sexta-feira, 22 de novembro de 2013

QUEM QUER SER MILIONÁRIO?

Imagino que os candidatos a milionário sejam mais que muitos, daí não faltarem concorrentes a esta nova temporada do concurso "Quem quer ser milionário?", desta vez apresentado por Manuela Moura Guedes. E aqui devo dizer que a RTP acertou em cheio na aposta que fez na apresentadora, longe das polémicas em que se envolveu com vários entrevistados, enquanto jornalista demasiado opiniosa e ofensiva: consegue o à vontade necessário nas conversas com os concorrentes e acompanhantes, diz as suas piadas, mas sem veleidades de humorista, e, sobretudo, não deixa que as indecisões dos participantes tornem o programa monótono e desinteressante para o telespetador.

Como há antipatias e rancores que não se perdoam, já a acusaram da eliminação de uma concorrente, devido a uma pergunta mal feita - segundo creio, um provérbio inexistente. Mas obviamente que essas questões competem à produção, culpabilizar quem apresenta é ridículo.

Contudo, o que considero mais estranho no concurso é o nível (ou falta dele) de alguns concorrentes. É certo que as primeiras perguntas são mais fáceis e depois o grau de dificuldade vai aumentando à medida que se vão passando as várias etapas. E há malta muito jovem, daquela com ar sabichão, mas que não acerta uma. Mas e os mais velhos? Os que não sabem que a tartaruga é um réptil ou que petinga é uma sardinha pequena? Na verdade, há pessoas que parecem ter prazer em gastar os seus cinco minutos de fama tirando as dúvidas a todos sobre a sua ignorância... 

BOM FIM DE SEMANA!

Imagem da net.

26 comentários:

  1. Nunca vi o programa e jamais apreciei Moura Guedes, que na TVI foi completamente tudo quanto uma profissional não deve ser, além de um caso de nepotismo.

    No entanto, ela limita-se a apresentar e se há erros ( e isso não é caso virgem, por isso deixei de assistir a programas deste tipo e também porque me aborrece a ignorância das pessoas) a responsabilidade não é dela , mas sim da produção.

    Acima da antipatia (ou simpatia) temos que colocar a justiça!

    Abraço grande e que tudo corra bem

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois, SÃO, também não ia à bola com ela como entrevistadora, pois em vez de perguntar estava mais interessada em dar a sua opinião. Mau jornalismo, é dizer o mínimo...

      Mas concordo contigo, não há que confundir alhos com bugalhos! ;)

      Abraço

      Eliminar
  2. Eheh, anda muita gente a tirar a dúvida sobre as suas limitações.....mas dou sempre um bocadinho de desconto pela adrenalina de estar ali perante os olhares de toda a gente e o medo de errar. No sofá sempre foi mais fácil...

    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Claro que no sofá é mais fácil, nem me passa pela cabeça criticar quem se esqueça de quem é a Frida Kahlo ou a Christine Lagarde - acontece! Mas petinga e a classe das tartarugas, JP??? :)))

      Beijocas!

      Eliminar
    2. Eu não vi esse programa, quase nunca vejo. Mas ainda assim, acho que as pessoas possam ficar bloqueadas. Sabes que nem toda a gente sabe o que são petingas? No norte não sabem, por exemplo...

      Beijocas

      Eliminar
    3. Claro que podem ficar bloqueadas, JP! No norte não se sabe o que é petinga??? Essa para mim é novidade... se bem que saiba que existem algumas terminologias diferenciadas entre norte e sul!

      Beijocas!

      Eliminar
  3. Vi parte de um dos programas (por acaso) e surpreendeu-me pela positiva, a MMG ! ...
    Realmente, também constatei que as primeiras 5 perguntas são bastante fáceis, mas depois nem tanto e há sempre a possibilidade de errar e ser eliminado ! ... Na maior parte dos casos ficamos com dúvida entre duas opções e não nos apercebemos que estamos no sofá e sem pressão ! Lá as copisas serão bem diferentes, certamente ! :)))

    Beijocas, Té ! :))
    .

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, suponho que a pressão lá será maior, RUI! Mas vai por mim, há gente que vai concorrer sem ter o mínimo de cultura geral, não é o primeiro e o último que têm imensa dificuldade nessas primeiras questões... Mas enfim, se ficam felizes por ir à TV, who cares?!? :)))

      Beijocas!

      Eliminar
  4. Há perguntas que são ridículas, há perguntas que nem lembrariam ao diabo...enfim, uma verdadeira panóplia que pode significar sorte ou azar.
    Pontualmente, vejo o programa. A São pensa como eu e o JP dá o toque final ao que eu diria no meu comentário.
    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O factor sorte entra sempre nestes concursos, MARIA DO SOL, como não poderia deixar de ser. Não considero as perguntas mal feitas, estão é escalonadas em graus de dificuldade. Ora se o concurso é para ganhar 100 mil euros, não é suposto ser uma pergunta fácil, né?

      Mas sim, em casa é mais fácil... :)

      Beijocas!

