quarta-feira, 10 de junho de 2015

O PRESO Nº 44

Daniel Oliveira não é suspeito de ser sócratista ou sequer de alinhar nas fileiras do PS. E resume a recusa de Sócrates em usar pulseira eletrónica da seguinte forma: 

"Mandar Sócrates para casa com uma pulseira electrónica era a única forma de reduzir a pressão pública para que haja uma acusação formal sem dar o braço a torcer. Mas José Sócrates não está disposto a facilitar a vida aos investigadores. E, nesta matéria, faz bem. Quem, ao fim de meio ano, continua a não ter uma acusação para apresentar, tem de permitir que o arguido aguarde em liberdade. Não se prende para investigar, investiga-se para julgar."


Imagem da net.

11 comentários:

  1. Sócrates, que com as suas intervenções constantes, dá cabo da vida a António Costa.
    Escrevo hoje acerca do tema.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Não sei se conscientemente ou não, Sócrates cometeu agora o maior erro político/partidário/PS ! Entalou o PS. Entalou António Costa !
    Saindo em liberdade, daqui a 3 meses, estaremos praticamente em cima da campanha eleitoral. Os noticiários, em termos partidários, ocuparão a maior parte do tempo com o "assunto Sócrates" e uns resíduos apenas para António Costa !
    Para alem disso, irão nesse período ser revelados os conteúdos das escutas, em que António Costa e outros elementos do PS estarão forçosamente bastante envolvidos, o que não vai ser nada abonatório para Costa e para o PS !
    Creio que esta decisão de Sócrates determinou a perda das eleições por parte do PS !!!

    Relativamente à alteração da medida de coacção, Sócrates está a pretender levantar uma falsa questão ! ... Foi-lhe dada a opção de se passar da prisão para sua casa (e apenas esta, é bom ter presente) ! Não pode agora argumentar que haveria uma 3ª opção : liberdade sem controle electrónico !

    Beijoca, Té !

    ResponderEliminar
  3. Continuo a achar que se dá tempo de antena em demasia, a quem pouco interessa ao nosso País. Os políticos nos últimos anos têm denegrido o que é Democracia e têm "gozado" com quem trabalha !
    Será como muito vezes acontece por cá que nunca se vai chegar a conclusão alguma sobre os abusos de poder, seja do Sócrates ou de outro qualquer. Sim, porque daqui a uns anos a história vai repetir-se com algum ministro deste governo. Os meus 61 anos dizem-me que sim !

    Cumprimentos Teresa

    ResponderEliminar
  4. Raios partam o Sócrates (o José Pinto de Sousa e não o grego que esse preferiu a cicuta do que ... mas isso é outra história).
    Parece daqueles brinquedos viscosos que as crianças atiram às paredes e ali se vão agarrando ou deslizando deixando um rastro peganhento. O Sócrates (JPS) assemelha-se a uma coisa dessas: não nos larga!
    É sabido que não tenho simpatias por políticos (grosso modo) e por isso não surpreende que acredite naquela máxima: são culpados até prova em contrário (e não a inversa candidamente propalada por mentes mais lúcidas e avançadas do que a minha).
    Sei que este "nosso" (salvo seja) Sócrates e o seu afanado advogado (já não tanto afamado como o foi inicialmente), são um bom produto em termos de venda de tudo o que sejam meios de comunicação. Tal como o Jesus, o Marco e o Bruno.
    Mas que raio, não há assuntos mais importantes para serem referidos e que interessam directamente a vida de muitos de nós?
    Ò Teté, não há pachorra para tamanho desencanto. Não sei se o PS vai ser prejudicado. Não sei se o PSD/PP vai ser irrevogavelmente beneficiado com este folclore. Mas sei que de todo este imbróglio não sairá nada que nos seja benéfico.
    E volto ao principio: raios os partam a todos esses vendedores de "banha da cobra".
    Beijokas (hoje sem sorrisos; estou "irritado")

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estou contigo, Kok!

      Raios partam o Sócrates! Manipulador, calculista, arrogante, megalómano e ainda por cima se arma em vítima!

      Nem lhe deviam ser permitidos esses envio de cartas cá para fora para a comunicação social..

      Não sabe do que o acusam? Branqueamento de capitais, fraude fiscal e corrupção, não chegam?

      O que ele pretende é dificultar a investigação e ofuscar e desviar as atenções de António Costa, que não está nem aí.

