terça-feira, 7 de janeiro de 2014

LIVROS: TOP + 2013


2013 não foi um ano de leituras variadas: dos 28 livros lidos 5 foram de Murakami, 5 de Camilla Lackberg, 2 de Ken Follett, 2 de Lars Kepler e 2 de Afonso Cruz. Ou seja, como gostei, fui ler mais dos mesmos escritores. Claro que Murakami e Ken Follett já tinha lido anteriormente, os restantes foram novidade. Bem como John Grisham, Vikas Swarup, Donna Leon, Teolinda Gersão e João Tordo. Da maioria dos quais também tenciono reler outras obras. Curiosamente, também li pela primeira vez Jorge Amado. Com olhos de ler, porque em tempos já tinha folheado "Gabriela" e por razões que não relevam a não ser no momento inoportuno também deixei "Tieta" a meio. Mas "Capitães de Areia" entra direto para a lista dos preferidos do ano, como um clássico a não perder.

Portanto, mesmo dada a pouca variedade de escritores, as minhas escolhas foram as seguintes e por esta ordem, para:

Romance - "1Q84" 1, 2 e 3, de Murakami, logo seguido de "Kafka à Beira-mar" do mesmo Murakami e "Cinco Quartos de Laranja", de Joanne Harris.

Policial - Tinha de ser de Camilla Lackberg: "Os Diários Secretos". De notar que também gostei bastante de "A Confissão" de John Grisham, que me pareceu escrito para argumento de filme - que provavelmente vai acabar por ser!

Lusófonos - "O Tímido e as Mulheres", de Pepetela e "O Pintor Debaixo do Lava-loiças", de Afonso Cruz.

Clássico - "Capitães de Areia", de Jorge Amado, tal como já foi referido. 

Não li poesia, ensaios, ou livros técnico-profissionais ou de auto-ajuda. Cada qual tem as suas preferências e essas não são as minhas. Eis o "ramalhete"!


E que 2014 seja um ano de muitas e boas leituras...  para todos os que gostam de ler! 

28 comentários:

  1. Este post é um mimo.
    Qual foi o livro que leste de Donna Leon? Não me recordo se o mencionaste.
    Vou à farmácia vacinar-me contra a gripe!! e venho já… Hoje fiz gazeta embora tenha motivo justo… faz muito frio! : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nem imagino um frio desses, CATARINA, se eu com menos de10º (positivos) já acho que está um gelo... ;)

      Então já viste que é "Provas Manipuladas", e dela quero ler mais livros... Se bem te lembras, o nome da escritora foi sugestão tua, que não a conhecia sequer de nome. Depois disso descobri que tem cá alguns livros publicados e... foi só escolher um título sugestivo. Se tudo correr bem, na Feira do Livro deste ano haverá mais... :)))

      Eliminar
  2. Já vacinada... aqui estou de volta! : )

    Anotei o título e/ou o autor que me despertaram a atenção e em breve farei a respetiva requisição na biblioteca.

    Também a li A Confissão e a seguir Sycamore Row do mesmo autor. Preferi este último.

    Há poucos anos li, de Mireille Guiliano, “As Mulheres Francesas não Engordam". Tomei conhecimento hoje que esta autora tem um novo livro, “As francesas não fazem cirúrgias plásticas: envelhecendo com estilo e atitude”- tb está na lista de requisições! Há que diversificar... : ))

    Vou voltar a ler Haruki Murakami.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tinha ideia de ter alguns títulos de Grisham para ler aqui numa coleção herdada, mas afinal parece que estou enganada. Mas é outro escritor a ler, se bem que alguns não faça tenção de ler pois já vi o filme, CATARINA... Aliás, vi "O Júri" recentemente e gostei muito! :)

      Está visto que essa Mireille é francesa. Mas esses títulos não me cativam por aí além... :D

      Quanto a Murakami sou suspeita, porque adoro! Mas já reparei que não há meio termo em relação a ele: ou se ama, ou se odeia! ;)

      Eliminar
  3. Agora vou no Mia Couto...um conjunto de crónicas que me deliciam. Já li alguns desses que aí estão.

