terça-feira, 27 de setembro de 2016

OLHÓ PASSARINHO!

Como o prometido é devido, aqui fica um largo conjunto de pássaros que fotografei durante as férias no Algarve, na zona da lagoa dos Salgados e arredores (campo de golfe e relvados circundantes). Muito mais gratificante a segunda ronda em Setembro, do que primeira em de Julho.

O meu conhecimento sobre a passarada é limitado, pelo que vou apontar a identificação mais provável de cada um, mas sem certezas absolutas, pelo que estão à vontade para me corrigir, se for caso disso. Este suponho que é um melro fêmea.

Muito comum na lagoa, o galeirão tem aspecto e hábitos semelhantes aos patos, mas pertence a outra família. 

 O pato-real (fêmea) também é um residente habitual da lagoa.

Gaivotas também nunca faltam, evidentemente!

Possivelmente esta será uma garça-real, mas dado o mau posicionamento da câmara (e da ave) é difícil confirmar.

O guincho é uma ave da família das gaivotas.

Com a ajuda dos amigos do facebook consegui identificar esta ave, que mesmo sendo tão pequena tem uma quantidade de nomes porque é conhecida: alvéola, labandeira, lavadeira, lavandisca, lavandeira, alveliço, boieira e pastorinha. 

Esta creio ser indubitavelmente uma garça-branca-pequena, dada a coloração preta do bico e das patas.

No campo de golfe as garças-brancas-grandes também se passeiam. A diferença não está no tamanho, mas na coloração amarela de bicos e patas... acho!

Desta última visita o ibis-preto também estava amplamente representado, nunca o tinha avistado por aquelas paragens. E sim, já estive mais longe de aderir a um grupo de bird watching, pessoalmente conseguir ver e fotografar estas aves no seu habitat natural dá-me uma enorme satisfação...

Já agora, de toda esta passarada não consegui identificar o da primeira fotografia, se alguém souber agradeço a ajuda. Fica o desafio! 

34 comentários:

  1. Um belo conjunto de fotografias destas magnificas aves, eu gosto de as ver mas também não as sei identificar.
    Um abraço e boa semana.
    Livros-Autografados

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, identificar é a parte mais difícil, FRANCISCO, pelo menos daqueles passarocos que são menos comuns... :)

      Abraço

      Eliminar
  2. Que bela reportagem, Teté! Eu tenho uma especial inclinação para o galeirão. Acho-o lindo, com aquele branco tão branco na testa e depois terminando num par d epatas que parecem troncos de bambu. :-)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Verdade, SUSANA, mas em Lisboa nunca os vejo, só mesmo na lagoa dos Salgados (possivelmente também existem noutras zonas algarvias, onde não estive)... ;)

      Eliminar
  3. Olhó passarinho e os bípedes palmípedes, como diria Bocage!

    Belo conjunto de fotos da passarada algarvia, Teté! Eu não te disse que irias ter sorte com a segunda fase de férias, em Setembro? E o calor continua!

    Quanto ao desafio, cá para mim, o primeiro pássaro tanto pode ser um melro macho, como um papa-amoras...nã sê! Não tenho conhecimentos científicos sobre ornitologia.

    Acho muita graça aos passinhos das lavandiscas...:)

    Beijocas a voar daqui prá aí.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, em setembro foi mais fácil, JANITA, embora ainda estivesse muita gente não estava a multidão de julho... ;)

      Pois é possível que seja mesmo um melro macho...

      Beijocas a voar para ti!

      Eliminar
  4. Tanto passarinho e acabou agora de chegar um azul :)

    Um beijinho grato por este partilha


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mais um para a coleção, FÊ... :)))

      Beijocas

      Eliminar
  5. Olá Teté que honra fazes aos passarinhas :)
    sinto imensa pena e até vergonha que tantos deles por estas bandas acabem na frigideira para os petiscos :((((

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não me parece que estes acabem na frigideira, ANGELA, suponho até que alguns terão uma carne demasiado rija... :)

      Mesmo os patos para consumo são um bocado diferentes destes.

      Eliminar
    2. Que Deus te ouvisse Teté :)
      mas continuo a minha ideia :

      http://www.sulinformacao.pt/2016/04/detido-em-messines-com-arma-proibida-e-mais-de-mil-armadilhas-para-passaros/


      http://www.sulinformacao.pt/2016/04/detido-em-messines-com-arma-proibida-e-mais-de-mil-armadilhas-para-passaros/

      http://www.sulinformacao.pt/2016/04/detido-em-messines-com-arma-proibida-e-mais-de-mil-armadilhas-para-passaros/

      Eliminar
    3. Convenhamos que é uma notícia invulgar, ANGELA, embora não me custe a acreditar que gente com mais dificuldades por vezes cace um pássaro para comer. Agora ao nível desse doido, nem nunca tinha ouvido falar...

