quarta-feira, 26 de agosto de 2015

A FAMÍLIA BÉLIER

Paula é uma adolescente como tantas outras, tendo a particularidade de ter nascido na família Bélier: um casal de agricultores e os seus dois filhos, em que ela é a única que não é surda-muda. Assim, os pais apoiam-se um pouco mais nela para tratar de alguns assuntos que eles não conseguem - vender queijos ao público, falar ao telefone, ir ao médico, etc. e tal.

Paula tem uma grande amiga na escola, Mathilde, mas as raparigas estão em aulas diferentes, pelo que decidem inscrever-se numa actividade extra-curricular conjunta. Como Paula mantém uma secreta paixão por Gabriel, um colega de escola, acaba por se inscrever no grupo coral, quando percebe que é aí que o rapaz está inscrito. O professor do grupo coral, Thomasson, é um homem desiludido com a vida - sonhava com a ribalta e em vez disso vê-se a dar aulas na província a um grupo de alunos desinteressados - mas, inesperadamente, encontra em Paula um verdadeiro talento para o canto. E convence-a a participar num concurso para entrar numa escola de canto em Paris.

O dilema da jovem é como deixar os pais, que dependem dela para tantos assuntos, para seguir a sua vocação. Vejam o trailer:


Um filme amoroso sem ser lamechas, classificado com 7,3/10 na IMDb (o que para filme francês é bastante bom) e que valeu à protagonista, Louane Emera, o prémio de melhor atriz revelação deste ano na 40ª edição dos Cesar.

Imagem de cena do filme, da net.

26 comentários:

  1. Não conheço, mas parece ser interessante!

    Um beijinho
    Adélia

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Tem um argumento simples e despretensioso, mas é uma lufada de ar fresco quando praticamente só encontramos filmes de ficção científica e/ou pancadaria em cartaz, ADÉLIA! ;)

      Beijinhos

      Eliminar

  2. Li um artigo sobre essa rapariga que tem tido grande sucesso:

    ....Louane Emera é o nome artistico de Anne Peichert, a estrela do momento. Com apenas dezoito anos, esta jovem francesa nascida no norte do país - em Hénin-Beaumont, Pas de Calais, - recebeu a 20 de Fevereiro, na quadragésima edição do prémio máximo do cinema francês, o César da Actriz Revelação, pelo seu papel em La Famille Bélier.

    http://isabelmouzinho.blogspot.pt/2015/08/talento-e-simplicidade.html

    E, no entanto, a vida de Louane Emera não deverá ter sido sempre fácil. É a quinta de seis irmãos que têm entre trinta e dezasseis anos, e que já não têm pai nem mãe. O pai morreu primeiro, em 2013, e a mãe cerca de um ano depois, em 2014, após longa doença. Curiosamente, a mãe de Louane era portuguesa. Por isso diz: Parfois j'en ai marre. Et quand ça ne va vraiment pas je vais au Portugal. J'ai de la famille là-bas.....

    por a mãe dela ter sido portuguesa, dizia o artigo que ela vem muitas vezes a Portugal visitar a família

    espero ver o filme também

    abraços
    Angela

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, não sabia nada disso quando fui ver o filme, escolhi porque me pareceu um filme simples, a contrastar com a violência de outros em cartaz, ANGELA! :)

      Mas já fiquei mais elucidada.claro!

      Espero que gostes. :)

      Abraço

      Eliminar
  3. Muito giro, fiquei cheia de vontade de ir. Obg.
    Quanto ao almoço, se tudo correr como o previsto, não irei pois não estarei cá, mas se ainda cá estiver atempadamente rectifico a minha posição caso ainda seja possível :)))
    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Com certeza que será possível, caso mudes de planos, PAPOILA. A questão nunca é uma ou duas pessoas, mas quando começam a ser várias, já pode alterar o planeamento... :)

      Beijocas

      Eliminar
  4. Vendo a publicidade na TV estava com um misto de vou/nãovou ver.
    Depois deste teu texto o mais certo mesmo é ir ver.
    Beijokas & :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Então espero que gostes, KOK! :)

      Beijocas & :D

      Eliminar
  5. Não decidi ainda quando mas quero ver. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, isto com os filmes agora o melhor é ir ver o quanto antes, LUISA, porque desaparecem de cartaz num ápice... ;)

      Eliminar
  6. Gostei de ler parece ser bem vou colocar na minha lista para ver :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Depois diz se gostaste, LOPESCA! :)

      Eliminar
  7. Acho uma história invulgar pela deficiência auditiva da família, por isso e porque as críticas são boas, quero muito ver o filme.

    Bjnhs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É difícil não gostar, que o filme é levezinho, MZ. Quer dizer, para quem gosta de filmes de pancadaria é capaz de ser um bocado chocho, né? :)

      Beijinhos

      Eliminar
  8. Nao sei se ja passou por aqui. Tenho estado tao "arredada" das salas de cinema... o que no ano passado nao me passaria pela cabeca que podesse acontecer. Para quem ia praticamente todas as semanas ao cinema!

    Na semana passada vi Ricki and the Flash com Meryl Streep. Gostei.


    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Esse vai estrear cá em breve, assim como o filme do Woody Allen, CATARINA. Que para já e para além do filme canadiano com o Joaquim de Almeida é o que estou a pensar ver nos próximos tempos... :)))

      Mas sim, também tenho ido muito menos ao cinema, desde que os "meus" cinemas fecharam... :(

      Eliminar
    2. Um filme canadiano com o Joaquim de Almeida? Nao sabia. Vou ja pesquisar. Tb nao sei nada sobre o filme do Woody Allen!

      Agora so sei sobre o Daniel Silva. Pergunta e eu respondo num instantinho. Estou no quarto a comecar o quinto esta semana. Tem sido "back to back"! : ))

      Eliminar
    3. "Um Encontro com o Destino", intitula-se em português, CATARINA. E o do Woody Allen é "Homem Irracional", mas aqui só estreia em setembro.

      Quanto ao Daniel e Gabriel, enjoy yourself! :)))

      Eliminar
  9. Não acredito que aqui passe.
    Talvez no Le French May .....
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, isso já não sei,PEDRO! ;)

      Beijocas

      Eliminar
  10. Já ando para ver este filme desde a semana passada, mas ainda não consegui. Parece ter um história bonita.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É simples e sem pretensões, TONS DE AZUL, tenho ideia que vais gostar... :)

      Beijocas

      Eliminar
  11. Desconhecia, mas pela descrição parece ser bem interessante.
    Quando chegar a Portugal tenho que colocar as minhas idas ao cinema em dia.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também ando com as minhas um bocado atrasadas, MANU! ;)

      Beijocas e continuação de boas férias!

      Eliminar
  12. ~~~
    ~ A sinopse desperta a curiosidade...
    ~ Vou querer saber como solucionou o problema...
    ~ Com «internet» estes casos são mais simples de resolver.

    ~~~ Beijocas. ~~~
    ~~~~~~~~~~~~~~~~~~

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois olha, MAJO, descobri que o filme até está no Youtube. Pessoalmente, acho que nada chega às salas de cinema, que não têm comparação possível com a TV ou os computadores. Claro que estas têm a vantagem de serem à "borla" (relativa, já que pagas um pacote, né?)... ;)

      Beijocas

      Eliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)