    Já agora o filme "12 anos Escravo" que vi ontem é magnífico.

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O último livro de contos de Mia Couto que comecei a ler não me cativou por aí além e deixei para outras núpcias.

      Obrigada pelo teu feedback do filme, fiquei contente por teres gostado também, JP! :)

      Beijocas

      Eliminar
  4. Estou ansiosa por ler Pepetela...estou muito curiosa!
    Neste momento estou ainda muito no inicio dos Diarios Secretos, já lá os outros quatro dela.
    Vou anotar a data deste post pois estou certa que terei que cá voltar daqui a uns tempos.
    xx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois tens de me dizer o que achaste dos "Diários Secretos" (que foi o meu preferido da Camilla, mas é óbvio que estas preferências variam de pessoa para pessoa, uma amiga minha preferiu "Gritos do Passado", por exemplo) e também do Pepetela, PAPOILA. Que achei delicioso e bem humorado... :)

      Mas podes dar a tua opinião no post mais recente, mesmo que o tema seja outro, que isto de andar à procura de posts antigos é uma grandiosa seca... ;)

      xxx

      Eliminar
  5. Um belíssimo "ramalhete"... :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pelo menos eu gostei, LUISA! :)

      Eliminar
  6. Ampliei a foto e consegui ver o título do livro de Donna Leon. Chiça... o frio que faz lá fora está a tolher a minha capacidade de raciocício cá dentro! : )

    E só agora é que tb vi o copo de cerveja ao lado de “Jesus Cristo bebia cerveja”! : )))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com um frio desses qualquer um fica tolhido, CATARINA! O título do livro também está na faixa lateral em baixo, que eu vou colocando links para os meus posts de livros... :)

      O copo de cerveja pareceu-me fazer todo o sentido! :)))

      Eliminar
  7. Uma confidência difícil...

    Vou ter que começar a desfazer-me de livros da minha biblioteca! Quem diria!
    Mas tem que ser! È uma carga muito pesada, e o meu gosto é necessáriamente diferente dos demais.
    Vai ter que ser um processo lento... Vou ter que passar a usar uma biblioteca.

    ~ ~ ~ ~ ~ Beijinho. ~ ~ ~ ~ ~


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ainda há dias "herder" meia dúzia de livros policias, de uma amiga que está a desfazer-se de alguns livros que já não lhe interessam, MAJO:

      Em Lisboa não acho muito fácil usar as bibliotecas, se não se reside perto de uma. Aliás, parece que as querem reduzir, ainda não percebi muito bem já que não frequento.

      Desfazer-me dos meus livros era, para mim, um enorme desgosto! Por vezes apegamo-nos estupidamente às coisas e é o caso com os meus livros... :)

      Beijocas

      Eliminar
  8. Amado li -o todo muito nova e "Capitães da Areia " é um dos livros da minha vida.Tens , de Soeiro Pereira Gomes, um muito semelhante e que vale a pena ler.

    Li muitos ensaios e nenhum de auto-ajuda , porque a maioria deles são uma tontice.Técnicos , desde que me aposentei, deixei de ler, rrss

    Bons sonhos, ma belle

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, SÃO, para já só li este, mas de Jorge Amado tenciono ler mais. "Os Esteiros" de Soeiro Pereira Gomes é que li ainda no liceu, pois foi leitura obrigatória a Português e também adorei, é um dos livros da minha vida.

      É, livros técnico-profissionais a pessoa deve ler quando precisa, não se pode considerar uma leitura prazeirosa. Se bem que possa aprender bastante, evidentemente! :)

      Bons sonhos!

