quarta-feira, 12 de agosto de 2009

HÁ COISAS NA VIDA...

... a que uma mulher nunca escapa: a um amor forte e profundo e a comer mais uma tapa! (leia-se: tosta com manteiga, queijo, paté, doce, etc. e tal, nada a ver com lambadas - que em dança até pode ser giro, mas de resto nem por isso - certo?!)

Daí que se em final de férias se suspeitar que a barriga cresceu ou as calças encolheram - em qualquer dos casos uma chatice - não vale a pena chegar a casa e pular para cima da balança habitual: para além de eventualmente avariar o mecanismo da dita, ainda pode adquirir um enorme desgosto...

Depois do azul, vale a pena pensar em cor-de-rosa:



(e um coração a bater vale por tudo!)

25 comentários:

  1. ou eu estou muito lerda ou esse azul e resoa me baralhou toda... podes explicar???? devagarinho que nestas coisas nunca se sabe o que pata aó vem..... parabens?!??!!?

    ResponderEliminar
  2. Então o grito que eu ouvi ao longe foi a tua balança... ;)

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  3. Olá Tété!

    Depois do comentário feito no blogue da Pascoalita, tive a curiosidade de te conhecer. E olha que no post dizes uma bela verade: quando estamos de férias...que sabem tão bem... acabamos que nos esquecer e comemos mais do que a conta...resultado... a barriguinha cresce! Mas não será só por comer demais, a outra razão é a mudança de ambiente, que troca as voltas ao organismo e deixa de funcionar como de costume...no meu caso, basta estar um dia na praia, por exemplo...a barriga incha logo...

    Tem dessas coisas o Verão e as férias, mas não há como estar a descansar, longe da rotina, das horas para cumprir e fazer o que apetece, não é verdade?

    A propósito, vi que gostaste do texto da Pascoalita. Porque não vais à Aldeia da minha vida votar por ela? Ela se calhar não disse, mas os textos estão a concurso, até 8 de Setembro.
    Ficarei a aguardar por si, lá.
    Bjs Susana

    ResponderEliminar
  4. E...depois o calor dilata os corpos.

    Bom regresso.

    ResponderEliminar
  5. Agora a palavra de ordem é: GINASTICAR!!!!

    beijocas

    ResponderEliminar
  6. Eu digo como o Carlos II, que o calor dilata os corpos!!!

    A minha vida continua azul, mesmo muito azul, embora longe da praia.

    Vou comentar em baixo...

    ResponderEliminar
  7. Bom, INÊS, também não entendi muito bem o teu comentário! Só estava a referir os azuis do mar, do céu e da piscina, esperando que em Lisboa tudo volte à normalidade! (nomeadamente, com a dita balança...) ;)

    Ai, RAFEIRITO, ouviu-se aí? Julgava que o gritinho tinha sido comedido... :))
    Beijocas!

    Obrigada, S.G., mas já estão nos finalmente... :)

    ResponderEliminar
  8. Bem-vinda, SUSANA!
    Já espreitei os teus blogues, mas vou ler com mais calma quando voltar a casa.
    Depois logo comento ou voto, OK?
    Beijocas! :)

    Deve ser isso, CARLOS! Uma dilatação inusitada... :))
    Abraço!

    ResponderEliminar
  9. Ui, GATINHA, tens a certeza que é ginasticar??? :h
    É que não apetece nada... :D
    Beijocas!

    Ah, EMATEJOCA, por aqui com tanto azul vai acabar, já, já de seguida!
    Mas que o calor dilata os corpos, também não me restam dúvidas... :)

    ResponderEliminar
  10. Ginasticar, ui, mas que trabalheira, vai mas é para uma academia dançar, é perder peso fazendo algo de que se pode gostar, detesto ginástica por isso sou gordaaaaaaa, mas se for dançar, uau, até acho que o tempo passou mais depressa, enfim... a comer umas saladitas a coisa vai ao sitio.. e deixa lá a balança, ela nem tem culpa, não a levaste de férias, e, devias, se devias...beijinhos.