      Raios os partam a todos, está muito bem dito! São todos farinha do mesmo saco!

      Se eles se tivessem que se fazer ao mar arriscando a vida na procura de sobrevivência, ninguém lhes ligava nenhuma!.
      Falam é de barriga cheia! Ladrões, cobardes!

      Irrita-te Kok, por enquanto ainda temos o direito ao contraditório...!

      ;))

      Eliminar
  5. Disse e disse muito bem!!!

    (Ó Teté, desculpa meter-me nos comentários dos outros, mas parece-me que o nosso amigo Kok não está bem da cabeça...)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. A TODOS:

    Não há dúvida que Sócrates ainda despoleta muitos ódios e paixões, tanto que aqui só se referia a prisão preventiva (versus domiciliária com pulseira eletrónica) e quase todos focaram a sua personalidade ou os efeitos que esta sua tomada de posição poderá ter nas eleições. E sobre isso não me pronuncio,porque realmente não sou bruxa, nem sequer faço a menor ideia de se ele é culpado ou não daquilo que (ainda) NÃO foi acusado.

    A mim o que me interessa é o aspeto da prisão preventiva,na perspetiva de que se aconteceu com ele (que é figura pública), muito mais pode acontecer com qualquer um de nós: sermos presos preventivamente e ficarmos a mofar na prisão, enquanto o MP investiga e sem sequer sermos acusados de nenhum crime em concreto. E isso considero inadmissível!

    Mais,nem me faz confusão que ele esteja mais preocupado com a sua própria situação legal, do que com qualquer estratégia eleitoralista do PS.Nem considero isso umbiguismo ou egoismo. Mesmo que fosse militante de qualquer partido, que não sou, também estaria mais preocupada com uma eventual acusação processual, do que com as eleições.

    Beijocas para todos!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Reconheço Teté que o meu comentário foi emocional e não racional. E tanto que ao pretender fazer um jogo de palavras com anafado e afamado escrevi "afanado", e só hoje dei pelo erro.
      Com certeza que não concordo com a detenção de pessoas sem que estejam acusadas e comprovada a sua culpa. Mas isso não é só para o Sr. Sócrates; é para todos os detidos preventivamente em especial porque não têm tempos de antena todos os dias e a todas as horas.
      E se o Sr. Sócrates, que tem direito a afirmar-se inocente tem também o dever de respeitar a justiça, os juízes e todos os que nela trabalham. E quanto a proclamar que não sabe do que o acusam... vá lá Sr. Sócrates não pretenda convencer-nos que é um anjinho acabado de cair dos céus.
      E a minha convicção mantêm-se: é culpado até que se prove o contrário. (como acho que foi no caso freeport)
      Não posso esquecer que esteve seis anos como PM, quatro dos quais com maioria absoluta e governou de tal maneira que fez com que "irrevogáveis", medíocres e incompetentes nos caíssem na sopa.
      Não gosto de políticos e de alguns ainda gosto menos.
      Desculpa todo este meu desabafo (que seria o mais indicado no meu blog, né? pois...).
      Beijokas!

      Eliminar
    2. Obviamente estás no teu direito de não gostar de políticos, Sócrates incluído, KOK.

      Mas como ao contrário da maioria do pessoal não tenho nenhuma paixão ou ódio pelo ex-PM, é o plano da nossa justiça que mais me interessa. Seja o Sócrates ou qualquer outro nas mesmas condições: preso (preventivamente) 6 meses sem ser acusado parece-me inadmissível; igualmente ao contrário de outras pessoas, não confio cegamente na justiça portuguesa - já vi demasiados erros, para não considerar que os juízes são seres humanos tão falíveis como os outros. E alguns também são mauzinhos e mesquinhos... :P

      Claro que podes manter a tua posição que ele (especificamente) é culpado. Para mim, nem sei ao certo do que ele é acusado (os jornais querem vender e não lhes compete essa missão),como é que posso saber se é? E mesmo que seja, será que o vão conseguir provar? É que tanto atraso na acusação dá ideia que faltam provas ao MP. E sem elas... batatas!

      Beijokas

      Eliminar
  7. Concordo em absoluto com o Daniel Oliveira. Este caso já é uma vergonha para a nossa justiça.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Somos dois, CARLOS! :)

      Beijocas

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)