terça-feira, 3 de setembro de 2013

NO REINO DA PATADA!

Já se adivinhava que a rentrée política ia ser "ensurdecedora", com o primeiro-ministro revigorado para dizer os disparates costumeiros, acusar tudo e todos da sua inépcia e incompetência e amedrontar os pacóvios que "depois dele só o caos". Confesso que nem eu esperava tanto desprezo pela Constituição - que lhe permitiu ser eleito democraticamente - nem pelo Tribunal Constitucional que zela pelo seu cumprimento, que ele teima em afrontar sistematicamente com medidas que contrariam o espírito constitucional.

Para aliviar indignações e acalmar antecipadamente do que estava para vir, dediquei parte do fim de semana a observar e a fotografar patos. Há os vaidosos e impantes, os que preferem mergulhar a cabeça na água, os contorcionistas, os que se afastam, os que mostram as penas do rabo, os que andam em grupo e os que se aproximam sem receio, talvez na esperança de catar umas migalhas do que sobra nas mesas da esplanada. E, coitados dos patos, fiquei com a sensação que não eram assim tão diferentes dos restantes (políticos) portugueses: enquanto uns acorriam para apoiar os dislates do PM, outros fingiam ignorar e os restantes criticavam veementemente as suas declarações.

Com eleições autárquicas à porta, está-se mesmo a ver que as vozes dissonantes ainda vão subir de tom. Pior é que não sei se fotografar mais patos - para a minha vasta coleção de fotos dos mesmos - me vai ajudar a serenar nos tempos mais próximos...

Colagem através de PicMonkey.


28 comentários:

  1. Gostei dos teus patos!
    Depois ainda há os patos do costume a votar que nem burros!

    Abraço

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Infelizmente, esses também são a pontapé, ROSA! ;)

      Obrigada e abraço!

      Eliminar

  2. Tenho de aprender essas novas tecnologias de trabalhar fotos... a tua montagem ficou muito bonita!
    Ah... e as fotos claro... são lindas, com a qualidade a que já nos habituaste.

    (Quanto ao resto nem comento. Falar de política não é "a minha praia"!)


    Beijinhos com bico de pato
    (^^)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também evito falar de política, para não passar o tempo em indignações várias, AFRODITE. Afinal há outras coisas mais importantes (e alegres) à face da terra, né?

      Quem me deu a dica deste site para colagens foi a Nina, e é muito fácil fazê-las. Se não fosse, eu que sou uma naba a nível de informática, não conseguia. Claro que as primeiras experimentei com menos fotos, para se tornar mais fácil... Experimenta e verás. Se precisares de alguma dica, no que puder ajudar basta perguntares... ;)

      Beijinhos!

      Eliminar
  3. Gostei dos teis patos. Adoro arroz de pato.

    Quanto aos outros patudos, mais do que patos, acho que nem todas as fotos que tires te vão conseguir dar grande calma.A mim também , não...

    Boa semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também adoro arroz de pato, mas esse pato tem outra proveniência que não a dos lagos de Lisboa, SÃO! :)

      Eu tirar fotos aos outros patos?!? Deusmelivre! Perder tempo com tão ruins defuntos... ;)

      Beijocas!

      Eliminar
  4. São uma graça, beijo Lisette.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os patinhos são, LISETTE, os outros nem por isso... ;)

      Eliminar
  5. As autárquicas vêem dar mais animação a isto: os videos como o do candidato do PTP a gaia, os hinos com adaptações de canções sem autorização dos autores (acusa a SPA) e os nomes caricatos que a toponimia permite - a Chamusca candidata-se Queimado...tudo coisas giras!

    Bj*

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Uma animação um bocado relativa, que a maior parte é só folclore, TÉTISQ! Folclore já é coisa que não aprecio por aí além, agora imagine-se o deste tipo... :P

      Essas curiosidades (ou serão tesourinhos deprimentes?) vejo-as no face, quando tenho pachorra... :)

      Beijocas!

      Eliminar
  6. A colagem está muito bonita, Teté! Mas falta aí um patinho: o ToZé Seguro....

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O ToZé Seguro já está no arroz há muito tempo!!!

      Eliminar
    2. Patinho, GRAÇA? Aquele é mas é um grande pató! :P

      Beijocas!

      Eliminar
    3. Ele merecia é que alguém lhe desse o arroz, EMATEJOCA, porque ambição tem muita, capacidades e ideias são idênticas à do Coelho - quer dizer, poucas ou nenhumas razoáveis, entre um acervo de dislates. Farinha do mesmo saco... dos jotinhas! :P

      Eliminar
  7. Olha está a saber-me a pato e se há coisa que eu gosto é pato no forno com arroz. Já me estou a lamber todo e acabei de jantar.... MC: Alarve !

