  6. Frescura evidente, são lindas e devem ser saborosas mas eu prefiro uma Imperial geladinha.
    Belas fotos, beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Imperiais geladinhas também não têm faltado, PAPOILA. Hic! :)))

      Beijocas

      Eliminar
  7. :) Parecem-me as duas muito boas e coloridas :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. E eram, sim, REDONDA, a fruta a mais não lhes retirou paladar (só enchia demasiado o copo)! :)

      Eliminar
  8. Vá! Se é para a desgraça, é melhor não parar

    Sangria de Cerveja

    Colocamos muito gelo naquele primeiro jarro
    (nem precisa lavá-lo).
    Chute lá para dentro um refrigerante de Lima-Limão com gás, acrescente sumos de Limão e de Laranja, um refrigerante de Laranja e 3 shots de Vodka.

    Pegue em três colheres de sopa de açúcar mascavado e, pimba, lá para dentro.
    Vá mexendo, mexendo.

    Em seguida junte 2 Minis e uma Cerveja Gourmet de 33cl e remexa.
    A seguir beba!

    Se não ficar boa, emborque-se de vodka e esqueça!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eheheh, obrigada, ROGÉRIO, por mais essa receita para a coleção. Vodka não é de todo bebida que aprecie, mas na misturada se calhar até cai lindamente! :)))

      Eliminar
  9. Como não bebo bebidas alcoólicas....
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, fica a vê-las passar, PEDRO! :)))

      Beijocas

      Eliminar
  10. Seja que tipo de sangria for marcha e estas têm óptimo aspecto.
    Nestes dias de calor sabe tão bem!

    Beijinhos Teté

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Marcham, pois, MANU. Com a caloraça melhor ainda... :)))

      Beijocas

      Eliminar
  11. Mesmo. Parecem estruturalmente boas:). Também desatei a fazer sangrias de champanhe que é como quem diz espumante e ficaram bebíveis. Bem frescas e a saber a fruta. Correram lindamente e não só no fazer.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, BEA, correm e escorrem lindamente, que a fruta a mais não interfere no bom paladar, antes pelo contrário - só enche é os copos demais! :)

      Tchim-tchim!

      Eliminar
    2. Bom, há uma colher proibitiva dentro do meu jarro, a fruta não passa para os copos e come-se no fim:). Nada se perde excepto as rodelas de limão e os paus de canela.

      Eliminar
    3. Até das rodelas de limão há quem goste, BEA, mas eu também passo... :)

      Eliminar
  12. Gosto muito de sangria... e a razão principal é que adoro fruta!
    Com excepção do limão, costumo comer sempre toda a fruta que me toca. Normalmente numa refeição onde entre sangria, já não entra sobremesa! ;))

    As tuas têm um aspecto divinal... o que me encoraja a tentar fazer um dia destes uma sangria caseira.
    (nunca calhou fazer em casa... mas não deve ter dificuldade nenhuma desde que nos acautelemos com os ingredientes certos)

    Beijinhos num brinde frutado
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Como não aprecio vinho tinto e sempre que bebia sangria ficava com dor de cabeça, nunca fui muito adepta, mas agora com brancos, verdes e espumantes a conversa já é outra, ainda estou a aprender a fazê-las bem gostosas... :)))

      Tchim-tchim para esse brinde frutado, AFRODITE!

      Eliminar
  13. Respostas
    1. Desde que não seja com vinho tinto,também eu, LOPESCA! :)

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)