quinta-feira, 25 de agosto de 2016

LAGOA, COM TRILHO AO MEIO

Em abono da verdade, o trilho não corre no meio da lagoa dos Salgados, mas na sua berma, dividindo a paisagem entre canaviais e ervas rasteiras e secas. Do outro lado destas, erguem-se as dunas que se espraiam no extenso areal frente ao mar. Assemelha-se a uma divisão entre norte e sul, entre plantas verdes e vicejantes num ambiente fresco em clima ameno e aquelas que rastejam douradas nos desertos, sem nome ou categoria, servindo apenas de habitação a cobras, lagartos e outras bichezas afins.

É sem espanto, portanto, que a lagoa transborde de vida e passarada, enquanto na aridez desértica apenas se topem um ou dois pássaros a cruzarem os céus a grande velocidade. Andorinhas e pardais, essencialmente, que as gaivotas preferem a lagoa ou o mar, ali é que não param.

Observar os pássaros não é exatamente um hobby que tenha, o que não impede que quase todos os anos percorra este trilho, no intuito de tirar umas fotos. Mas tem sido quase sempre uma desilusão, este ano não foi exceção, suponho que o excesso de turistas e curiosos não seja muito vantajoso, quer para a simples observação, quer para conseguir captar boas imagens. As aves esvoaçam muito, que querem? Ficou decidido que lá voltarei em setembro, que talvez num ambiente mais calmo seja mais fácil "caçar" a passarada. 

No entanto, não deixa de ser frustrante ver lindas fotos de flamingos e garças captadas no local, enquanto da minha máquina só saíram patos, gaivotas e tartarugas. E não é que não goste dessa bicharada mais comum, como é evidente, mas conseguir flagrar uma ave dessas espécies mais raras é quase como ganhar um troféu. Há que insistir, portanto, em setembro lá voltarei!

E nessa altura publicarei todas as melhores imagens que conseguir fotografar, que é para não ficarem com a sensação que tenho a mania da patada... (que foi essencialmente o que consegui fotografar!)

Entretanto, fiquem com as tartarugas. Ou serão cágados?


18 comentários:

  1. É estranha a diferença do estado da vegetação e que não tem origem (penso eu) na existência da passagem pedonal.
    Beijokas viçosas e sorrisos verdejantes.

    §-São cágados! Onde já de viu tartarugas com cauda? Bem, isto é somente uma ideia porque eu nada percebo de batráquios.
    §-mencionei o anúncio do oralB, não pelo produto em si mas pela vivacidade na actuação da modelo.
    §-a caricatura estás bem "apanhada" sobretudo pela atitude decidida que demonstras.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A diferença é tão somente a água que chega (ou não) aos dois locais, KOK.

      Como a gente aqui está sempre a aprender, descobri através do Rogério que são tartarugas. O que a net confirma. Não sei onde foste buscar essa das tartarugas não terem rabo, mas googla e vais ver que têm, uns maiores que outros, mas têm... :)))

      Beijocas sorridentes!

      Eliminar
  2. Penso serem cágados! Vou aguardar essas fotografias em Setembro.

    Beijinho Teté

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Suponho que são mesmo tartarugas, pela resposta do Rogério que posteriormente confirmei na net, ADÉLIA! :)

      Beijinhos

      Eliminar
  3. Cágados na água salgada?
    Diz o mestre Diogo
    "Era o que faltava!"

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, ROGÉRIO, hoje já aprendi alguma coisa na blogosfera... :)

      Eliminar
  4. Nao e fácil observar pássaros no Verão numa zona balnear, Tete.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. A quem o diz, CARLOS! :)

      Beijocas

      Eliminar
  5. Pois não te posso ajudar, que não entendo nada dessa bicharada , rrsss

    Bons sonhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, SÃO, também não, mas gostaria de entender... ;)

      Beijocas

      Eliminar
  6. É uma foto muito gira. Fico à espera dessas fotos da passarada menos comum. : ))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Vamos ver se da próxima vez tenho mais sorte, CATARINA! :)

      Eliminar
  7. Agora ficámos todos curiosos com as fotos que estão para chegar.
    Beijocas, bfds

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ou não, PEDRO, tudo depende da bicharada... Mas tenho para mim que se insistir, alguma passarada mais irei conseguir encontrar!

      Beijocas

      Eliminar
  8. Não é fácil fotografar pássaros, mas com calma em Setembro tenho a certeza que vais conseguir, em contrapartida escreves muito bem.

    Beijinhos Teté

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, MANU. E sim, isto é preciso é calmex... :)

      Beijocas e boas férias!

      Eliminar
  9. Um dos meus passeios de eleição... :)
    Nem sempre se apanham os passarocos a distância útil e nem sempre se deixam ver. Mas há sempre algo com interesse para captar. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Sempre que vou lá lembro-me de ti, LUISA! Algum dia ainda nos encontramos lá, cada uma agarrada à sua máquina... :)))

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)