    Legenda: MC é a Minha Consciência que às vezes anda por aqui a denegrir a minha imagem. Por isso não a oiças !

    http://www.youtube.com/watch?v=DbjE_N4OWOk

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom, de momento o Youtube não está a funcionar, RICARDO, espreito mais tarde! Mas obrigada pelo link! :)

      Também gosto imenso de arroz de pato. E o que seríamos nós sem esse "grilo falante", que nos chama a atenção para alguns excessos e devaneios?!? Ah, pois é... :)))

      Eliminar
  8. Mas olha que as tuas imagens são bem serenas...:)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os fins de tarde à beira dos lagos lisboetas costumam ser serenos, LUISA, e de facto ajudam a relaxar... :)

      Eliminar
  9. Antes ouvir disparates do que a seca de hora e meia a ouvir o duelo, ou mais precisamente, o dueto da Angie e do Peer. Se não fosse o Stefan Raab, tínhamos morrido todos de tédio e já não podíamos votar.


    PS: Diz-me qm que língua o filme "A Gaiola Dourada" foi aí falado.

    A minha opinião sobre o filme escrevo amanhã, esta noite estou demasiado cansada, mas para já digo que O ADOREI; RI-ME MUITO, mas também choraminguei ao ver o meu Douro.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, esses debates não vejo, EMATEJOCA! Nem cá, quanto mais os dos outros países... Já lá vai o tempo que seguia atentamente, mas hoje não tenho paciência! :)

      O filme é falado em francês,obviamente, até porque é um filme francês. Mas aqui e ali há uma palavra ou outra em português... ;)

      Também gostei muito do filme, que é bastante melhor do que esperava! :D

      Eliminar
  10. No próximo fds pode ir fotografar os patos que ainda votam no PSD, Teté!
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. MOI, CARLOS?!? NO WAY! Até que para indignações já bastam as que bastam... ;)

      Beijocas!

      Eliminar
  11. Não estará a Constituição desactualizada face aos novos contextos políticos nacionais e sobretudo europeus? Bem, não interessa. Não será que, estamos a viver um tempo diferente, com o fim da Era industrial e com o evento da revolução tecnológica e a globalização, numa altura em que predomina os mercados, para o bem e para o mal? Bem, não interessa. Que dizer da demagogia de A.J.Seguro e dos recalcitrantes da extrema-esquerda e dos Sindicatos a eles afectos, que ninguém neles votou para governar que proclamam "Não aceitamos, aquelas medidas" em lugar de dizer "Não concordamos com aquelas medidas". Bom, não interessa.
    Não será desejável que os portugueses que não concordam com este governo, optem por estudar melhor a real situação do país e da Europa? Bom, não interessa.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. CARLOS II, suponho que era o Churchill que dizia que uma das maiores contradições da democracia era possibilitar que qualquer cidadão fosse eleito, mas quando esse cidadão era um anti-democrata, a primeira coisa que fazia era acabar com a própria democracia. Como Hitler, por exemplo.

      O caso por sinal tem semelhanças com os discursos esparvoeirados de PPC, que foi eleito segundo a Constituição que jurou cumprir (ele e o PR) e agora vem dizer que o que lá está escrito não interessa nada, que a CRP e o tribunal que zela pelo seu cumprimento só atrapalham a sua governação e medidas. Como a CRP não mudou, ele já a devia conhecer quando foi eleito, não? De qualquer das formas são apenas desculpas para a sua má governação e para as medidas de austeridade que visa implementar... mas só depois das eleições autárquicas, para o PSD não perder mais eleitores. E sim, qualquer semelhança com Hitler acaba aqui, que este não esteve cá com discursos, mandou queimar o Reichstag (parlamento alemão) e perseguiu todos os opositores.

      Dito isto, a Constituição é a lei fundamental de qualquer nação democrática, mas também é suficientemente genérica para não ficar assim tão desfasada no tempo. Ou seja, quando diz que todos têm direito ao trabalho, não obriga a que o A, o B ou o C o possam exigir ao patronato público ou privado, muito menos a que hajam despedimentos. Agora não são é despedimentos à baldex de um magote de funcionários públicos, para depois serem substituídos pelos jotinhas e amigalhaços do PPC - se algumas direções encerrarem, se extinguirem postos de trabalho, lógico que esses funcionários ficam no desemprego.

      Disse e repito que considero o Tozé farinha do mesmo saco de PPC. Mas como isso a ti não interessa nada, parece-me que já me alonguei...

      Abraço

      Eliminar
  12. Vou focar nos patos que fotografaste. Os outros não me interessam.
    As fotos estão uma beleza!! Vê-se (a olhos vistos!) como estás a ficar uma profissional na matéria. Gostei! : )

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, CATARINA! Facto é que nem com uma máquina mais rápida os patos mudam de atitude, alguns só me mostram as penas dos rabos... :)

      Eliminar
  13. Dá vontade de dizer que mais vale patos que coelhos :))
    Beijocas!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Prefiro, sim, PEDRO, se bem que goste de ambos no tacho... :)))

      Beijocas!

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)