      Eliminar
  5. Gostei quando foi jornalista na RTP (antes das privadas SIC e TVI), Desta Manuela não gosto pelas mesmas razões que não gosto dos jornalistas/entrevistadores que falam mais do que os entrevistados mas que não são capazes de se impor quando o entrevistado divaga, divaga, divaga, e não responde a coisa nenhuma.
    O concurso? Não vejo e não é (só) por ela! Não vejo por não me despertar interesse.
    E sobre o caso do "tal" provérbio, li por aí que além de estar mal redigido a Manuela pretendeu defender o programa em vez de reconhecer o erro ou, em alternativa, ficar calada!
    Mas como tudo isto é irrelevante, desejo-lhe -Manuela- um óptimo Natal!
    E a ti Teté as minhas proverbiais beijokas embrulhadas em sorrisos! ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Jornalistas não são supostos dar as suas opiniões aos entrevistados, KOK, daí ela ter ficado "queimada" como a péssima jornalista que foi, ao qual ainda juntou ofensas e combates políticos/pessoais. Independentemente de se simpatizar ou antipatizar com as personagens em questão, a má profissional era ela.

      No concurso faz o que é suposto fazer, daí achar que se calhar nunca devia ter passado de apresentadora que é o que sabe... Mas tu não vês o concurso, não podes avaliar!

      Beijocas sorridentes!

      Eliminar
  6. Gosto e sempre gostei da Manuela Moura Guedes, aqui, ali ou acolá, raramente vejo o programa, apesar de gostar imenso deste tipo de concursos.

    Irritam-me os concorrentes que não sabem coisas super simples, mas é verdade que em casa, como diz o JP, sem a pressão de estarmos na tv e com público, sabemos sempre mais, até as mais difíceis...

    Beijinho e bom fim de semana com muitos assobios :)))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não gosto nem desgosto de MMG, MARIA. Simplesmente acho-a incompetente como jornalista (tem de informar, não dar as suas opiniões, ainda menos em entrevistas) e uma boa apresentadora. Ou seja, se calhar nunca devia ter passado de apresentadora... :)

      Também fico um bocado enervada quando vejo concorrentes que não acertam uma, em questão de lana caprina. Embora perceba que em casa é mais fácil, algumas dúvidas são imperdoáveis... ;)

      Beijocas assobiadas!

      Eliminar
  7. Não costumo ver,já assisti a uma ou outra pergunta e resposta no espaço de estar a mudar de canais à procura de programas que gosto de ver.
    Bom fim de semana Teté

    beijinho e uma flor

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto de ver este género de concursos, FLOR DE JASMIM, mas ignorância em demasia enerva-me um bocado... :)

      Beijoca e boa semana!

      Eliminar
  8. Não acho que MMG esteja bem neste programa. Parece-me muito insegura. Quanto à ignorância dos concorrentes, não surpreende. Bom fim-de-semana.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não acho que esteja insegura, isso estão alguns concorrentes (alguns com razão), CARLOS II. A ignorância exibida assim sem pejo surpreeende-me sempre... ;)

      Abraço

      Eliminar
  9. não gosto muito de concursos, mas quando era com o Malato ainda lá ia, de vez em quando. Com estas «avis rara» JAMÉ!!!

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já sei do teu ódio de estimação pela piquena, GRAÇA! :)

      Beijocas!

      Eliminar
  10. A Manuela Moura Guedes quando era locutora de continuidade era bem melhor do que aqui no Concurso, para mim claro. Pode ser que seja pela sua mudança visual eu fique influenciado.
    Relativamente aos concursos, eu próprio fui ao ultimo Concurso onde o Malato era o entrevistador/moderador e achei muito interessante. Foi a minha primeira experiência em concursos. O ambiente era muito agradável e interessante. Caí no buraco já no mano a mano, por falha de estratégia correcta. Falhei se bem me lembro uma única pergunta que foi a que deu lugar à queda.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Para ser sincera, RICARDO, gosto de ver concursos na TV, mas não me estou a ver a concorrer a nenhum. O ambiente pode ser fantástico e a experiência engraçada, mas era nervoseira a mais para o meu gosto. E de livre e espontânea vontade não me sujeitava a tal. E não, não era com medo de fazer má figura... :)

      Esse concurso do Malato passei completamente, enervava-me ver os concorrentes a desaparecer num buraco! :)))

      Eliminar
  11. Gosto do concurso, mas há duas coisas que me irritam e por isso não vejo: o quase analfabetismo da maioria dos concorrentes e a apresentadora que me provoca pele de galinha :-)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É, o analfabetismo parece ter vindo a aumentar, CARLOS. Quanto à MMG, sim, bem sei que ela provoca uma "urticária" dessas a muita gente, mas não será o meu caso, que até acho que faz o melhor que pode com o nível dos participantes... :)

      Beijocas

      ps - já explicitei bem que como "jornalista" a considerei uma vergonha para a classe, mas é diferente de fazer a apresentação de um concurso...

      Eliminar
  12. Teté,eu pensava que este programa só existia no filme que assisti com esse mesmo título,rs rs rs
    Não sei se é porque não ando vendo muito a tv ultimamente exceto noticiários ou se por aqui não passa,mesmo em canal fechado.Mas,eu gosto de programa assim,dá pra verificar o que sabemos e descobrir outros tantos que desconhecemos...assim penso eu.
    Beijo e cheirinhos muitos pra você!

    ResponderEliminar
  13. Se por acaso ainda estou a jantar, vejo. O último a que assisti, estava um concorrente que se intitulava professor de química. Valha-me Deus! Mostrou uma ignorância enorme ao ponto de se comentar à mesa: Este professor bem merecia ser avaliado e fazer companhia à professora que diz na rádio: isto é uma vergonha, é descer muito baixo. Já alguém desceu muito alto? pergunto. Há muita ignorância em pessoas que não a deviam ter, e este concurso é uma mostra disso.
    Parabéns pelos assuntos aqui tratados. Vou seguir o seu blogue.

    ResponderEliminar

Sorri! Estás a ser filmad@ e lid@ atentamente... :)