quarta-feira, 17 de setembro de 2008

O MANO!

Praia da Rocha

A praia da Rocha foi modernizada com a construção deste passadiço que se estende de um extremo ao outro do amplo areal, já há alguns anos. Os vários restaurantes, bares e esplanadas também foram uniformizados em termos arquitecturais, com melhores instalações sanitárias e outros equipamentos úteis. Para além da maior facilidade de acessos, já não se corre o risco de estar calmamente a tomar uma bebida e levar com um pedregulho em cima - os anteriores barracões ficavam junto à falésia, em que esse perigo era iminente.

Talvez a remodelação tenha contribuído para a praia ficar mais in, mas as festas do "Sasha" durante o mês de Agosto são a loucura total... um must, para a malta do jet set! Que depois saem bronzeadíssimos nas revistas cor de rosa, vestidos com as suas belas indumentárias de Verão, eventualmente exibindo no braço um novo acompanhante (leia-se, feminino ou masculino). Até aqui tudo bem, que ninguém tem nada com isso!

Caricata é a história do mano de uma dessas criaturas, de nome sonante, ter andado à cata de bebida e comida à borlíu nos restantes bares, no dia a seguir à festa. Ia com um amigo, que introduzia a conversa à empregada de serviço à mesa:
"- Sabe quem é este senhor?"
- Não...
- É o irmão de XPTO!
E ela, fazendo-se de sonsa:
- E quem é XPTO?"

Desistiram da crava? Nananinaná!
Mais tarde voltaram à carga, ainda o amigo a insistir:
"-Não sabe quem é XPTO?! (de alguma forma ela deve ter revelado na face que conhecia) e ele atalhou imediatamente - ESTE é o irmão!"
Por sorte, apareceu na esplanada uma algarvia a rir, ostentando na cabeça um grande sombrero vermelho e a mulher perguntou ao indivíduo:
"- E o senhor sabe quem é aquela? - espantado, balbuciou que não.
- É a MINHA IRMÃ!!!"

Pagaram e não bufaram, mas consta que ainda tentaram a artimanha noutro bar... sem sucesso!

Ah e tal "perdoa-se" porque são putos novos deslumbrados com os holofotes e os flashs? Nada! Quarentões já batidos na arte de cravar o próximo...


27 comentários:

  1. Epá, que pena isso não pegar. É que eu começava a ir a restaurantes e a dizer "Não me conhece?!? Mas eu moro na mesma cidade que a XPTO e que o ZBTD!". Francamente, já não há respeito...

    Beijoca!

    ResponderEliminar
  2. ehhh a lata de cada um a fazer isso...nánánináná, nã me parece que conseguisse, nem com fome, calhar com fome atrevia-me a pedir um pão sem nada, mas assim...
    Nina podes mandar-me uma foto da tua cabeça só da parte de trás? de costas. preciso imenso, e nada de te fazer aborrecer...meu mail laura_vieira@portugalmail.com

    beijinhossssss

    ResponderEliminar
  3. :) "Cravas" é o que há mais em Portugal. Independentemente de ser famoso ou não! :)

    Portimão ficou sem dúvida muito melhor com as novas reestruturações, mas a Praia da Rocha ainda não é dos meus locais de eleição. Só no Inverno é que a visito. :)

    ResponderEliminar
  4. Não há respeito nenhum! Então uma pessoa não pode viver dignamente do conto? A onde foi parar o "você não sabe quem sou eu"!?

    ResponderEliminar
  5. Ai o jet set falido...coisa mai linda!
    ;)

    Beijinhos

    ResponderEliminar
  6. Pois é, RAFEIRITO, não pega nem com o mano, quanto mais com um habitante da mesma cidade... :)))
    Beijoca!

    Olha, LAURINHA, uma pessoa com fome quando muito pede ou oferece-se para lavar a louça no fim... :)))
    Mas que há gajos com muito lata, lá isso há!
    OK, mando-te a foto, mas vais ter de esperar que alguém a tire, que não tenho nenhuma a mostrar a fotogenia da traseira da minha tola... :D
    Jinhos!!!

    TONS DE AZUL, este nem sequer era famoso, mas andava a tentar cravar à conta de um laço familiar... :)))
    A mim ainda me espanta que algumas pessoas tenham este topete... :D
    Mas sim, a praia também é agradável em dias de sol de Inverno!
    Beijoca!

    ResponderEliminar
  7. SUN, mais engraçado era se fosse o próprio a dizer: "Você não sabe quem é o meu mano???"
    Mas para isso estava lá o amigo prestimoso... (`_^)

    Coisa mai linda, mesmo, SAFIRITA! :)))
    Confesso que chego a admirar a lata deste pessoal... eu que há muitos anos não coro, acho que ficava corada de vergonha pelo menos um mês!!!
    Beijocas!