      Eliminar
  6. Ena, setembro rendeu! E digo-te que, no que a aves respeita, vem aí outubro e uma época excelente para os "birdwatchers". Até se realiza em Sagres um festival internacional de observação de aves, aproveitando a época migratória que ainda traz para cá mais espécies.
    Não sou muito entendida mas tenho ali um livro de aves. Vou lá espreitar a ver se consigo ajuda para identificar a primeira ave. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também tinha por aí um livrito sobre aves que consultei, LUISA, mas não me valeu de muito, que é antigo (1963) e ainda à base de desenhos... ;)

      Eliminar
  7. As fotografias estão bestiais.
    E eu sou tão totó a fotografar!!
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, PEDRO. Mas suponho que para a fotografia amadora basta apenas ter paciência. E ainda mais se a imagem pretendida for um pássatro... :)

      Beijocas

      Eliminar
  8. Que bela colheita fotográfica da passarada. Ficaram lindas as fotos, já dos nomes não sei identificá-las, limito-me a fotografar.

    Beijinhos Teté

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, gostaria de também saber mais sobre aves para não me enganar na identificação, MANU! ;)

      Beijinhos

      Eliminar
  9. As fotografias são um mimo, Teté.

    Beijocas a olhar os passarinhos 🎋

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olhando melhor, parece um CORVO.

      Eliminar
    2. A Ema diz que não é um corvo.

      Eliminar
    3. Obrigada, EMATEJOCA!

      Quanto à Ema, está carregada de razão: os corvos e as gralhas têm um bico bem mais grosso, que se distingue bem... :)

      Beijocas

      Eliminar
  10. Depois de consultar o meu guia de aves, julgo que é simplesmente um melro. Parece que no final do verão o bico do macho escurece.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. És capaz de ter razão, LUISA, também li que o bico dos melros escurece no inverno. Ainda não era inverno, masnunca se sabe... :)

      Eliminar
  11. Adorei esta viagem ao mundo da passarada, Teté. Não sei se recorda um post em que contei a minha aventura no monte Garavhuska ( Papua Nova Guiné). Dormi lá uma noite, ao relento, só para ouvir o canto do Bird of Paradise.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Costumo ter boa memória, CARLOS, mas não tanta que recorde todos os posts que os meus amigos escrevem... :)

      Beijinhos

      Eliminar
  12. Uma boa colecção, Teté ! :))
    Quanto ao pássaro da 1ª foto, creio tratar-se (como todo ele indica) de um "Pássaro preto", tal e qual ele existe. Todo ele é preto ! Não melro, não corvo, etc.
    Curioso que este pássaro preto está, ele todo, cheio de "misticismo", talvez por essa singularidade .
    Quer para quem simplesmente os vê, quer para quem sonha com eles, até para quem os encontrar mortos há um simbolismo.
    Muito interessante ler sobre isto ! rsrs

    Beijocas de qualquer cor e sem penas, Té ! :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Li umas coisas em inglês sobre pássaros pretos, mas não cheguei a nenhuma conclusão, RUI. Mas ainda vou tentar saber a opinião de um grupo do facebook sobre as aves de Portugal. Por via das dúvidas... :)

      Beijocas

      Eliminar
  13. Daquele primeiro fotografado só tenho uma certeza: não é um corvo!
    Vou "mostrá-lo" à SPEA (Soc. Portuguesa para o Estudo das Aves) e seguramente informarão "quem é" o passarôco".
    Uma nota: todas (ou quase) as imagens de animais, sejam aves, mamíferos ou répteis, são apelativas; mais as aves pelo colorido que exibem.
    Mas não foi por isso (garantidamente) que adoptei o nick: kok! Juro!!!!!!!
    Beijokas com sorrisos coloridos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então se obtiveres alguma resposta, depois diz-me, KOK, que sou uma rapariga curiosa... :)

      Mas os galos também são engraçados pelo seu colorido, não há que que envergonhar... :D

      Beijocas em arco-íris!

      Eliminar
  14. Não tinha visto este post.
    Tantas vezes que fui à praia dos Salgados, mas ninguém me indicou o sítio onde poderia fotografar a passarada!
    De pássaros pouco percebo. Gosto apenas de os fotografar. Ainda um dia gostaria de ir com um grupo, provavelmente numa excursão, para um dia de birdwatching, pois não conheço ninguém que tenha paciência para esta atividade.
    Mantens as tuas promessas!
    : )
    Bjos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, o meu receio é precisamente esse, que não tenha a paciência necessária para acompanhar um desses grupos, CATARINA. Daí que para já faça estas "excursões" apenas com o husband... :)

      A lagoa dos Salgados é mesmo ao lado da praia, não tem que enganar... Quem sabe se numa próxima visita não fazes o gosto ao clic? ;)

      Beijocas

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)