    ResponderEliminar
  11. Olá, Teté

    Venho à pressa antes que a pen me falhe. Espero que estejas em grande, eu estou espapaçada e empanturrada de bolos e gelados. Pois, um bocadinho mais refeita:)))

    Beijinhos
    Isabel

    ResponderEliminar
  12. Sabes Tété, há prazeres na vida que superam o desgosto das calças já não serviram.
    Eu tento fazer de tudo um pouco mas ... je ne regrete rien!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  13. a mulher esquece de tanta cousa... até de um amor... desde que tenha entretanto nascido outro amor...
    tal como o homem...
    tapas... pois... sou mais de palmadas... yayayya
    balança... acredita que quando se vive sozinho, é o meu caso... é cousa que não existe...

    abrazo serrano e cuida do meu blog... curtas férias... vai lá regar as plantas, amiga... virtual

    ResponderEliminar
  14. Partiste a balança, Teté? Quem se importa, se o coração continua a bater? (`_^)

    Beijoquita

    ResponderEliminar
  15. Ginasticar ou bailar só se for em lides caseiras, LAURINHA!
    E não, não me passava pela cabeça vir de balança atrás, só tive a infeliz ideia de me pesar numa balança alheia... :))
    Não é nenhum drama, só me chateia que que esses quilitos a mais se instalem todos no barrigame... ;)
    Jinhos, nina!

    ISABELINHA, tirando este quiproquó com a barriga a crescer, devido a umas comezainas extras, estou óptima!!! :))
    Será que em férias fico mais gulosa? ;)
    Beijinhos!

    Tens razão, KIM! E em boa verdade também não lamento nada, que as férias não foram feitas para dietas... :)
    Beijinhos!

    ResponderEliminar
  16. Ná, MIXTU, um amor forte e profundo nunca se esquece! Nem mulher, nem homem! Eventualmente, pode ser ultrapassado por um novo... é a vida! :)
    E vou lá regar as ervinhas, sim senhor, até porque as tuas ovelhas vão precisar delas! :D
    Boas férias, amigo virtual!

    Não, SUN, não parti! Mas realmente pouco importa uns quilitos a mais, desde que o coração continue a bater bem, no ritmo desejável... (`_^)
    Beijoquitas!

    ResponderEliminar
  17. Não faças caso. Não se deve confiar nas balanças.

    Agora é a minha vez :) Venham de lá os petiscos, tapas, pinchos y copas.

    Bom fim-de-semana

    ResponderEliminar
  18. Adoro, adoro esta musiquita :) e ainda mais cantada pelo pavarotti ihihih,que a piaff é um pouco aguda pra mim :).

    Sim, amor e tapas, bela mistura, hem??? :))))

    beijinhoooooooooooooooooooooos

    ResponderEliminar
  19. Pois, as balanças são umas falsas, PAULOFSKI!!! :))
    Então muito boas férias, com tudo a que tens direito, incluindo petiscos, tapas, pinchos, copas y tudo o mais... :z
    Diverte-te!

    Bom, então somos duas, VANI!!! :z
    Amor e petiscos rima bem, não é verdade?! :D
    Beijiiiiinhooooosssss!

    ResponderEliminar
  20. Só agora reparei em que a foto não vai assinada, pelo que imagino que é tua. Linda! Dá vontade de mergulhar aí e quebrar essa calma (nem se fale da do texto anterior: sem ingleses em volta. Mais paz. O que fizeste para os enxotares? Hehehe!)

    ResponderEliminar
  21. Por acaso não tirei muitas fotografias, SUN, até porque me apeteceu parar para fotografar uma coisa ou outra, mas com os "putos" atrás não dá, que começam logo a protestar... (`_^)

    Com maré baixa e em praias mais pequenas não costuma ser necessário enxotar ingleses ou outros... :))

    Jinho!

    ResponderEliminar
  22. Há duas coisas na vida
    a que um homem nunca foge
    Um amor terno e profundo
    e ainda não bebi nada óje!

    ResponderEliminar
  23. Adoro Edith Piaf e esta música é qualquer coisa de extraordinário!;;)

    ResponderEliminar
  24. Eh, eh, eh, PREDATADO, um amigo meu passava a vida a dizer essa frase, aqui há uns 20 e tal anos atrás, daí ter adaptado ao texto!!! =))
    Há frases que são geracionais... :D

    Bem-vinda, RITA!
    Somos duas a adorar Edith Piaf... ;;)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)