    ResponderEliminar
  8. Se calhar até nos vimos na praia da Rocha sem saber Teté!
    Beijinhos :)

    ResponderEliminar
  9. Eh, eh, eh, CAPRICCIO, é pouco provável, que eu quando não estou dentro de água estou na esplanada, com o nariz enfronhado num livrito... :)

    Além de que só fui em Setembro!

    Jinhos!

    ResponderEliminar
  10. A ideia não está nada mal pensada!
    Lol!
    Passei por aqui de propósito para te dizer que já enviei o marcador. Foi em correio azul.
    Peço imensa desculpa pelo atraso mas, são as contingências da falta de compatibilidade horária entre mim, os correios e outros factores que agora não interessam nada... lol!

    ps: vais ter uma surpresa com o marcador... (é só para provocar!)

    ResponderEliminar
  11. Aí se vê como está este país... nem os Jet se safam!!!

    Beijo e abraço grande

    ResponderEliminar
  12. Uma bela imagem pra compor essas épocas de férias :)
    Boa semana ;)

    ResponderEliminar
  13. Xi, MATCHBOX31, pensei que tivesses desistido da "Troca para Marcar", mas sem problema, que assim que o receber posto aqui!

    Enfim, em tempos de férias (cada um com as suas datas) a comunicação atrapalha, publiquei à mesma com o que a SU enviou - enviei um igual ao teu para ela (sendo que "igual" quer dizer parecido).

    E ADOREI o desafio! :D

    Beijocas!

    ResponderEliminar
  14. Ao que parece, INÊS, os manos dos Jet não se safam, quanto aos próprios não sei!
    Mas também é pró lado que durmo melhor... ;)
    Beijoca para ti!

    MYLANNA, a imagem não é das melhores, só ilustrava o dito passadiço.
    Mas em termos de fotografia sou apenas uma amadora curiosa... :)
    Boa semana para ti também! :D

    ResponderEliminar
  15. Mas ca ganda lata, sinceramente!!! Bem, tenho de confessar que não aprecio muito os contentores que espetaram no areal imenso da praia da rocha...parecem-se um pouco com caixotes do lixo... :( podiam ter feito muito melhor. E o sasha, é mais um contentor gigante! Quando passei por lá, e me disseram o que era...eu, mas AQUILO é que é o famoso sasha???
    Há praitas mais binitas por portimão e arredores. Mas pra quem não dispensa a esplanada e a casinha, é de facto o melhor hehehe ;-).

    ResponderEliminar
  16. Não dispenso não, VAN! :)))

    Parecendo contentores ou não, facto é que sempre são melhores que os antigos barracões, que se assemelhavam a uma qualquer construção de bairro de lata. Para além do perigo das pedras rolarem, está claro... ;)

    ResponderEliminar
  17. Não assististe a quê, VÍCIO? À festa do Sasha, ou à conversa dos cravas??? :)))

    ResponderEliminar
  18. É uma pena estes truques já não darem certo.
    E sei do que falo, porque este Verão não consegui cravar uma única bebida (e, oh, o que eu tentei).
    ;o)

    ResponderEliminar
  19. E és mano de quem, SORRISOS? :)))

    ResponderEliminar
  20. Jet set, Mr. XPTO. Até que uma tsunamizinha não ia mal nesta praia, hein?
    Um beijo!

    ResponderEliminar
  21. eu sou descendente do homem que descobriu o fogo, será que isso me dá borlas em algum lado?

    ResponderEliminar
  22. OLIVER, se levasse só esta treta de gente, armada em carapau (de corrida, ou não), hummm... ;)
    Jinho!

    Ah, MOYLITO, será que somos primos???
    Mas também sou descendente de outro que descobriu a roda e directíssima do Guttenberg...
    Vamos ver quem "mama" mais copos à borliú??? ;)

    ResponderEliminar
  23. isso é que era assunto:)

    ResponderEliminar
  24. Olá se era, MOYLE! A árvore geneológica da família é um dos meus assuntos predilectos... :)))

    E então começando na Idade da Pedra, ui, ui...

    ResponderEliminar
  25. Foi uma das "maravilhas" que o dito Sasha arrastou para a minha querida praia. Não há paciência para essa gente. Felizmente não me estraga as férias porque me venho embora antes da abertura da "saison" e volto depois da dita fechar e levar com ela esses queridos e queridas!
    É que na praia são mesmo incomodativos!

    ResponderEliminar
  26. Bom, INÊS, também nunca lá estou em Agosto, não os vejo. A história foi-me contada pela própria dona do bar, que já conheço há alguns anos...

    Mas este género de criaturas, que andam à crava mas com ares de grandes senhores, fazem-me imensa confusão! ;)

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)