terça-feira, 20 de maio de 2014

E O LONGE SE FEZ PERTO...

... ou será vice-versa? Só sei que o Parque Silva Porto, mais conhecido como mata de Benfica, é o jardim que fica mais próximo de minha casa e já não ia lá há anos. Mais propriamente desde que o meu filhote era bebezoca. E não é que ele gostasse muito de baloiços e escorregas, mas para dar ar à criança...

O busto do pintor, logo à entrada, encontra-se bastante deteriorado e a precisar de uma remodelação urgente, embora o casinhoto onde funciona o WC se encontre aparentemente em bom estado de funcionamento. Mas não fui averiguar o interior! 

Como podem suspeitar pela presença dos carrinhos de rolamentos ali "estacionados", nesta tarde estava a decorrer uma corrida dos mesmos, pois o parque é bastante íngreme e presta-se a este tipo de corridas. E havia alguns modelos bastante GT...

... e "campeões" de palmo e meio a receberem taças.

Bom, mas não era esse o objetivo da passeata - já que desconhecíamos de todo a iniciativa - apenas dar um bocado de exercício às pernocas... de um modo menos radical. E fotografar alguns bicharocos de caminho.

Dado o acentuado declive do terreno, havia sempre a possibilidade de tentar um "corta-mato" por outros caminhos já muito trilhados, mas resistimos à tentação.

Lá no alto e junto ao lago, patos, patinhos, cisnes e pavões pareciam conviver em alegre harmonia, embora nem todos tivessem cara de bons amigos...

Mas também, quem manda andar ali a clicar como se não houvesse amanhã, sem sequer pedir autorização aos modelos?

Mais adiante, uma ampla e simpática esplanada, com mesas livres ao sol e à sombra, à vontade do freguês. O jardim infantil fica na direção oposta, mas também tem bancos e mesas para miúdos e graúdos descansarem.

Próximo da entrada superior existem dois campos de padel (aquela espécie de ténis) e um parque Aventura, recentemente renovados pela CML. Curioso que este portão faz-me lembrar um amigo dos tempos de liceu, cuja escola ficava ali perto e que conseguiu o "feito" de chumbar a primeira classe: ele e os colegas preferiam ficar na mata a brincar, em vez de irem para a escola, e a professora não se lembrou de avisar atempadamente os pais dos alunos das repetidas faltas. Se fosse hoje tudo mudava, na cidade ou no campo, e essa professora não teria grande futuro no ensino... 

Dizem que para baixo todos os santos ajudam, optámos por seguir o trajeto efetuado anteriormente pelos carrinhos de rolamentos, como bem se notava pelas marcas ainda visíveis no pavimento. Pelo meio ainda passámos pelo parque das merendas e por uns quantos gatos que por ali circulavam, abastecendo-se em malgas ali deixadas pela vizinhança. E eu que supunha que estavam ali para dar cabo da rataria, hein?!?  

24 comentários:

  1. Shame on me! Apesar de ter vivido alguns anos em Benfica, não conhecia esse parque (jardim). É mesmo assim bonito como parece, ou a sua máquina fotográfica tornou-o mais fotogénico, Teté? :-)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Quase todos os jardins são bonitos, desde que bem tratados, CARLOS! :)

      Beijocas

      Eliminar
  2. conhecemos mal as nossas cidades porque vivemos nelas,temos mais tempo para explorar os lugares onde vamos só de visita ... devíamos visitar mais os lugares onde vivemos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, TÉTISQ! Às vezes conhecemos melhor locais onde vamos de férias que a nossa própria vizinhança... :)

      Eliminar
  3. Não conheço este parque...também conheço mal a zona de Benfica!
    WC (s) públicos deste género? Jamais, mesmo que tenham bom aspecto!
    Belas fotos!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Que me lembre, também nunca lá entrei, ROSA! Mas o quiosque dos WC é muito sui generis, existem outros 3 idênticos em Lisboa, com azulejos "arte nova" e segundo projeto do início do século passado. :)

      Abraço

      Eliminar
  4. Não conheço esse Parque mas pelas fotos é bonito e grande, hei-de visitá-lo gosto desses passeios!
    beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então dá por lá uma voltinha, que vale a pena, PAPOILA! :)

      Beijocas

      Eliminar
  5. Também não conheço. Estive a ver a localização no google e apesar de Benfica ser a "minha" zona em Lisboa, o facto é que nunca fui para esses lados. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O parque fica localizado numa zona de vivendas (bairro de Santa Cruz), que em tempos foi tipo bairro social para famílias numerosas, daí não ficar muito em caminho. Embora fique relativamente perto da praça, LUISA... :)

      Eliminar
  6. De Lisboa muito pouco conheço, nunca ouvi falar do parque, mas adorei as imagens e a reportagem.
    Acho que fizeste um belo passeio, mesmo estando a decorrer a iniciativa dos carrinhos, acabou por ser um passeio diferente.
    Já esse tipo de casa de banho, seja onde for eu fujo delas, é preferível ao ar puro...hehehe.
    Boa continuação Teté

    Beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A corrida dos carrinhos de rolamentos já tinha terminado, FLOR DE JASMIM, e imagino que essa zona estivesse fechada durante a corrida. Para bem dos concorrentes e dos outros visitantes...