      Eliminar
  9. IQ 84 é o livro que vou começar a ler hoje.
    Ontem terminei O Jogo do Anjo, de Zafón.
    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom fôlego, PEDRO, que a trilogia vale muito a pena! :)

      Beijocas

      Eliminar
  10. Respostas
    1. Bem-vindo e obrigada, LOBINHO! :)

      Eliminar
  11. Anotei algumas sugestões e estou muito inclinada a conhecer Pepetela e se não me engano em post anterior já havia me referido que fiquei curiosa em ler o livro da Camilla Lackberg.Agora só uma curiosidade: Não gosta do Jorge Amado ou só nunca havia lido?Eu li e tenho TODOS dele. :-)

    Um beijo Teté!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nada de confusões, KÁTIA: nunca tinha lido Jorge Amado do princípio ao fim de um livro. Não porque ele não seja suficientemente conhecido cá em Portugal, porque é! Quando deu a telenovela "Gabriela" cá em 1977, alguém me emprestou o livro para dar uma folheadela, porque precisava dele no dia seguinte ou coisa, não tive tempo de o ler. "Tieta" ofereceram-me numa altura que estive doente, li prái metade, mas depois meteu-se tanta coisa pelo meio, que o livro ficou por ali. Mais tarde concluí que tinha de ler de início, porque já não me lembrava do que tinha lido e foi ficando para outra altura. Portanto, foram duas coincidências, mas tenciono ler outras obras de Jorge Amado...

      As outras sugestões já se sabe que ficam para quem as quiser agarrar... :)))

      Beijocas e cheirinhos!

      Eliminar
  12. Bolas! Bolas! Teté! Isso é que foi ler!! Os meus parabéns!
    Cá em casa foi "moda" lermos o Murakami numas férias de verão há uns anos quando lançou o «Kafka à beira-mar» e eu fiquei-me por aí; mas uma das minhas filhas e um dos meus genros (por acaso trocados: cunhados) ficaram fãs e têm lido tudo dele. Eu prefiro sempre ler autores portugueses.
    Bom Ano com boas leituras!~

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois olha, GRAÇA, também pertenço ao clube de fãs da tua filha e do teu genro: adoro Murakami! Desde o primeiro livro fiquei com boa impressão (curiosamente foi o que gostei menos até ao momento), depois demorei alguns tempos até ler o segundo, mas esse deixou-me sem fôlego ("A Sul da Fronteira, a Oeste do Sol") e depois já não tive dúvidas de me abalançar para a trilogia e calhamaços... :)))

      A minha única preferência é que o livro seja bom, a nacionalidade do escritor é o que menos me interessa... :D

      Beijocas!

      Eliminar
  13. Também gosto de ler autores novos todos os anos e quando gosto, depois tenho tendência para querer mais deles.
    Já sabes que gosto imenso de Afonso Cruz. E fizeste bem em ler "Capitães de Areia" é mesmo um livro obrigatório.
    Pepetela e Murakami são mesmo dois autores que tenho de voltar a ler.
    Boas leituras!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, TONS DE AZUL, mas depois quando lemos vários livros de um autor novo, já temos menos tempo para ler outros autores novos, de que igualmente poderíamos gostar... Mas pronto, faz-se o que se pode para ir variando e também lendo alguns dos autores preferidos... :)

      Pepetela e Murakami são um must! :)

      Beijocas e boas leituras também para ti!

      Eliminar
  14. Como não gosto de ver TV e continuo sem computadores (estou a comentar do computador da biblioteca) leio muito mais.

    Já tenho dois livros do Murakami á espera na mesinha de cabeceira; entretanto estou a ler um livro com 684 páginas, do qual vou falar no "ematejoca azul" quando acabar de o ler.

    ResponderEliminar
  15. Descobri Ken Follet e Murakami, e gostei muito mesmo muito. Cada um no seu estilo, mas eu em leitura gosto de ser "abrangente", se bem que as minhas preferências vão para livros com história (Dan Brown, José Rodrigues dos Santos), mas estou curiosa com os diários secretos de que falas.
    Dentro deste género aconselho "Diz-me quem sou" de Júlia Navarro. Mais de 1000 páginas, mas muito mesmo muito bem escrito.

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)