      Evito o mais que posso casas de banho públicas. Mas o ar puro também não me convence... :)

      Beijocas

      Eliminar
  7. Tb não conhecia! Portugal tem bonitos jardins/matas… não é apenas no Canadá, mais propriamente Toronto!
    Gosto muito do passeio!
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também gosto muito de passear, especialmente ao ar livre, CATARINA. Dentro de museus e ao ritmo pára-arranca por vezes acho muito cansativo... ;)

      Beijocas

      Eliminar
  8. Obrigada por me dares a conhecer através das boas fotos e do texto o Jardim.

    DE Italo Calvino li alguma coisa e há muito tempo, mas não o que mostras no post anterior.

    Abraço ebons passeios, mas sem grandes cansaços...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois é, SÃO, às vezes vamos conhecendo outros recantos através da blogosfera. Quer sejam muito badalados ou pouco conhecidos... :)

      Obrigada e uma grande beijoca!

      Eliminar
  9. Se é verdade que alguém “chumbou” na 1ª classe para ir curtir para a tal mata,… como foi possível teres uma amizade com tal personagem ? Aposto que o malandro te convenceu a ir lá! Fiquei curioso com a mata, talvez a vá conhecer um dia destes!... É que numa similar, os guardas daqueles tempos não permitiam brincadeiras com carrinhos de esferas.
    P S.: Já fui ao Google Maps ver a localização.

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É assim, sou muito eclética nas amizades, TANO. Mas aqui só para nós que ninguém nos ouve, distanciamento era mais dos marrões - a que agora chamam nerds - que esses é que eram chatos! :)

      Noutros tempos existiam guardas também muito chatóides. Quer dizer, nem com os carinhos de esferas se podia brincar num jardim?!? Vale que havia a rua... :D

      Vai, vai, que foi tudo remodelado há pouco tempo e está tudo com um ar limpinho e pintadinho. Não sei se durante muito tempo...

      p.s. - ah, se não fosse o Google Maps! :P

      Beijocas

      Eliminar
  10. ~ ~ Não sabia que o parque de Monsanto tinha esse nome!
    ~ ~ Residi, na juventude, em Benfica, a uns passos da mata, sem a avenida radial a cortar o romântico caminho.
    ~ ~ Tem o mesmo aspeto aprazível de então. Os meus pais adoravam e eu, muito novinha, achava aquilo um deserto horrível, ~ depressa ficava impaciente e aborrecida.
    ~ ~ O maior pulmão de Lisboa, onde se preservou um pouco da vegetação daquela verdejante zona de quintas, muitas da
    ~ nobreza, de uma sociedade rural.

    ~ ~ ~ ~ B e i j o c a s. ~ ~ ~ ~ ~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Em tempos idos deve ter feito parte do parque de Monsanto, MAJO, mas agora está separado por casas e arruamentos.

      Suponho que estará muito diferente desde essa época, aliás notei diferenças especialmente no parque infantil, porque a nível de entradas os caminhos estão semelhantes. Não cheguei a verificar os equipamentos do Parque Aventura, porque não fazem nada o meu género...

      Ainda existem alguns palacetes do que resta dessa nobreza rural de outrora, mas esses ficam mais para S. Domingos de Benfica e de um outro parque (do Calhau) mais recente, que esse sim liga diretamente a Monsanto. :)

      Beijocas!

      Eliminar
  11. Bom dia de reflexão ...e boa votação , rrsss

    Beijinhos, ma belle

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Até fiquei com rugas na testa de tanto refletir, SÃO, de qual seria o mal menor. Não adiantou muito... ;)

      Beijocas!

      Eliminar
  12. Ganhei umas nódoas negras com esses carrinhos de rolamentos :)))
    Mas também ganhei umas boas memórias.
    Que suplantam, em muito, as nódoas negras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Estes carrinhos eram um "must" noutros tempos, PEDRO, quando nem todos os meninos e meninas tinham bicicletas... Não tive nenhum, como é óbvio (menina não conseguia que pai ou avô a ajudasse a fazer um), mas nem por isso deixei de andar neles. Os putos de rua nunca se importaram de partilhar brinquedos... :)

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)